Nina Andreeva: grande combatente na luta contra o revisionismo e defensora do socialismo na URSS


No dia 24 de julho foi anunciado o falecimento da camarada Nina Andreeva, destacada combatente marxista-leninista e defensora do socialismo na União Soviética.

A camarada Nina Andreeva foi uma firme patriota da Pátria Soviética, defensora do legado revolucionário do camarada Josef Stálin e esteve na linha de frente da luta contra o revisionismo, que iniciou o processo de restauração capitalista na União Soviética. Escreveu vários artigos denunciando o revisionismo, sendo o artigo “Não posso renunciar aos meus princípios” o mais emblemático de todos, onde Andreeva denuncia as ideias direitistas e revisionistas que circulavam dentro da sociedade e do Partido Comunista da União Soviética na época da Perestroika.

Depois do desaparecimento da União Soviética, Nina Andreeva lutou ativamente para lograr a reorganização do movimento revolucionário na Rússia, construíndo o Partido Comunisa de Toda a União (Bolchevique), que colocou na ordem do dia o renascimento do bolchevismo na antiga pátria dos soviets.

A luta contra o revisionismo travada pela camarada Nina Andreeva serve como fonte de inspiração para todas as organizações comunistas e revolucionárias que buscam reconstruir o movimento comunista em seus respectivos países e rearticular o Movimento Comunista Internacional. Ainda que na União Soviética o revisionismo tenha prevalecido, através do estudo da prática e na obra da camarada Nina Andreeva podemos compreender quais foram os fatores econômicos, políticos e sociais que possibilitaram a vitória das forças reacionárias.

Sem dúvida, o legado da camarada Nina Andreeva seguirá iluminando a nova geração de comunistas russos, que certamente seguirão avançando pela linha revolucionária do Marxismo-Leninismo e reconstruirão a Pátria Socialista.

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube