1/10

"ILPS condena tentativa de assassinato do presidente Maduro na Venezuela"


Nós, da Liga Internacional da Luta dos Povos (ILPS), condenamos com veemência a tentativa de assassinato do presidente Nicolas Maduro, da República Bolivariana da Venezuela, em 4 de agosto de 2018, em Caracas, usando drones carregados de explosivos. Unimo-nos a todas as forças anti-imperialistas e democráticas em todo o mundo e todos os governos progressistas da América Latina na condenação deste desprezível ato terrorista. Estendemos nossa simpatia e solidariedade ao Presidente Maduro, ao povo e ao governo da Venezuela e apoiamos sua forte determinação em defender a soberania nacional, preservar as conquistas alcançadas na realização de programas sociais e econômicos patrióticos e progressistas e defender o país contra a sabotagem econômica, provocações violentas e ameaças de agressão e mudança de regime pelo imperialismo dos EUA e seus lacaios. O presidente Maduro ganhou a ira dos EUA e dos reacionários locais por defender o legado de Hugo Chávez na implementação de reformas sociais e econômicas que beneficiam as grandes massas populares, particularmente as massas trabalhadoras e camponesas. O imperialismo dos EUA não pode perdoar Chávez e Maduro pela nacionalização da indústria do petróleo que cobiça vorazmente. Da mesma forma, a oligarquia local não pode perdoar Chávez e Maduro por usar os lucros d