top of page
  • Foto do escritorNOVACULTURA.info

"Os crimes com armas de fogo dos EUA ameaçam a sociedade internacional"



Em 7 de setembro, um site da Alemanha publicou um artigo que assinala que o impotente controle de armas de fogo dos EUA não só provoca crimes de grande magnitude com armas de fogo no interior de seu país, mas que também está provocando grandes efeitos nos países vizinhos.


O artigo assinalou que contrabandistas estão contrabandeando 250 mil armas de fogo ao México a cada ano e que uma situação similar está ocorrendo no Canadá também, e reportou as notícias de vários veículos de imprensa que revelaram que 85% das pistolas no Canadá são fabricadas nos EUA.


Em seguida, o artigo lamentou como segue:


Embora o governo do México tenha entrado com uma ação que demanda 10 bilhões de dólares em Massachusetts para repreender as empresas estadunidenses que fabricam as armas de fogo que são usadas em crimes, é quase nula a possibilidade de ganhar a ação por causa da inexistência de uma lei nos EUA que possibilite culpabilizar as empresas que fabricam armas de fogo.


O fogo sempre se propaga se não é apagado.


A realidade demonstra que a cultura de armas de fogo da sociedade estadunidense, um tumor maligno incurável, se proliferou excessivamente até o grau em que se translada sem dificuldades aos países vizinhos.


Segundo os dados, em 2020 e 2021 o número de crimes de grande magnitude com armas de fogo nos EUA aumentaram repentinamente de 600 a mais de 700, e o número de mortes causadas pelos tiroteios aumentou de mais de 40 mil a 45 mil, e está previsto que neste ano o número aumentará ainda mais.


Embora em finais de junho passado tenha sido adotado nos EUA o projeto de revisão da lei de controle de armas de fogo por causa da forte resistência e demanda dos habitantes, nos estados de Indiana, Oregón, Arizona, Texas, Illinois, Michigan, Minnesota, Virginia, Carolina do Sul, etc., ocorrem um após o outro os crimes com armas de fogo.


É por isso que os estadunidenses estão criticando a incompetência do governo enquanto lamentam que os crimes com armas de fogo são atos criminosos característicos da sociedade estadunidense.


Então, por qual motivo nos EUA, país que fala tanto sobre “civilização mundial”, não terminam os crimes com armas de fogo e estes se tornam parte da vida cotidiana?


A razão está na política antipopular da administração estadunidense que prioriza somente os interesses monetários de uma classe minoritária privilegiada ignorando as demandas e interesses das massas trabalhadoras e considera a vida do ser humano como algo insignificante.


Em vez de vociferar sobre o “problema de direitos humanos” de outros países, os EUA deverão eliminar os crimes com arma de fogo que constituem uma ameaça à sociedade internacional.


Do Ministério das Relações Exteriores da República Popular Democrática da Coreia


Tradução do A Voz do Povo de 1945

0 comentário
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Telegram
  • Whatsapp
PROMOÇÃO-MENSAL-mai24.png
capa29 miniatura.jpg