1/10

"66 prisões em um mês!"


Nós prosseguiremos em nossa luta juntos da Frente Anti-imperialista!

Com os ataques da manhã do 12 de setembro, o fascismo do AKP (Partido da Justiça e Desenvolvimento) levou quase 70 pessoas acusadas e as prendeu sob a acusação de envolverem-se em operações do DHKP-C. Todos os membros da Frente Popular que foram detidos foram levados a ditos tribunais; o promotor, sem sequer liberar algum deles, encaminhou todos os réus aos tribunais, sem aceitar declarações de defesas, em pedido da detenção. E é claro que os juízes do fascismo desempenharam seus papéis sem omissão e prenderam todos que viam não importasse a idade, saúde…


Com a operação levando no mínimo 24 pessoas como réus e invadindo casas na manhã do 6 de Outubro, os compradores do Imperialismo tentaram condenar a Frente Anti-imperialista alegando que a Frente Popular promove sua luta contra o imperialismo com ela. 5 de nossos amigos foram detidos devido à participação em atividades fora do país em diferentes ocasiões.


As acusações refletem o medo , dos povos do mundo e dos revolucionários por parte do AKP, o mais importante aliado do imperialismo no Oriente Médio.