30 anos da ocupação da Fazenda Annoni


As forças democráticas comemoram o aniversário de 30 anos de uma das mais importantes e históricas vitórias do movimento democrático-popular em nosso país. Exatamente 30 anos atrás, dia 29 de outubro de 1985, cerca de 3,5 mil famílias camponesas sem terra ocuparam a Fazenda Annoni, de cerca de 10 mil hectares, no município de Pontão, extremo norte gaúcho.


A histórica ocupação da Fazenda Annoni marcou a primeira grande ação do mais importante movimento de massas brasileiro, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). A formação do MST foi possível unificar a luta do campesinato brasileiro em suas diversas modalidades - posseiros, arrendatários, parceiros, comodatários, assalariados rurais, pequenos e médios proprietários, etc. - na pauta comum da reforma agrária, da conquista da terra para quem nela efetivamente trabalha.


Anteriormente à ocupação da Fazenda Annoni, estes lavradores viviam sob dura exploração por parte dos estancieiros do norte gaúcho. Sem acesso à terra, eram obrigados a trabalharem como agregados dos fazendeiros, dando a estes cerca de 70% da produção das lavouras. A situação de enorme miserabilidade das famílias chegou ao pico quando os estancieiros começaram a expulsar os lavradores das fazendas.


A partir de então, os camponeses passam a se organizar no MST para ocuparem as terras que antes trabalhavam e exigir a desapropriação destas para a reforma agrária. A luta de dois anos das famílias da Fazenda Annoni resultou na formação do assentamento Annoni. As famílias restantes, que não foram assentadas, permaneceram mobilizadas na luta ocupando outras fazendas da região.


Hoje em dia, as cerca de 400 famílias assentadas na Fazenda Annoni comemoram as grandes conquistas ganhas através da luta camponesa. A região, que antes se configurava como uma região de miséria e exploração feudal é hoje terra de prosperidade e desenvolvimento econômico, possibilitado tão somente pela desapropriação da fazenda.


por Alexandre Rosendo

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube