"RPDC condena ataques do Secretário de Estado dos EUA contra a China"


O diário Rodong Sinmun publicou nesta quinta-feira (04) a declaração do porta-voz do Departamento Internacional do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia. Segue abaixo o texto completo: Em entrevista com um meio de imprensa nacional concedida em 31 de maio, o secretário de Estado dos EUA, Pompeo, definiu a China como ameaça existente. Dizendo que a ameaça da China provém do ideal do Partido Comunista, disse que os EUA mudará com seus aliados do Ocidente o próximo século como o mundo ocidental onde seja modelo a “democracia liberal” que seu país desfruta. Não é a primeira vez que Pompeo profere impropérios sobre a China nos temas de Hong Kong, Taiwan, direitos humanos e disputa comercial. O que não se pode deixar passar é que ele caluniou severamente desta vez a liderança do Partido Comunista da China como guia do socialismo no país. Qualificando o socialismo dirigido pelo Partido Comunista de ditadura que destrói o ideal, a democracia e a concepção de valor ao estilo ocidental, disse que formará o mundo dos EUA e do Ocidente onde não haja dominação do Partido Comunista da China. Esta declaração significa que da próxima vez se atreveria a atentar contra nosso socialismo guiado pelo Partido do Trabalho da Coreia. Será possível que esse Pompeo, versado em espionagem e conspirações contra outros países, seja tão ignorante que não saiba distinguir o Oriente do sol nascente e o Ocidente do sol poente? Se leva-se em conta que Pompeo disse que o Partido Comunista de agora é diferente do mesmo de 10 anos atrás, se pode perceber que ele está inquieto com a situação dos EUA, que tem sintomas de arruinamento, reconhecendo que o socialismo dirigido pelo partido comunista se desenvolve e se fortalece. Os manifestantes indignados pelo extremado racismo irrompem até a Casa Branca; eis aqui a realidade atual dos EUA. E a liberdade e democracia ao estilo estadunidenses se manifestam intenção de mobilizar até a brigada canina na operação anti-motim contra esses manifestantes qualificando-os de "esquerdistas". Ao igual que os sucessivos governantes estadunidenses, Pompeo deverá desistir de seu sonho irrisório de tentar acabar com o Partido Comunista e o socialismo em avanço vitorioso.

Da KCNA (Korean Central News Agency)

Nota dos editores: nem todas as posições expressas neste texto ou pelo autor condizem necessariamente e/ou integralmente com a linha política de nosso site ou da União Reconstrução Comunista.

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube