1/10

"Escravidão moderna nos EUA: a exploração sexual das mulheres"


A escravidão moderna refere-se às condições de trabalho desumanas às que milhões de pessoas são expostas: trabalho imposto, servidão sexual, tráfico de pessoas, matrimônio forçoso e trabalho infantil. Implica roubar o trabalho de milhões de pessoas para que outros obtenham ganhos, despojar as vítimas de participar plenamente da vida política e econômica da sociedade.

Assim foi descrito pelo diretor do Centro para a Investigação de Políticas, da Universidade das Nações Unidas, James Cockayne, em entrevista para a Telesur.

O relatório do Departamento de Estado dos EUA precisa que o “tráfico de pessoas”, “tráfico de seres humanos” e “escravidão moderna” são termos gerai