"Pare os bombardeios aéreos de Batangas nas Filipinas!"


O Partido Comunista das Filipinas (PCF) condena o regime de Duterte e suas Forças Armadas das Filipinas (FAF) por lançar bombas em aldeias nas proximidades do Monte Banoy, a poucas horas da cidade de Batangas, e apenas a algumas horas do Metro Manila.


O bombardeamento aéreo indiscriminado e as operações ofensivas implacáveis ​​das FAF contra o Novo Exército Popular (NEP) na área forçaram mais de cem famílias em vários barangays [1] a evacuar e buscar segurança dos fascistas furiosos das FAF. As massas camponesas nas imediações do Monte Banoy resistem às operações de mineração e defendem suas terras e o meio ambiente.


O regime de Duterte aplicou há muito tempo a doutrina da destruição mediante a realização de bombardeios contra o NEP e as massas camponesas e comunidades de minorias étnicas em todo o país. O governo aplicou tal doutrina em grande escala durante quatro meses das FAF em Marawi. Como em Marawi, eles estão colocando em perigo a vida das pessoas, atropelando seus direitos e afastando-as de suas casas.


O bombardeio que ocorreu na cidade de Batangas veio logo em seguida do bombardeio aéreo de 20 de setembro contra as comunidades de Lumads e de camponeses em Magpet, Cotabato do Norte, que visava a escola de Lumads Pe. Pops Tentorio Memorial School.


26 de setembro de 2017

Gabinete de Informações do Partido Comunista das Filipinas

Nota

[1] É a menor unidade de governo local nas Filipinas.

34 visualizações

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube