1/10

Crise agrava miséria nas regiões siderúrgicas do MA


siderurgia-Maranhao.jpg

Problemas colocados para a economia brasileira desde o estouro da crise capitalista de 2008, quando os países imperialistas centrais reduziram sua produção industrial e, consequentemente, sua demanda por matérias primas e produtos agrícolas, afetando seriamente os países dependentes da exportação de tais produtos (nos quais o Brasil está incluso), vêm se agravando nos últimos meses com o aprofundamento das políticas neoliberais anti-indústria e anti-povo.