1/10

Filipinas: comunistas realizam novas ofensivas táticas


guerrapopularFILIPINAS.jpg

Combatentes vermelhos do Novo Exército Popular, dirigido pelo Partido Comunistas das Filipinas, realizaram no último dia 6 de maio uma nova ação de emboscada e aniquilamento que resultou na execução de quatro oficiais das reacionárias "Forças Armadas das Filipinas", entre outros oito feridos, no total de doze baixas do lado da reação. Nenhuma baixa contra o NEP foi registrada. Além das doze baixas causadas contra a reação, foram confiscados um lançador de granada M203, um rifle automático, um rifle M16, quatrocentas balas de munição M60, duzentas balas de munição K3, cinco pares de botas do exército, trinta e quatro cartuchos de pistola, dez coletes a prova de bala, dentre outros artifícios militares.


A ação foi iniciada às 9h da manhã na cidade de Davao, e emboscou três patrulhas do exército reacionário de diferentes batalhões de infantaria. Após dua