"Condições e procedimentos para admissão de membros do PC da China"

03/07/2019

 

Os Estatutos do Partido estipulam que as organizações primárias do Partido devem constantemente “incorporar novos membros ao Partido”. Defender o princípio de construir o Partido de maneira ativa e cuidadosa, incorporar novos membros, absorver sangue novo – tudo isso é necessário a fim de desenvolver e fortalecer o Partido, aumentar sua capacidade de combate, bem como consolidar a ditadura do proletariado. No entanto, ao aceitar a admissão de um camarada como membro do Partido, devem ser seguidas condições estritas e procedimentos precisos; nem todos que solicitem militância no Partido podem se tornar membros do Partido.

Condições para admissão de membros do Partido
O Artigo 1 do Capítulo II dos Estatutos do Partido especifica que: “Qualquer operário, camponês pobre, camponês da camada inferior, soldado ou qualquer outro elemento revolucionário chinês que tenha atingido a idade de dezoito anos e que aceite os Estatutos do Partido, se una a uma organização do Partido e nela trabalhe ativamente, leve a cabo as decisões do Partido, observe a disciplina do Partido e pague sua cota de membro, pode se tornar membro do Partido Comunista da China”. Esta definição representa a condição fundamental para se tornar membro do Partido.

A estipulação dos Estatutos do Partido, segundo a qual somente os operários, camponeses pobres, camponeses médios da camada inferior, soldados revolucionários ou quaisquer outros elementos revolucionários chineses podem se tornar membros do Partido, está determinada principalmente pelo caráter do nosso Partido e sua tarefa histórica de tornar o comunismo realidade. Encarna o caráter de classe e o caráter avançado do nosso Partido e é uma garantia da pureza de sua organização Ao aderirmos a esta condição, poderemos lograr a vitória na revolução chinesa e na revolução mundial, seguindo a linha revolucionária do Presidente Mao.

Os Estatutos do Partido planteiam que cada um dos seus membros devem “aceitar os Estatutos do Partido”: este é um ponto muito importante. Os Estatutos do Partido são a base para as atividades de todo o Partido. Apenas alguns Estatutos garantem a coesão política e ideológica do Partido e sua unidade no campo da organização e da ação. Os Estatutos do Partido definem o caráter e o pensamento guia do Partido, o objetivo final de sua luta e sua linha básica para todo o período histórico do socialismo. Define os princípios e normas de organização do Partido, as condições e os procedimentos para admissão de membros do Partido, etc. Todo o trabalho do nosso Partido é feito com base em nossos Estatutos e toda ação que não se ajuste aos Estatutos está proibida pela disciplina do Partido. Todos os membros do Partido Comunista e todos os camaradas que solicitam militância devem compreender plenamente esta regra fundamental do Partido, aceitar os Estatutos do Partido, atuar sempre em conformidade com os Estatutos e combater com todas as suas forças pelo comunismo.

Os Estatutos do Partido especificam que os membros do Partido devem “vincular-se a uma organização e nela trabalhar ativamente, levar a cabo as decisões do Partido, observar a disciplina do Partido”. Estes são os princípios marxista-leninistas de construção do Partido. O Partido Comunista da China é a vanguarda do proletariado, e uma das principais razões de sua poderosa capacidade de combate é a solidez de sua organização.

Organizando o Partido segundo estas regras, é possível fazer do Partido um destacamento de combate unificado, altamente centralizado e com organização compacta. A partir do momento em que a admissão do camarada é aprovada pelo Partido, ele deve participar na vida do Partido mediante sua vinculação a uma das suas organizações, levar a cabo as decisões do Partido, observar sua disciplina e trabalhar ativamente pelo Partido, a fim de converter-se em um comunista Se alguém se nega a vincular-se a uma organização do Partido, a trabalhar ativamente pelo Partido, a submeter-se ao controle disciplinar da organização e a implementar as decisões do Partido, então não pode tornar-se um membro do Partido Comunista.

Os Estatutos do Partido planteiam que os membros devem “pagar a cota de membros”. Pagar a cota de membro é uma prova do apreço pelo Partido, contribui para fortalecer o conceito organizativo dos membros do Partido, ao recordar-lhes constantemente que são membros do Partido Comunista, tornando este glorioso título ainda mais precioso e incentivando-os a assumir em todas as partes seu papel de elementos avançados e modelos.

As cinco tarefas que devem ser levadas a cabo por um membro do Partido Comunista, conforme enunciado no Artigo 3 do Capítulo II dos Estatutos do Partido, definem os princípios políticos guia que os comunistas devem seguir. Eles encarnam de forma concentrada o espírito do Partido, caráter e estilo de vida proletários, que todo comunista deve exibir. Todo elemento ativo que solicite militância no Partido deve assumir estes “cinco requisitos”, ser rigoroso consigo mesmo e se esforçar para termperar-se, a fim de se tornar um elemento destacado do proletariado.

