"RPDC chama a impulsionar a luta anti-imperialista"


Em um artigo individual publicado neste domingo, o jornal Rodong Sinmun diz que os povos progressistas do mundo devem dar um impulso à luta para rejeitar o imperialismo e defender a independência com a firme posição anti-imperialista e independente.O mundo independente está livre de dominação, subjugação, agressão e intervenção, onde a soberania e a igualdade de todos os países e nações estão garantidas, diz o artigo e continua: Se um país tolera a intervenção e a dominação das forças estrangeiras sem forjar seu destino de maneira dependente, ele se tornará o escravo neocolonial dos imperialistas. Estes são os piores obstáculos que impedem a luta de outros países para construir uma nova sociedade em violação da soberania e da dignidade nacionais. Para satisfazer sua voracidade, recorrem à intervenção militar e à agressão contra Estados soberanos em todas as partes do mundo.

A agressão e a dominação são prejudicadas pelo poder da unidade. Portanto, os imperialistas praticam obstinadamente a política de colocar cunhas para facilitar agressão, dominação e subjugação a outros países. A RPDC tem a posição invariável de alcançar com magnanimidade unidade e cooperação com todos os países e nações, aspirantes à independência e amantes da justiça, sobre as diferenças de ideias e regimes. O crescimento da solidariedade internacional possibilita a ação conjunta na luta pela independência anti-imperialista baseada na aspiração comum à vida independente.

Da KCNA (Korean Central News Agency)

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube