"RPDC rechaça manter diálogo com as autoridades sul-coreanas"


A chefe do Departamento da Frente Unida do Comitê Central do Partido do Trabalho da Coreia, Jang Kum Chol, divulgou hoje a seguinte declaração:

No dia 16, destruímos o Gabinete de Ligação Conjunto Norte-Sul, que estava irritantemente localizado na Zona Industrial de Kaesong.

A perplexa Chongwadae (Casa Azul) convocou uma reunião do Conselho de Sgurança e estabeleceu a posição oficial de seu resultado, pois, recorrendo ao seu hábito de longa data, imputou responsabilidade a outros e ousou de forma ridícula ameaçar alguém.

Eu observei como as autoridades sul-coreanas proferiram uma retórica agonizante para preservar o decoro, como "expressar forte pena", "ação que decepciona a esperança", "o Norte é totalmente responsável pela situação", respondendo com fortes contramedidas se (o Norte) toma medidas continuamente que pioram as circunstâncias”, etc.

Parece que era essencial para manterem a honra desta vez, já que estavam cansados ​​e perseguidos diante da forte repreensão de nossa parte pela tolerância ao recente ato hostil anti-RPDC cometido por resíduos humanos e, acima de tudo, caíram na avalanche de críticas à sua política dentro da sua própria casa que, segundo os críticos, é humilhante e obediente aos mandatos do Norte.

Quem é o principal autor que transformou as declarações e acordos de N-S feitos antes de toda a nação e o mundo em papéis molhados? E olhe, quem está culpando alguém!

Ao ofender o mais sagrado de nós, esse provocador deixou nosso povo com tanta raiva e levou a situação a um beco sem saída.

O mundo distingue muito bem o principal culpado que deve assumir a responsabilidade.

Embora estejam enfrentando a má sorte correspondente ao seu pecado, as autoridades sul-coreanas discutem a responsabilidade do incidente com vergonha, em vez de se arrependerem. Como eles insistem em nos dar, teremos o prazer de aceitá-lo, porque mesmo neste caso, não teremos nada a perder.

Não temos medo de assumir a responsabilidade pelo caso, porque não há nada que seja implementado, mesmo que as conversões sejam abertas cem vezes com uma contraparte de comportamento covarde, frágil e nojento, e também não há boas perspectivas para as relações N-S.

Não queremos lidar mais com as autoridades sul-coreanas que assumem uma atitude cada vez mais suja e desagradável.

Portanto, começamos a eliminar os espaços de contato entre as duas partes.

Não hesitamos, mesmo se assumirmos a responsabilidade pelo colapso completo dos laços intercoreanos.

Também em vista dos ganhos e perdas, não temos nada a perder.

Esta questão é de interesse apenas do líder sul-coreano que esteve envolvido na acumulação de méritos durante seu mandato, porque não lidamos com o Sul para obter lucro.

Portanto, não haverá mais intercâmbio ou cooperação com as autoridades sul-coreanas.

Não haverá comunicação verbal.

Basta pensarmos que tudo o que aconteceu até agora entre o Norte e o Sul foi um sonho inútil.

Felizmente, confirmamos mais uma vez através do presente incidente que o inimigo permanece o mesmo.

Está provado que a decisão resoluta que já tomamos foi mil vezes justa.

Da KCNA (Korean Central News Agency)

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube