top of page
  • Foto do escritorNOVACULTURA.info

"Apoiar a justa luta dos prisioneiros políticos palestinos contra a repressão"



A Comissão 3 da Liga Internacional da Luta dos Povos condena nos termos mais fortes possíveis os violentos ataques das forças de ocupação israelenses contra mulheres palestinas presas políticas na notória prisão de Damon, uma das muitas instalações de detenção em Israel para presas políticas palestinas.


Em 31 de janeiro, as tropas israelenses atacaram violentamente a seção de mulheres presas na prisão de Damon, confiscando todos os seus bens e isolando a prisioneira palestina Yasmine Shaaban, que atuou como porta-voz das mulheres presas políticas. O ataque foi a culminação de uma série de medidas repressivas tomadas pelas autoridades prisionais de Damon contra o quarto nº 10, removendo todos os aparelhos elétricos e impondo sanções aos seus ocupantes. Um dia depois, as autoridades cancelaram as visitas de familiares e advogados a todas as mulheres presas, em um esforço para privá-las do acesso ao mundo exterior e impedir que estranhos soubessem da repressão.


As prisioneiras de Damon resistiram à invasão de várias formas, inclusive queimando itens dentro das celas da prisão. Seu desafio inspirou prisioneiros políticos palestinos em outros centros de detenção a apresentarem suas próprias medidas de protesto, incluindo o fechamento de seções em todas as prisões e a recusa de se levantar ou sair para verificações de segurança. Alguns presos entraram em greve de fome.


As forças de ocupação israelenses retaliaram não apenas apreendendo eletrodomésticos e artigos de primeira necessidade, mas também bloqueando a entrada de alimentos comprados na loja da prisão e cortando a eletricidade e a água quente, uma tática particularmente cruel, já que as temperaturas no inverno palestino podem cair a níveis tão baixos como 9 graus centígrados à noite. As autoridades penitenciárias buscam reverter as conquistas dos presos políticos, como o direito de cozinhar a própria comida, conquistado por meio de longas e árduas lutas, como greves de fome.


Líderes identificados da resistência dos presos políticos foram transferidos para celas de isolamento em outras prisões em um esforço para esmagar a auto-organização e mobilização dos presos.


A Comissão 3 da Liga Internacional da Luta dos Povos está em firme solidariedade com os presos políticos palestinos enquanto eles enfrentam os ataques contra eles. Saúda os prisioneiros políticos da Palestina por estarem entre os que estão na vanguarda da resistência palestina, confrontando firmemente as forças de ocupação israelenses diariamente, organizando e apostando suas próprias vidas nesta luta.


Nós, da mesma forma, unimos outras forças da comunidade internacional em protestos e outros esforços para aumentar a conscientização sobre a situação dos prisioneiros políticos palestinos e a justiça da luta de libertação da Palestina contra a ocupação israelense e para isolar o regime de ocupação israelense apoiado pelo imperialismo dos EUA em todo o mundo.


Liberte todos os prisioneiros políticos palestinos!

Apoie a luta do povo palestino pela libertação!

Abaixo o regime de ocupação israelense apoiado pelos EUA!

banner-HISTÓRIA-DAS-REVOLUÇÕES.png
Clube-do-Livro-2023.png
JORNAL-BANNER.png
WHATSAPP-CANAL.png
TELEGRAM-CANAL.png
bottom of page