Sobre a Ideia Juche (Kim Jong Il)

APRESENTAÇÃO

Apresentamos ao público brasileiro mais uma importante obra que marca a história revolucionária mundial do século XX e a construção do socialismo pelas massas populares. O selo Edições Nova Cultura, da União Reconstrução Comunista, com a colaboração do Centro de Estudos da Ideia Juche – Brasil, que há anos desenvolve relevante trabalho de solidariedade à República Popular Democrática da Coreia, lança a seminal obra “Sobre a Ideia Juche” do camarada Kim Jong Il.

 

A ideia Juche é ideologia oficial do partido governante da RPDC, o Partido do Trabalho da Coreia (PTC). Desenvolvida por Kim Il Sung, líder da Revolução Coreana e fundador do Partido do Trabalho da Coreia. Em suas memórias Kim Il Sung destaca que durante a luta revolucionária, “sua doutrina”, “seu credo” foi o chamado iminwichon, que significa considerar o povo como o centro de tudo.

 

A palavra Juche, não possui uma tradução literal para a língua portuguesa. “Ju” ou “zu” quer dizer dono e “che”, corpo; juntando as duas palavras teríamos o conceito de “dono de seu corpo”. A palavra foi originalmente empregada como forma de referir-se à aplicação dos princípios básicos do marxismo-leninismo à realidade coreana. Posteriormente, os coreanos passaram a definir o Juche como uma “nova” e “original” filosofia do socialismo científico.

 

Os comunistas coreanos defendem que a superioridade da ideia Juche reside no fato de que, indicando a posição e o papel do homem no mundo, esclarece-se de modo científico a maneira com a qual o homem forja o seu próprio destino, a partir da independência, do espirito criador e da consciência, atributos essenciais do homem enquanto ser social. Para Kim Il Sung, a ideia Juche é “em uma palavra, a ideia de que o dono da revolução e construção são as massas populares e a força que impulsiona a revolução e a construção vêm também das massas populares”.

 

A Revolução Coreana ainda hoje é, infelizmente, um processo histórico pouco compreendido dentro do espectro do que podemos considerar como esquerda em nosso país. Soma-se a isso a incessante campanha de difamação endereçado contra a Coreia Popular e completamos um quadro onde a heroica luta do povo coreano assim como sua construção do socialismo na Península Coreana e sua implacável e consequente luta contra o imperialismo estadunidense, é negligenciada, quando não criticada, por setores da esquerda que, desta maneira, acabam por fazer coro com a ideologia reacionária que identificava na Coreia do Norte um perigo, pois mantém erguida a bandeira do socialismo e da soberania e autodeterminação dos povos.

 

Dentro deste cenário, acreditamos que a publicação desta obra do camarada Kim Jong Il se torna fundamental para que possibilitar o estudo de forma mais aprofundada acerca do processo revolucionário coreano no tocante à ideologia, questão central tanto na luta antifeudal e anti-imperialista levada a cabo sob a liderança do Líder Kim Il Sung quanto na edificação do socialismo no norte da Coreia.

 

Kim Jong Il publicou sua obra “Sobre a Ideia Juche” em 31 de março de 1982. A obra é composta por cinco capítulos: “Concepção da Ideia Juche”, “Princípio filosófico da Ideia Juche”, “Princípio da Ideia Juche na história social”, “Princípios diretivos da Ideia Juche” e “Significado histórico da Ideia Juche”.

 

O trabalho de Kim Jong Il refere-se a diferentes temas relacionados à causa da humanidade pela independência: análise integral da história da humanidade; análise crítica do patrimônio ideológico da humanidade; análises das tendências principais da nova época; princípios básicos do Juche; características essenciais do homem; ponto de vista e posição do mundo centrado no homem; essência da sociedade; sujeito da história; caráter do movimento histórico-social; posição e papel do Líder no movimento revolucionário; princípio de manter a posição independente; aplicação do método criador e de conceder prioridade ao fator ideológico na revolução e na construção.

UNIÃO RECONSTRUÇÃO COMUNISTA

SOBRE A IDEIA JUCHE
A obra "Sobre a Ideia Juche" do revolucionário coreano Kim Jong Il, publicada originalmente em 1982 trata-se de um texto fundamental para a compreensão do grandioso processo revolucionário desenvolvido na Península Coreana sob a liderança do camarada Kim Il Sung. Nesta obra, Kim Jong Il demonstra como a Ideia Juche se desenvolveu, a partir dos princípios do marxismo-leninismo aplicado à realidade coreana, e como pode elevar-se a um novo patamar, como a ideologia dirigente da Revolução Coreana. A publicação conjunta do selo Edições Nova Cultura e do Centro de Estudos da Ideia Juche - Brasil visa dar mais uma contribuição para a compreensão da valorosa experiência da República Popular Democrática da Coreia, que segue até hoje levantando a bandeira do socialismo e da autodeterminação dos povos na luta anti-imperialista.

BAIXE O PDF DO LIVRO

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube