"O tédio como fator de corrosão do socialismo"



No passado, alguns partidos adotaram uma abordagem mecânica da proposição materialista histórica de que as condições materiais e econômicas na sociedade determinam a consciência social, e que a consciência social muda com as mudanças nas condições materiais e econômicas. Eles acreditavam que quando os padrões materiais e culturais das pessoas se tornavam elevados com o estabelecimento do sistema socialista e a promoção da construção socialista, sua consciência ideológica seria transformada de acordo.


Portanto, eles não prestaram muita atenção ao trabalho ideológico. Acreditar que a consciência ideológica das pessoas irá espontaneamente mudar ao longo das linhas socialistas após a transformação socialista das condições materiais e econômicas na sociedade, é um conceito errado.


É contrário à essência e às características da ideologia socialista e à transformação da ideologia socialista. Por natureza, a consciência de um homem reflete a realidade objetiva, mas como ele absorve isso depende do próprio homem, de sua preparação. Ele vê, ouve, sente e absorve o máximo que consegue entender. Qual ideologia ele adquire e como essa ideologia muda e se desenvolve depende de sua preparação, de suas atividades e da influência ideológica que recebe. Mesmo um homem da classe proprietária pode se tornar um revolucionário quando é despertado ideologicamente e submetido a uma constante influência revolucionária; e nem mesmo um homem da classe trabalhadora adquire necessariamente uma ideologia revolucionária.


É claro que, quando ideias obsoletas perduram nas mentes das pessoas na sociedade socialista e onde ideias reacionárias de fora continuamente se infiltram e exercem influência, a transformação de todos os membros da sociedade através da educação na nova ideologia, a socialista, não pode ir adiante por si própria sem problemas, embora o sistema socialista tenha sido estabelecido e as condições materiais e econômicas tenham sido criadas.


Mesmo que todas as condições e benefícios tenham sido fornecidos às pessoas na sociedade socialista para garantir-lhes uma vida independente e criativa, eles podem considerar isso garantido e não sentirem quão valioso é o sistema socialista e quanto devem à isso, se o trabalho ideológico não for realizada de forma eficiente. E se o trabalho ideológico não for realizado, o entusiasmo revolucionário das pessoas pode esfriar gradualmente.


A tendência a viver com conforto pode crescer entre eles, uma vez que estão livres de qualquer preocupação na sociedade socialista e continuam a levar vidas estáveis. Então, eles não podem se dedicar à luta pelo socialismo e, pior ainda, podem ser enganados por propaganda imperialista e reacionária enganosa, abrigando ilusões sobre o capitalismo e indo na direção de trair o socialismo. Isto é testemunhado pela forma como o socialismo entrou em colapso em vários países que abandonaram o trabalho ideológico e abriram as suas portas à infiltração ideológica e cultural do imperialismo.


(Kim Jong Il, Obras Selecionadas, vol. 14, Editora de Línguas Estrangeiras, Pyongyang, 2014, pags. 51-52)


Tradução do A Voz do Povo de 1945

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube