Notícias

"RPDC chama à luta contra a ideologia e cultura reacionária"

A campanha dos imperialistas para difundir sua ideologia e cultura dentro dos países que avançam no caminho da independência torna-se cada vez mais sagaz e brutal. O jornal Rodong Sinmun avança assim em um artigo publicado no dia 29 e continua: Se a penetração da ideologia e cultura dos imperialistas não for bloqueada, a soberania do país e a dignidade da nação não podem ser defendidas nem podem alcançar desenvolvimento e prosperidade independentes. Uma vez que as tentativas dos imperialistas de eliminar forças independentes são intensificadas e a situação torna-se complicada, há sempre o perigo de que a ideologia e a cultura burguesas penetrem em outros países. Os jovens são o princ

"Sobre a disciplina na educação infantil"

A palavra disciplina tem vários sentidos. Para uns corresponde ao conjunto de regras de conduta outros chamam disciplina os hábitos já formados educados no homem, outros ainda só veem na disciplina obediência. Todas essas opiniões se aproximam mais ou menos da verdade, mas é indispensável, para um bom trabalho pedagógico, ter uma ideia mais exata da “disciplina”. Costuma-se chamar de disciplinado um homem que se distingue por sua obediência. É evidente que na maioria dos casos exige-se do homem que cumpra rápida e exatamente as ordens e as disposições dos organismos ou indivíduos que lhe são superiores, mas, no entanto, na sociedade soviética, a obediência é um aspecto muito deficiente da di

"'Eleições' no modelo dependente"

1. O golpe de 1964 – agora com 50 anos - consolidou o modelo dependente, subordinado ao capital estrangeiro, instituído pelo golpe de 1954 e aprofundado no demagógico quinquênio JK. A falsa democratização radicalizou esse modelo, por meio de governos egressos de “eleições” também manipuladas pela oligarquia financeira mundial. 2. Sob pena de esfacelamento do País, o povo brasileiro não deve mais tolerar as imposições emanadas dessa oligarquia, que controla os poderes da República e demais instituições do Estado. Há 25 anos, repete-se a farsa de “eleições” para presidente, nas quais os eleitores praticamente nada escolhem. 3. O real sistema de poder manobra sempre para que todos os candidatos

Mao: "Um estudo de educação física"

Nossa nação está querendo mais força. O espírito militar não foi encorajado. A condição física da população se deteriora diariamente. Este é um fenômeno extremamente perturbador. Os promotores da educação física não compreenderam a essência do problema e, portanto, seus esforços, embora prolongados, não foram eficazes. Se esse estado continuar, nossa fraqueza aumentará ainda mais. Alcançar nossos objetivos e fazer sentir nossa influência são questões externas, resultados. O desenvolvimento de nossa força física é uma questão interna, uma causa. Se nossos corpos não são fortes, teremos medo assim que vemos soldados inimigos, e então como podemos alcançar nossos objetivos e nos tornarmos respe

"A mulher anamita e a dominação francesa"

A colonização já é por um ato de violência do mais forte sobre o mais fraco. Tal ato de violência torna-se ainda mais odioso quando é exercido sobre mulheres e crianças. É amargamente irônico descobrir que a civilização – simbolizada em suas várias formas, como liberdade, justiça, etc., pela imagem suave de mulher e levado a cabo por uma categoria de homens bem conhecidos por serem campeões da elegância – inflige a seu “emblema vivo” o tratamento mais ignóbil e danifica-o vergonhosamente em suas maneiras, em sua modéstia e até mesmo em sua vida. O sadismo colonial é de inacreditavelmente explícito e cruel, mas vamos nos limitar aqui a recordar alguns casos observados e descritos por testemun

"A formação da RDA: reviravolta decisiva na história da Europa"

O povo alemão está em vésperas de viver dias históricos. Pela vontade das massas de milhões de alemães, foi proclamada a 7 de outubro, em Berlim, a República Democrática Alemã. Ao mesmo tempo o Conselho do Povo Alemão adotava uma decisão pondo em vigor a Constituição da República Democrática Alemã e estabelecendo na Capital da Alemanha, Berlim, um Governo Provisório. Assim, este ato histórico lança os fundamentos "de uma Alemanha unificada, democrática e pacífica..?" (J. Stalin). No dia 11 de outubro, na sessão comum das duas câmaras do parlamento provisório — a Câmara do Povo e a Câmara dos "Laender"(1) — Wilhelm Pieck, Presidente do Partido Socialista unificado da Alemanha, foi eleito, por

Stalin: "Resolução Sobre o Problema Nacional"

A política de opressão nacional, herança do absolutismo e da monarquia é apoiada pelos latifundiários, pelos capitalistas e pela pequena burguesia, no interesse da conservação de seus privilégios de classe e da divisão dos operários das diversas nacionalidades. Ao acentuar as tendências à dominação dos povos fracos, o imperialismo atual constitui um novo fator da agramento da opressão nacional. A abolição da opressão nacional, na medida em que é possível na sociedade capitalista, só pode ser conseguida sob um regime republicano consequentemente democrático, com um sistema de governo que assegure plena igualdade de direitos a todas as nações e a todos os idiomas. Deve-se reconhecer a toda

"Fruto dos esforços para o fim da guerra civil no Sudão do Sul"

Houve um movimento positivo no Sudão do Sul, que está em guerra civil há um tempo. Recentemente, os líder da oposição e o presidente do Sudão do Sul se reuniram na capital etíope, Adis Abeba, e finalmente assinaram um acordo de paz. O presidente do comitê conjunto de supervisão e avaliação da questão do Sudão do Sul, que está saindo depois de seu mandato, disse que o processo de paz no Sudão do Sul chegou a um ponto em que ele finalmente superou muitos desafios e finalmente assinou um acordo de paz. E que a manutenção da paz e prosperidade será alcançada na República do Sudão Sul. Os esforços das partes para acabar com as duradouras disputas no Sudão do Sul e para trazer paz e estabilida

"Nas ruas podemos fazer retroceder o governo de Macri"

Às 10 horas, começaram a concentrar-se na ponte Pueyrredón os movimentos sociais: CCC, Barrios de Pie e CTEP, o CTA A com ATE Hugo Godoy, onde uma grande coluna de trabalhadores de Astillero Rio Santiago se juntou. Eles estão realizando uma luta profunda contra as tentativas do governo de fechar a ARS. A prefeitura, de acordo com as políticas de repressão do governo, realizou uma grande operação de segurança impediu a passagem das colunas para a ponte, onde um ato seria realizado. Os golpes e o spray de pimenta das forças de segurança não impediram que as colunas chegassem à capital federal após três horas de atraso. Às colunas do CTEP, CCC e Barrios de Pie se concentraram para marchar até

Lenin: "Sobre as greves"

Nos últimos anos, as greves operárias são extraordinariamente frequentes na Rússia. Não existe nenhuma província industrial onde não tenha havido várias greves. Quanto às grandes cidades, as greves não cessam. Compreende-se, pois, que os operários conscientes e os socialistas se coloquem cada vez mais amiúde a questão do significado das greves, das maneiras de realizá-las e das tarefas que os socialistas se propõem ao participarem nelas. Queremos tentar fazer uma exposição de algumas de nossas considerações sobre esses problemas. No primeiro artigo, pensamos falar do significado das greves no movimento operário em geral; no segundo, das leis russas contra as greves, e, no terceiro, de como s

"A FRELIMO é o povo moçambicano em armas"

1. O discurso proferido pelo general Spínola ao País, em 27 de Julho último, encerra, por forma constitucional e legalista, uma etapa do processo de descolonização cuja iniciativa pertenceu aos Movimentos de Libertação. “Estamos prontos a partir de agora a iniciar o processo da transferência de poderes para as populações dos territórios ultramarinos. Estamos assim, e desde este instante, abertos a todas as iniciativas para o começo dos trabalhos de planificação, programação e execução do processo de descolonização, com a aceitação desde já do direito à independência política, a proclamar em termos e datas a acordar”. A afirmação solene e oficial contida nestas palavras do Presidente da R

"Acerca da atualidade da Revolução Naxalita na Índia"

O deslocamento de setores industriais ocidentais provocada pela expansão das forças produtivas capitalistas converteram as zonas geográficas do sul da China, o Sudeste asiático e o subcontinente indiano nos principais focos de trabalho industrial do mundo. Estamos falando de uma série de países que em termos de população superam conjuntamente dois bilhões de pessoas e onde as camadas proletárias e camponesas superam 80% do total da sociedade. Desses 80% estima-se que aproximadamente 60% estão afundados na mais absoluta miséria à mercê das enfermidades e da morte com uma renda média de menos de meio euro ao dia [1]. Diante de uns países ocidentais onde o conflito capital-trabalho tornou-se tu

Engels: "Liberdade e Necessidade"

"No que se refere aos problemas políticos e jurídicos, os princípios proclamados neste Curso repousam nos mais conscienciosos estudos especializados. Portanto, o ponto de partida será... a matéria de que já tratamos... a exposição consequente dos resultados das ciências jurídicas e políticas. Comecei por dedicar-me ao estudo da jurisprudência e não só consagrei a ela os três anos usuais da preparação teórica universitária, como ainda mais três anos da prática judicial, ocupados por um constante estudo, principalmente destinado a aprofundar o seu conteúdo científico... Também enfrentaria seguramente a crítica das instituições de direito privado e suas correspondentes imperfeições jurídicas, c

"Incêndio criminoso na comunidade na cidade de Urbano Santos (MA)"

Reproduzimos a denúncia do Do Fóruns e Redes de Cidadania do Maranhão sobre os ataques sofridos pela Comunidade Santa Maria em Urbano Santos no Maranhão na última semana Madrugada de hoje (20, quinta-feira), criminosos atearam fogo ao barracão de reuniões da Comunidade Santa Maria/Urbano Santos, também ao local onde funcionava temporariamente o paiol comunitário. A área onde estavam erguidos o barracão e o paiol foi retomada pela comunidade, nela realizava-se, além das assembleias, festas e paiol comunitários, o restaurante popular, a horta comunitária e a escola de alfabetização. Na noite de domingo, 16/09, a comunidade, num clima de alegria e muito entusiasmo, reuniu-se com representantes

Marx: "Carta a Joseph Weydemeyer"

Londres, 5 de Março de 1852 [...] No que me diz respeito, não me cabe o mérito de ter descoberto nem a existência das classes na sociedade moderna nem a sua luta entre si. Muito antes de mim, historiadores burgueses tinham exposto o desenvolvimento histórico desta luta das classes, e economistas burgueses a anatomia económica das mesmas. O que de novo eu fiz, foi: demonstrar que a existência das classes está apenas ligada a determinadas fases de desenvolvimento histórico da produção; que a luta das classes conduz necessariamente à ditadura do proletariado; que esta mesma ditadura só constitui a transição para a superação de todas as classes e para uma sociedade sem classes.

"Dois poemas de Varavara Rao"

A polícia do regime fascista da Índia recentemente prendeu o poeta e ativista comunista Varavara Rao, juntamente com pelo menos outros quatro ativistas em diferentes partes do país. A desculpa desta vez é uma carta supostamente enviada por esses militantes em Puna, que falou da possibilidade de atacar o Presidente Modi durante uma de suas reuniões. Outras detenções são Sudha Bharadwaj, cuja organização, PUCL, criticou as prisões que são uma “caça às bruxas pelo atual governo”. Organizações como a Anistia Internacional (AI) e Oxfam também avaliaram em uma declaração conjunta, a campanha "alarmante" de prisões e advertiu que tais atos "ameaçam os valores básicos dos direitos humanos". Direi

"Forjemos nosso Partido à imagem e semelhança do Partido de Lenin e Stalin"

Camaradas. O honroso convite do Comitê Central do Partido Comunista da União Soviética para assistirmos ao seu XIX Congresso, foi por nós atendido com o maior entusiasmo. A participação de uma delegação fraternal de nosso Partido no histórico XIX Congresso do Partido de Lênin e Stálin é um título de honra e um motivo de orgulho para nosso Partido. Estamos entre os Partidos que tiveram a felicidade de receber ao vivo riquíssimos ensinamentos de marxismo criador e preciosas lições extraídas da prática bolchevique, haurindo na própria fonte a experiência colossal da sábia direção stalinista. Somos profundamente gratos ao Partido irmão e ao querido camarada Stálin por mais essa elevada prova de

O discurso ideológico de Ciro Gomes

“Vamos unir o Brasil que produz com o Brasil que trabalha”, diz um dos jargões preferidos de um dos principais candidatos à Presidência da República, Ciro Gomes, do Partido Democrático Trabalhista (PDT). Comumente colocado à esquerda no espectro político nacional, é o candidato com mais chances de enfrentar Jair Bolsonaro em um eventual segundo turno, disputando diretamente, neste sentido, com o indicado de Lula, Fernando Haddad [1]. Com um discurso que oscila entre a agressividade e a cordial bajulação, o candidato apresenta toneladas de dados e referências, pesadas lições acadêmicas e afiadíssima retórica ao expor seus projetos para solucionar a grave crise pela qual passa nosso país. Dest

"Alguns aspectos da atividade de Blanqui"

O exame da atividade de um grande revolucionário como Auguste Blanqui é sempre útil. De tudo que esta tenha de positivo e de tudo que tenha de negativo, se pode e se deve extrair ensinamentos úteis. E lógico que para isso, deve-se sempre considerar as circunstâncias da época e a profunda diferença entre o momento no qual lutava Blanqui e as circunstâncias atuais. Blanqui foi na França o maior lutador do período que vai de 1827 a 1881. Foi a época do desenvolvimento do regime capitalista na França e da formação do proletariado como classe, na luta e no Choque de todas as idéias socialistas, marxistas, proudhonianas e utópicas. Nós lutamos, ao contrário, numa época em que o capitalismo viv

Martí: "Trabalho manual nas escolas"

Os colégios de agricultura dos Estados Unidos acabam de apresentar informes sobre seus trabalhos do ano anterior. Em todos eles o que se vê é que não são tanto as leis teóricas do cultivo as que se ensinam nessas escolas, e sim o manejo direto da terra, que oferece em primeira mão, claramente e com inimitável amenidade as lições que sempre saem confusas dos livros e dos professores. Vantagens físicas, mentais e morais advêm do trabalho manual. E esse hábito do método, saudável contrapeso, sobretudo em nossas terras, da veemência, inquietude e extravio em que nos enreda, com sua espora de ouro, a imaginação. O homem cresce com o trabalho que sai de suas mãos. É fácil ver como empobrece e enve

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube