top of page
  • Foto do escritorNOVACULTURA.info

"Celebrar os 50 anos de Makibaka liderando a luta revolucionária das mulheres filipinas"



O Partido Comunista das Filipinas (CPP) estende suas mais calorosas saudações revolucionárias ao Makabayang Kilusan ng Bagong Kababaihan (Makibaka) no 50º aniversário de sua fundação. Nas últimas cinco décadas, o Makibaka esteve na vanguarda da luta das mulheres filipinas para acabar com a opressão de gênero contra as mulheres e mobilizá-las para combater o imperialismo, o feudalismo e o capitalismo burocrático.


Cinquenta anos atrás, o Makibaka realizou seu congresso de fundação, onde estabeleceu formalmente sua organização para consolidar suas conquistas na mobilização de mulheres trabalhadoras e estudantes na Tempestade do Primeiro Quarto, na Comuna de Diliman e outras revoltas desde 1970. Mudou seu nome de “Malayang Kilusan ng Bagong Kababaihan” para Makabayang Kilusan ng Bagong Kababaihan para ressaltar o fato de que a luta pela libertação das mulheres nas Filipinas está firmemente ligada à luta pela democracia nacional.


A Makibaka foi pioneira em quebrar a imagem estereotipada da mulher como mansa e sem papel na sociedade, muito menos na transformação social. As mulheres de Makibaka denunciaram e lutaram contra as estruturas sociais feudais e patriarcais e exigiram que as mulheres fossem reconhecidas e tivessem direitos iguais na família, no local de trabalho, na sociedade e na revolução. Makibaka também inspirou outros gêneros oprimidos a defender seus direitos e participar ativamente da transformação social.


Makibaka inspirou-se nas mulheres revolucionárias proletárias, bem como na rica história da participação e liderança das mulheres na revolução filipina. Makibaka foi às ruas e piquetes para unir armas com colegas trabalhadores, camponeses, jovens e outras classes em suas lutas diárias e resistência contra o estado reacionário corrupto, fascista e fantoche.


Quando a lei marcial foi imposta, Makibaka passou à clandestinidade e continuou seu trabalho de despertar, organizar e mobilizar as mulheres. Foi uma das organizações fundadoras da Frente Nacional Democrática das Filipinas. Apesar de trabalhar clandestinamente nas últimas cinco décadas, Makibaka continua a desempenhar efetivamente suas tarefas de elevar a consciência revolucionária das mulheres filipinas e mobilizá-las para a revolução democrática nacional. Nas frentes de guerrilha, as camponesas revolucionárias estão organizadas sob Makibaka, que também serve de base para a construção dos órgãos do poder político.


Das fileiras de Makibaka surgiram quadros comunistas do Partido e combatentes vermelhos e comandantes do Novo Exército Popular. Eles continuam a provar que as mulheres são co-iguais aos homens na realização das várias tarefas na revolução. Os comitês dirigentes do Partido em vários níveis têm seu quinhão de quadros femininos e, em muitos casos, desempenham papéis-chave de liderança. As mulheres também desempenham um papel igual no Novo Exército Popular servindo como comandantes, professoras e médicas como com os homens.


Makibaka deve se inspirar em suas conquistas passadas e relembrar a vida de compromisso altruísta com a revolução de seus heróis e mártires. De fato, o trabalho de Makibaka está longe de terminar.


As mulheres filipinas continuam a sofrer graves formas de opressão como trabalhadoras e camponesas e como mulheres em suas casas e locais de trabalho. As estruturas feudais e patriarcais e a cultura da misoginia continuam a dominar. Ao longo dos últimos seis anos, ao mesmo tempo em que promove a cultura da impunidade fascista, Rodrigo Duterte também promoveu a cultura da impunidade contra as mulheres, uma clara manifestação do sistema semicolonial e semifeudal apodrecido.


Apelamos a Makibaka para continuar sua tarefa revolucionária de despertar, organizar e mobilizar as mulheres filipinas para a revolução filipina. Como aliados, Makibaka, Partido e Exército devem continuar trabalhando juntos para continuar fortalecendo o papel das mulheres na revolução filipina.


Viva Makibaka!

Viva o Partido Comunista das Filipinas!

Viva o movimento revolucionário das mulheres!

Viva a revolução filipina!



Do Partido Comunista das Filipinas

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Telegram
  • Whatsapp
PROMOÇÃO-MENSAL-mai24.png
capa29 miniatura.jpg