"A inevitabilidade da vitória do socialismo"

08/05/2020

 

Hoje nós abrimos com a poderosa arremetida frontal o novo caminho de avanço na construção socialista. Para enfrentar com ousadia os desafios e dificuldades que obstaculizam o avanço, e lograr tornar-nos, prósperos, ricos e poderosos com nossas próprias forças, todo o povo deve manter a convicção na vitória do socialismo.

A teoria revolucionária do Kimilsungismo-Kimjongilismo perfeitamente revela a inevitabilidade da vitória do socialismo bem como sua superioridade essencial ao colocar no centro o homem e as massas populares.

O grande Dirigente camarada Kim Jong Il disse como segue:

"É inevitável o triunfo do socialismo, que encarna perfeitamente o fluxo fundamental da história de que a sociedade se desenvolve incessantemente de acordo com a aspiração e demanda independentes das massas populares."

O socialismo é a sociedade mais superior e sua vitória é uma inevitabilidade da história. Durante determinado período, com a queda do socialismo em alguns países, os imperialistas e seus servidores servis falavam ruidosamente do "fim do socialismo". Porém não se pode ocultar a verdade. É científica e verdadeira a vitória do socialismo.

Isso se deve a que, acima de tudo, o socialismo é a direção e aspiração das massas populares que são os agentes principais da história.

A direção do desenvolvimento social e do desenvolvimento histórico é determinada não por qualquer indivíduo, mas pelas massas populares são os principais agentes da história. As massas populares que tem a independência como caráter intrínseco, aspiram à lograr a independência que só pode ser alcançada pelo socialismo que põe fim na exploração do homem e liberta as massas populares de toda classe de repressão e subjugação. Ademais, o socialismo não é concebido por um indivíduo, mas escolhido e dirigido pelas massas populares, e a orientação das massas ao socialismo é inalterável bem como o caráter independente destas.

O socialismo é a aspiração e vontade das massas populares. O socialismo não é um desejo trivial das massas populares, mas uma demanda e doutrina que salvaguarda a volição da história abrindo a longa luta pela independência. Hoje, a aspiração do povo de realizar o socialismo está se fortalecendo à medida que os tempos e a história se desenvolvem, ao mesmo tempo que as ações antissocialistas dos imperialistas se intensificam.

A realidade demonstra que o socialismo é a invariável aspiração e demanda das massas populares e isso determina a inevitabilidade de sua vitória.

Isso ocorre porque é uma demanda inevitável do desenvolvimento social que uma sociedade baseada no individualismo se transforme em uma sociedade baseada no coletivismo.

Em uma sociedade antagônica onde o individualismo prevalece a independência das massas populares não pode ser lograda.

A sociedade baseada na propriedade privada e seu produto, o individualismo, inevitavelmente se desintegra com classes antagônicas, com presença de desigualdades, e a luta de classes é promovida entre as massas populares e a minoria da classe dominante que explora a maioria. Em particular, a sociedade capitalista se transforma na sociedade extremamente hostil e antagônica baseada no individualismo, onde prevalece a ganância da minoria de capitalistas.

Somente na sociedade baseada no coletivismo a independência das massas populares pode ser realizada pacificamente. O coletivismo oferece liberdade, igualdade, cooperação e unidade, defende completamente a independência das massas populares e conduz vigorosamente o desenvolvimento social. um indivíduo pode viver e se desenvolver apenas quando se forma e age como agente social, e pode modificar a natureza e a sociedade e realizar suas necessidades independentes apenas através da cooperação coletivista. O socialismo é uma sociedade baseada no coletivismo, de modo que a independência das massas só pode ser realizada na sociedade socialista.

Para lograr a independência das massas populares é preciso, segundo aponta a história do desenvolvimento social, passar da sociedade individualista para a coletivista, a socialista.

É uma lei do desenvolvimento histórico que o velho se arruína e o novo triunfa.

No curso do desenvolvimento histórico vemos que o velho inibe a realização da independência das massas populares, enquanto o novo contribui à realização desta tarefa. A história da luta das massas populares pela independência é a história da luta para criar o novo e, nesse processo, o novo deve triunfar sobre o velho.

A sociedade exploradora capitalista é o velho e o socialismo é o novo. O socialismo é uma nova sociedade que reflete o desejo secular das massas populares, e o capitalismo é a velha sociedade que suprime as demandas independentes das massas. A luta pelo socialismo é a luta para liquidar permanentemente a velha sociedade exploradora e criar uma nova sociedade que reflita as demandas das massas populares, e uma lei imutável que a velha sociedade exploradora colapsa enquanto a nova sociedade, a socialista, triunfa neste progresso.

A roda da história sempre avança em direção ao progresso. Embora hajam obstáculos que dificultam o caminho, a história não se move no sentido contrário. Embora hoje os imperialistas e seus lacaios façam manobras para bloquear a demanda e desejo independente das massas populares de avançar ao socialismo, este segue superando as dificuldades e obstáculos mais severos da história.

Todos os funcionários, militantes do partido e trabalhadores deverão empreender a luta pela construção da potência socialista de hoje com firme crença na vitória do socialismo.

Artigo do Rodong Sinmun, órgão central do Partido do Trabalho da Coreia

 

Traduzido por A Voz do Povo de 1945

Please reload

Leia também...

"Coincidências" por detrás da explosão no Líbano

11/08/2020

Portugal do século XVI e os aspectos feudais do colonialismo português no Brasil

10/08/2020

Katayama: "Um apelo ao proletariado de todo o mundo!"

10/08/2020

Mao: "Reformemos Nosso Estudo"

07/08/2020

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube