banner VII Salao do Livro Político.gif
  • NOVACULTURA.info

Campanha inicia série de cine-debates para discussão da realidade brasileira



O documento base da campanha Brasil: pela Segunda e Definitiva Independência registrava como uma das suas atividades de divulgação a realização de cine-debates, para fomentar a discussão sobre o nosso país. Desde 2019 foram realizadas atividades deste tipo na periferia de São Paulo, contudo, tiveram que ser paralisadas devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus.


Para superar essa limitação, com a iniciativa dos grupos de estudos que compõe a campanha, iniciamos o Cine-debate pela Segunda e Definitiva Independência de forma online exibindo e debatendo o filme "Garotas do ABC" (2003) de Carlos Reichembach no mês de abril.


Os cine-debates têm o intuito de fomentar a discussão da história do Brasil e de nossa realidade a partir de obras cinematográficas, em documentários ou curtas metragens, utilizando da produção cultural na sétima arte como instrumento de compreensão dos problemas sociais.


Entre as obras a serem exibidas estão "Eles não usam black-tie" (1981) de Leon Hirszman e "Jango" (1984) de Silvio Tendler, além de "Um homem de moral" (2009) de Ricardo Dias, "Os inconfidentes" (1972) de Joaquim Pedro de Andrade, "Linha de montagem" (1982) de Renato Tapajós, "Jânio a 24 quadros" (1981) de Luiz Alberto Pereira, entre outras!


Em junho será exibido e debatido o filme "Pra Frente, Brasil" (1982) de Roberto Farias.


O próximo cine-debate será realizado no dia 17 de julho e passarão a ocorrer mensalmente, portanto, convidamos a todos e todas a acompanharem a página do facebook da Campanha para participarem dos próximos!