1/10

Lenin: "Do Acampamento do Partido 'Operário' de Stolypin"


(Dedicado aos nossos “conciliadores” e defensores do “acordo”)

A carta do camarada K.[1] (Koba) merece uma profunda atenção de todos aqueles que prezam pelo nosso Partido. Uma melhor exposição da política de Golos (e da diplomacia de Golos), uma melhor refutação dos pontos de vistas e esperanças de nossos “conciliadores” e defensores do “acordo” é difícil de imaginar.

É o caso citado pelo camarada K. uma exceção? Não, isto é típico dos defensores de um Partido “Operário” de Stolypin, pois sabemos muito bem que um número de escritores no Nasha Zarya, Dyelo Zhizni, etc., já pregaram sistematicamente estas ideias tremendamente liquidacionistas por anos. Estes liquidadores não costumam se reunir com os trabalhadores membros do Partido; o Partido muito raramente recebe uma tão exata informação das declarações vergonhosas deles como aquela da qual nós devemos agradecer ao Camarada K.; mas, sempre e em todo o lugar, a pregação do grupo de legalistas independentes é conduzida precisamente neste espírito. É impossível duvidar disso quando existem periódicos do tipo Nasha Zarya e Dyelo Zhizni. É vantajoso para um dos mais covardes e desprezíveis defensores dos liquidacionistas ficar em silêncio sobre isso.

Compare este fato com os métodos empregados por gente como Trotsky, que vocifera sobre “acordo” e sobre a hostilidade dele para com os liquidacionistas. Nós conhecemos estes métodos somente muito bem; estas pessoas gritam até o ponto máx