Boletim Internacional Revolução Brasileira

O QUE É O BOLETIM INTERNACIONAL REVOLUÇÃO BRASILEIRA?

O Brasil é um dos mais importantes países de nossa Terra. Com seus 210 milhões de habitantes, tem a sexta maior população do mundo. De dimensões continentais, seu território ultrapassa 8,5 milhões de quilômetros quadrados, tratando-se do quinto maior país do mundo. Com um povo criativo e trabalhador, riquíssimos recursos naturais, os mais abundantes do mundo, terras férteis, um gigantesco mercado interno, tem todas as condições para a construção de um país próspero, capaz de fornecer condições de vida digna para as massas.

Contudo, não é o que ocorre. Mesmo sob tais condições, o Brasil é um dos países mais profundamente desiguais do globo. Ao mesmo tempo que logrou desenvolver áreas de desenvolvimento industrial mais extenso, mantivera também áreas imersas no atraso. De acordo com dados de 2017, o estado de São Paulo atingira um PIB per capita de US$ 8705, ao passo que no estado no Maranhão, tal cifra atingia apenas US$ 2368.

Em um país de bilionários, dezenas de milhões das massas trabalhadoras vivem abaixo do limite da subsistência, nas favelas urbanas, sem acesso aos aspectos civilizacionais mais básicos.

Tendo herdado um regime de escravidão da população negra, imposto pelo colonialismo português no século XVI e vigente por quase quatrocentos anos, até os tempos atuais os negros e indígenas brasileiros foram relegados à condição de pessoas de segunda classe, numa sociedade baseada na discriminação racial. São a imensa maioria dos mais de 50 milhões de desempregados e semi-desempregados, e das mais de 60 mil pessoas assassinadas anualmente.

No campo, apenas 1% dos proprietários controla metade das terras agricultáveis, ao passo que a grande maioria dos camponeses, assalariados rurais, quilombolas e povos indígenas controla apenas 18% das terras agricultáveis, possuindo pouca ou nenhuma terra para cultivar. Duplamente submetidos à exploração pré-capitalista e capitalista, padecem sob fome e miséria.

A raiz desta situação se encontra na dominação imperialista estrangeira e na colaboração dos reacionários locais, passando do colonialismo português, a partir do século XVI, ao imperialismo estadunidense de hoje. Contra esta situação opressiva, o povo brasileiro desenvolveu extensas lutas, das revoltas de escravos do passado aos atuais levantes operários e camponeses.

Fundado pela União Reconstrução Comunista, o Boletim buscará fornecer um quadro de nossa sociedade e das lutas das massas brasileiras, buscando conformar uma rede de solidariedade internacional à revolução brasileira, compreendendo-a como parte da revolução socialista-proletária mundial.

----------------------------------------------------

Boletim Internacional Revolução Brasileira #02

(PORTUGUÊS)

 

Anteriores #01

----------------------------------------------------

Boletín Internacional Revolución Brasileña #02

(ESPAÑOL)

Anteriores #01

----------------------------------------------------

Brazilian Revolution International Bulletin #02

(ENGLISH)

 

Anteriores #01

 

----------------------------------------------------

Bulletin International Révolution Brésilienne #02

(FRANÇAIS)

 

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube