top of page
  • Foto do escritorNOVACULTURA.info

Stalin: "5 anos do Primeiro Congresso de Mulheres Operárias e Camponesas"



Passaram-se cinco anos desde que o Comitê Central de nosso Partido convocou em Moscou o congresso de mulheres operárias e camponesas de toda a Rússia. Mais de mil delegados, representando um milhão de mulheres trabalhadoras, reuniram-se para o congresso. Este congresso foi um marco no trabalho do nosso Partido entre as mulheres trabalhadoras. O incalculável serviço prestado por este congresso foi lançar as bases para a organização da educação política das mulheres trabalhadoras e camponesas de nossa República.


Alguns podem pensar que não há nada de extraordinário nisso, já que o Partido sempre promoveu a educação política entre as massas, incluindo as mulheres, ou pode pensar que a educação política das mulheres não pode ter importância real, pois em breve teremos quadros operários e camponeses unificados. Tais opiniões são fundamentalmente incorretas.


A educação política das mulheres trabalhadoras é de primordial importância hoje, quando o poder passou para as mãos dos trabalhadores e camponeses. Deixe-me demonstrar o motivo.


Nosso país tem uma população de quase 140 milhões e nada menos da metade são mulheres, principalmente mulheres trabalhadoras e camponesas, atrasadas, oprimidas e com pouca consciência política.


Se nosso país iniciou a sério a construção da nova vida soviética, então certamente é claro que as mulheres deste país, constituindo metade de sua população, atuariam como um empecilho para qualquer avanço se permanecessem atrasadas, oprimidas e politicamente subdesenvolvidas também no futuro?


A mulher trabalhadora anda ombro a ombro com o homem trabalhador. Ela trabalha com ele na tarefa comum de construir nossa indústria. Ela pode ajudar a causa comum se for politicamente consciente e politicamente educada. Mas ela pode arruinar a causa comum se for oprimida e atrasada, não por sua má vontade, é claro, mas por causa de seu atraso.


A camponesa anda ombro a ombro com o camponês. Ela avança, junto com ele, a causa comum do desenvolvimento de nossa agricultura, seus sucessos e seu florescimento.


Ela pode dar uma enorme contribuição nesta causa se se libertar do atraso e da ignorância. E o contrário também é o caso: ela poderia atuar como um freio em toda a causa se permanecer escrava da ignorância também no futuro.


As mulheres trabalhadoras e camponesas são cidadãs livres em pé de igualdade com os homens operários e camponeses. As mulheres elegem nossos sovietes e nossas cooperativas e podem ser eleitas para esses órgãos. As mulheres trabalhadoras e camponesas podem melhorar nossos sovietes e cooperativas, fortalecê-los e desenvolvê-los se forem politicamente alfabetizados. As mulheres trabalhadoras e camponesas podem enfraquecer e minar essas organizações se forem retrógradas e ignorantes.


Finalmente, as mulheres trabalhadoras e camponesas são mães que criam nossa juventude – o futuro de nosso país. Eles podem aleijar o espírito de uma criança ou nos dar uma juventude com um espírito saudável, capaz de levar nosso país adiante. Tudo isso depende se a mulher e a mãe têm simpatia pelo sistema soviético ou se ela segue o rastro do padre, do kulak ou do burguês.


É por isso que a educação política das mulheres trabalhadoras e camponesas é uma tarefa de primeira importância, uma tarefa muito importante para a vitória real sobre a burguesia hoje, quando os trabalhadores e camponeses começaram a construir uma nova vida. É por isso que a importância do primeiro congresso de mulheres trabalhadoras e camponesas, que lançou as bases para a tarefa de educar politicamente as mulheres trabalhadoras, é realmente inestimável.


Há cinco anos, naquele congresso, a tarefa atual do Partido era atrair centenas de milhares de mulheres trabalhadoras para a tarefa comum de construir uma nova vida soviética. Na vanguarda desta tarefa estavam as mulheres trabalhadoras das áreas industriais, pois eram os elementos mais vivos e conscientes entre as mulheres trabalhadoras. Pode-se dizer que muito foi feito nesse sentido nos últimos cinco anos, embora ainda haja muito a ser feito.


Hoje, a tarefa atual do Partido é atrair para a causa comum de organizar nossa vida soviética milhões de mulheres camponesas.


Cinco anos de trabalho já produziram um grande número de dirigentes que emergiram do campesinato.


Esperemos que as fileiras das principais mulheres camponesas sejam aumentadas pela adição de novas mulheres camponesas politicamente conscientes. Esperemos que o Partido resolva também este problema.


J.V. Stalin


1923

0 comentário
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Telegram
  • Whatsapp
PROMOÇÃO-MENSAL-mai24.png
capa29 miniatura.jpg