1/10

Centro de Estudos da Ideia Juche - Brasil: 10 anos



Há dez anos era criado no Brasil, por iniciativa de alguns dos camaradas que também viriam a fazer parte da URC e do NOVACULTURA.info, o Centro de Estudos da Ideia Juche – Brasil. O trabalho realizado teve uma importância fundamental para divulgar e desmitificar o socialismo na República Popular Democrática da Coreia, que até então era amplamente difamado e desconhecido, não somente por aqueles que a adesão a toda a propaganda anticomunista já é esperado, mas também quase que pelo conjunto da esquerda brasileira, que em sua desinformação e oportunismo, faziam coro ao mais baixo da campanha estadunidense contra a RPDC.


Felizmente, de 2011 para cá, o cenário pode ser paulatinamente melhorado. Evidentemente, há ainda aqueles que se apegam ao oportunismo, – de direita e de “esquerda”, é importante ressaltar – para condenar a Coreia Popular; mas hoje já não é possível se apoiar na falta de informação para reproduzir ideologia barata anti-RPDC.


Hoje, não somente o CEIJ – Brasil, como uma série de valorosas iniciativas como o Centro de Estudos da Política Songun e uma série de blogs e páginas do facebook e do Instagram, cumprem o papel importante de divulgar textos, artigos, documentos, vídeos sobre a experiência revolucionária iniciada por Kim Il Sung, seguida por Kim Jong Il e hoje dirigida por Kim Jong Un.


Diversos debates foram realizados em inúmeras cidades por todo o país, livros foram traduzidos e publicados pela primeira vez, como os casos do selo Edições Nova Cultura, além de fomentar debates e estudos por estudantes e militantes de organizações populares e comunistas.


É importante que os comunistas brasileiros se apropriem da história revolucionária do povo coreano, um dos grandes exemplos da história no qual um país semicolonial pode enfrentar o imperialismo em sua luta pela libertação nacional, guiados por um partido munido do marxismo-leninismo, aplicando uma linha justa à realidade concreta do país.


Saudemos a década de existência do Centro de Estudos da Ideia Juche – Brasil e todas as iniciativas de solidariedade e defesa da Revolução Coreana!


-----------------------

Reproduzimos abaixo a nota publicada pelo CEIJ:


SOBRE OS DEZ ANOS DE FUNDAÇÃO DO CEIJ-BR


O dia de hoje, 4 de junho, marca o 10º aniversário de fundação do Centro de Estudos da Ideia Juche - Brasil.


Desde então, o CEIJ - Brasil foi responsável por organizar diversas atividades culturais e de estudo, sempre em conjunto com a Embaixada da República Popular Democrática da Coreia e outras organizações amigas.


Na época em que o nosso Centro foi fundado, as fontes de informação sobre a República Popular Democrática eram quase inexistentes, de modo que inicialmente fizemos um grande esforço para criarmos um veículo dedicado a centralizar e propagar informações sobre o país, ao mesmo tempo que continuávamos estudando a Ideia Juche. Desde 2011, enviamos várias delegações para participar de eventos oficiais na RPDC, ocasiões em que pudemos aprofundar o nosso contato com as instituições governamentais do país e estabelecer laços de amizade com outros grupos e centros de estudo de outros países.


Quando tivemos a oportunidade de visitar a RPDC pela primeira vez (2011), o país começava a dar sinais de retomada do crescimento econômico e superação da crise que havia se iniciado com a queda da União Soviética e dos países socialistas no Leste Europeu. Pudemos ver em primeira mão os esforços do povo coreano e do Partid