“RPDC destaca a necessidade de intensificar a educação classista”


Em um artigo publicado na última terça-feira, o jornal Rodong Sinmun, órgão central do Partido do Trabalho da Coreia, observa que o povo coreano sente raiva e repulsa pelo lançamento de folhetos de conteúdo anti-RPDC por escórias humanas chamadas “fugitivos do Norte” e a tolerância silenciosa das autoridades sul-coreanas.

“A realidade exige treinar todos os membros do partido, trabalhadores e novas gerações como líderes de classe, intensificando continuamente a educação classista”, inicia o artigo e segue:

Dessa maneira, o socialismo no estilo coreano pode ser firmemente defendido frustrando as ações agressivas dos inimigos e registrando novos saltos e inovações na marcha pela construção econômica com dignidade de alta classe.

Em sua tentativa obstinada de destruir o socialismo coreano, as forças hostis lançam uma campanha inimaginável para acabar com o direito à existência e ao desenvolvimento de nosso povo e tirar sua fé em seu modelo social.

Os inimigos agem cruelmente para alcançar facilmente seu objetivo agressivo depois de enfraquecer o poder nacional da RPDC, impedindo-o de avançar a todo custo.

Por esse motivo, o PTC sempre exige intensificar a educação de classe para que todos os habitantes os treinem como criadores de autoconfiança que não abrigam ilusões sobre os inimigos.

Todos os funcionários, membros do partido e trabalhadores devem avançar em direção à vitória do socialismo, consolidando ainda mais a base revolucionária e de classe com a firme concepção proletária.

Da KCNA (Korean Central News Agency)

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube