1/10

"Big Data e a ciência da manipulação de massas"


No início do século passado, Edward L. Bernays, publicitário, jornalista e inventor da teoria das relações públicas, considerado o pai da propaganda moderna e da engenharia de consenso na América, afirmou em um de seus escritos: “A manipulação consciente e inteligente dos hábitos e opiniões das massas é um elemento importante na sociedade democrática. Aqueles que manipulam este mecanismo oculto da sociedade constituem o governo invisível que detém o verdadeiro poder que governa o destino de nosso país”.

Nascido na Áustria e sobrinho de Sigmund Freud, ele aplicou muitas das teorias e descobertas do tio à "ciência da manipulação em massa". Transformado em arte por membros do "governo invisível", é uma das ferramentas mais importantes na construção simbólica do capitalismo estadunidense.

Hoje, com o avanço das tecnologias de comunicação, informação e internet, esse conhecimento atin