Camponeses e povos originários ameaçados e atacados no interior do Pará



No ano de 2005, ganhou repercussão mundial a morte da missionária estadunidense Dorothy Stang, assassinada por bate-paus de fazendeiros e madeireiros no município de Anapu (PA). Stang, há muitos anos, fazia um trabalho missionário de defesa das comunidades camponesas e ribeirinhas, não só em Anapu como em outros locais. Mais de quinze anos após sua execução, a opressão da classe latifundiária de Anapu contra os trabalhadores rurais persiste.


Segundo denúncias feitas pelas famílias da Gleba Bacajá (Lote 96) e repercutidas por intermédio da Comissão Pastoral da Terra (CPT), têm ocorrido há meses uma série de ameaças e ataques contra os moradores do local para que abandonem a área em benefício do grileiro Antônio Borges Peixoto. Ainda que a Gleba Bacajá seja uma área pública habitada e cultivada por 54 famílias posseiras, e que muitas delas estejam vivendo no local há mais de dez anos, o grileiro Peixoto tem mobilizado seus puxa-sacos e pistoleiros para humilhar os lavradores.


Em outubro do ano passado, foi “misteriosamente” incendiada a casa do lavrador José Pereira de Oliveira, enquanto este não estava presente. Logo ao chegar, viu fugindo a cavalo um homem que seria vaqueiro do grileiro Peixoto. Em janeiro deste ano, foi incendiada a casa do casal Lucival Fernandes e Ronieli da Conceição, que têm um filho de dois anos de idade. Porém, ao contrário de José Pereira, não chegaram a ver os responsáveis pelo incêndio. Em fevereiro, na posse de Lucival e Ronieli, apareceram dois homens armados os ameaçando para que deixassem a área, dizendo que era donos delas. No final do mês de março, foi incendiada a casa de farinha do idoso Lindoval Ferreira da Costa. No meio da noite, ele acordou com um tiro disparado do lado de fora da sua casa e viu a estrutura da casa de farinha em chamas, pela qual ele se endividara e lutara cerca de dois anos para erguer. Após o ataque, Lindoval tem contado com a solidariedade dos vizinhos para reerguer a casa de farinha.


Estes ataques sofridos pelas famílias têm se dirigido também contra as lideranças locais. Erasmo Alves Theofilo, líder comunitário da Gleba Bacajá, têm sofrido ameaças de morte constantes por parte dos pistoleiros do grileiro Peixoto após terem tentado suborná-lo para que estimulasse as famílias a venderem suas posses a preços módicos. Mesmo que se encontre em um programa de proteção a defensores dos direitos humanos, Theofilo sabe que não tem qualquer garantia por sua vida, e que muitos dos próprios policiais envolvidos em sua “segurança” teriam ligações com o grileiro.


Após quinze anos da execução de Dorothy Stang, assim, é possível até mesmo sustentar que a violência reacionária em Anapu se intensificou. Theofilo denuncia que, após a eleição de Bolsonaro em 2019, os grileiros se sentiram mais confortáveis com a carta branca do presidente fascista para que grilassem ainda mais terras e cometessem ainda mais arbitrariedades contra os camponeses.


No nordeste do estado, na cidade de Moju (PA), as famílias quilombolas do território Jambuaçu, especificamente da comunidade rural São Sebastião, uma das dezesseis comunidades rurais que compõem o território, têm denunciado os impactos ambientais causados pelos megaprojetos do capital estrangeiro. Toda a lorota das potências imperialistas em torno da defesa de “modelos econômicos ambiental e socialmente sustentáveis”, protecionismo ambiental às matérias-primas extraídas sob condições ambientalmente adversas, etc., cai por terra diante do fato de os minerodutos de empresas como Norsk Hydro (norueguesa) e Imerys (francesa) estarem inviabilizando a produção agrícola das comunidades quilombolas de Moju. Os quilombolas denunciam também o desrespeito do Estado reacionário: enquanto estas pessoas se organizam para evitar o contágio pela Covid-19 (segundo lideranças, por volta de 80% do território foi infectado), os governos locais mantêm obras na rodovia estadual PA-252, com denúncias de que operários das obras não têm recebido máscaras para se protegerem e evitarem o contágio dos locais pela Covid-19.

35 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
JORNAL-BANNER.png

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube