Ho Chi Minh: "Lenin e o Oriente"

23/10/2019

 

A Primeira Internacional estabeleceu deu base ao o movimento Comunista Internacional, mas, por conta da sua curta existência, conseguiu formular apenas as linhas básicas de ação do movimento. Portanto, a questão das colônias não foi completamente estudada pela Primeira Internacional.

Quanto à Segunda Internacional, com representantes como MacDonald, Vandervelde, Henderson, Blum etc., deu apenas alguma atenção a esta questão. Seus líderes não simpatizavam com a luta por autolibertação travada pelos povos coloniais.

Além disso, após assumir o gabinete, MacDonald não era menos ativo do que Baldwin e Chamberlain em oprimir os povos da Índia, Sudão e outras colônias que corajosamente se opunham aos opressores estrangeiros.

Sob as ordens destes cavalheiros, vilas nativas foram bombardeadas e povos coloniais foram oprimidos da maneira mais cruel e implacável que o mundo pode descrever. Todos sabem que os oportunistas criaram uma política para segregar os trabalhadores brancos dos trabalhadores de cor e que os sindicatos, sob a influência destes astutos socialistas, não querem admitir trabalhadores de cor diferente em suas fileiras. A política colonial da Segunda Internacional colocou, mais do que qualquer outra coisa, a verdadeira face, nua, desta organização pequeno burguesa. Portanto, até a Revolução de Outubro, teorias socialistas eram consideradas como teorias particularmente reservadas aos Brancos, uma nova ferramenta de trapaça e exploração. Lenin inaugurou uma nova era, verdadeiramente revolucionária, em várias colônias.

Lenin foi o primeiro homem, que de forma determinada, denunciou todos os preconceitos contra os povos coloniais, instaurado profundamente nas mentes de muitos trabalhadores Europeus e Americanos. As teses de Lenin sobre a questão das nacionalidades, aprovadas pela Internacional Comunista, levaram a uma revolução momentânea todos os países oprimidos ao redor do mundo.

Lenin foi o primeiro a perceber e enfatizar toda a importância que uma solução apropriada para a questão colonial era uma contribuição à revolução mundial. A questão colonial foi levantada em todos os congressos de Comunismo Internacional, ao corpo sindical mundial e à Juventude da internacional Comunista.

Lenin foi o primeiro a perceber e aferir toda a importância de atrair povos coloniais ao movimento revolucionário. Ele foi o primeiro a perceber que sem a participação dos povos coloniais, a revolução socialista não poderia acontecer.

Com sua natural clareza de visão, Lenin se deu conta que, para realizar o trabalho com sucesso nas colônias, era necessário saber como tirar vantagem do movimento de liberação nacional que ganhava terreno nestes países; ele percebeu que com o suporte do proletariado mundial a este movimento teremos novos e fortes aliados na luta pela revolução socialista.

Todos os delegados de países coloniais que participaram de vários congressos de Comunismo Internacional nunca esquecerão a preocupação que Lenin, seu líder e camarada, mostrou por eles. Eles para sempre lembrarão com que perspicácia ele olhou para as condições da maioria das mais complexas tarefas peculiares ao Oriente. Logo, cada um de nós vai para entender profundamente o quão correto os julgamentos de Lenin são e quão valiosos são seus ensinamentos.

Apenas a atitude sábia de Lenin para com as questões coloniais pode despertar os povos coloniais mais atrasados. A estratégia de Lenin nesta questão é aplicada por vários Partidos Comunistas pelo mundo e conquistou os melhores e mais positivos elementos nas colônias tomar parte nos movimentos Comunistas.

A solução de Lenin à extremamente complexa questão de nacionalidades na Rússia Soviética, e sua aplicação prática pelo Partido Comunista, é arma de propaganda mais afiada para as colônias.

Em relação aos povos oprimidos e escravizados, Lenin deu uma reviravolta na história da pobreza de vidas escravizadas e simbolizou um futuro brilhante.

21 de Janeiro de 1926

Escrito por Ho Chi Minh

Publicado originalmente em inglês no Ho Chi Minh on Revolution, Selected Writings (1920-66).

Please reload

Leia também...

Stalin: "A Greve Geral Iminente"

14/11/2019

"O papel das mulheres na defesa de Stalingrado"

13/11/2019

Lenin: "Sobre os Sindicatos, o momento atual e os erros de Trotsky"

13/11/2019

URC: "Sobre o Golpe de Estado imperialista na Bolívia"

12/11/2019

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube