1/10

O que significa a eleição de Joe Biden nos Estados Unidos?



As eleições presidenciais norte-americanas, que ocorreram no último dia 3 de novembro, foram um verdadeiro espetáculo da decadência política e ideológica do regime imperialista vigente naquele país. Realizada em um contexto de agravamento de intensificação das contradições sociais e em meio a pandemia do coronavírus, a vitória de Joe Biden consolidou uma mudança política operada pelos círculos dominantes do país.


Sabemos que o governo de Donald Trump, apoiando-se nos sentimentos reacionários incrustados na consciência social de amplos setores da população, levou adiante um programa político de caráter extremamente reacionário, marcado pelo racismo e o aprofundamento dos ataques aos direitos democráticos da população.


Mobilizando a retórica imperialista do excepcionalismo ianque, Donald Trump também introduziu várias mudanças no âmbito da política externa do país, iniciando a guerra comercial contra a China e aprofundando a política de “guerra fria” contra o país asiático. É importante salientarmos que tal mudança é uma continuação da política iniciada pela dupla Obama-Hillary Clinton, que consistia justamente no fortalecimento das alianças militares e políticas com países do extremo oriente, bem como uma tentativa de engajamento com a China que favorecesse, no âmbito interno desse país, a intens