No curso da história do nosso Partido, a luta entre as duas linhas tem sido extremamente aguda sobre a questão de que tipo de pessoas devem se tornar membros do Partido. O Presidente Mao disse que os membros do Partido Comunista devem ser elementos avançados do proletariado, já desde outubro de 1938, em seu artigo O papel do Partido Comunista da China na guerra nacional, planteou a política: “Ampliar o Partido corajosamente, mas não deixar ingressar nenhum indesejável”. (199) Depois de todo o país ter sido libertado, declarou novamente: “Deve prestar atenção em incorporar consistentemente trabalhadores conscientes no Partido, ampliar a porcentagem de trabalhadores na organização do Partido”. (200) Durante a Grande Revolução Cultural Proletária, o Presidente Mao mais uma vez deu uma série de instruções sobre a construção do Partido e a retificação. Mas Liu Shao-Chi, o renegado, agente inimigo, traidor da classe trabalhadora, pegando as vestes andrajosas dos antigos revisionistas, implementou uma linha revisionista sobre a construção do Partido, defendendo a incorporação dos camponeses ricos e dos capitalistas ao Partido, com vistas a mudar o caráter proletário do nosso Partido. A história do Partido tem demonstrado que somente persistindo nas estritas normas exigidas aos elementos avançados do proletariado, um partido político proletário pode preservar seu caráter de classe, seu caráter de vanguarda, e assumir a tarefa histórica de lograr o comunismo.

Procedimentos de admissão de membros do Partido
A admissão de novos membros é uma tarefa política e organizativa sumamente séria Aprovar estritamente os procedimentos de solicitação para a militância no Partido é a primeira condição importante para assegurar a qualidade da militância e a pureza da organização. Para um elemento ativo que queira unir-se ao Partido, passar pelos procedimentos de solicitação é uma maneira de ser provado e treinado. Portanto, o cumprimento das formalidades de admissão é de importância significativa para a organização do Partido, bem como para quem solicita unir-se a ele. O Artigo 2 do Capítulo II dos Estatutos do Partido especifica que: “Os que solicitam militância no Partido devem passar pelo procedimento de admissão individualmente. Um solicitante deve ser recomendado pelos membros do Partido, preencher uma solicitação de ingresso para militância no Partido e ser examinado por um ramo do Partido, que deve buscar as opiniões das amplas massas dentro e fora do Partido. A solicitação é submetida à aceitação pela assembleia geral de membros do ramo do Partido e aprovado pelo comitê de Partido do nível superior”.

Em conformidade com os princípios estabelecidos nos Estatutos do Partido, uma pessoa que se una ao Partido deve passar necessariamente pelas seguintes formalidades:

1. Deve escrever, por sua própria iniciativa, sua solicitação para unir-se ao Partido. Por escrito no seu pedido, deve explicar à organização do Partido, os motivos que a levam a unir-se a ele e suas futuras intenções. Ao mesmo tempo, deve plantear claramente à organização do Partido a origem, composição e história política de sua família e suas principais relações sociais. Alguns camaradas, por temor que sua solicitação não seja aceita na primeira petição, causando-lhes deste modo desprestígio, ficam muito ansiosos e não ousam preencher uma. É incorreto pensar assim. O desejo de unir-se ao Partido é uma questão em que devemos ser francos e abertos, e mesmo que não sejamos aceitos, na primeira solicitação, não é um problema de “desprestígio”. Se não somos aceitos, pode ser por todos os tipos de razões. Se a organização assinala que um camarada ainda não cumpre as condições para admissão, ainda é possível obter a admissão através do árduo esforço para temperar-se e posteriormente submeter-se à outra solicitação. Há camaradas que pensam que como a aceitação ou a rejeição de novos membros do Partido é decidida pela organização, alguém virá e os levará pela mão se eles cumprem as condições para admissão e, portanto, é inútil tomar a iniciativa de fazer uma solicitação. Este ponto de vista é obviamente errôneo. A decisão de admitir alguém é tomada pela organização do Partido que examina se a pessoa cumpre ou não as condições de admissão ao Partido; no entanto, juntar-se ao Partido é uma questão de desejo voluntário, pessoal e consciente. Uma pessoa que deseje dedicar sua vida a lutar pela causa do comunismo sem dúvida expressará voluntariamente à organização do Partido sua decisão e sua esperança de unir-se ao Partido. Deste modo, uma decisão voluntária de solicitar ingresso reflete o nível de consciência de um camarada.

2. Deve ser recomendado por dois membros do Partido. Os dois patrocinadores podem ser escolhidos por ele mesmo, ou podem ser designados pela organização do partido. Quando são escolhidos pelo próprio candidato, o melhor é buscar membros do Partido pertencentes à mesma unidade e que o conheçam bem. Todas as pessoas que desejem unir-se ao Partido devem explicar sinceramente aos seus patrocinadores sua situação geral, sintetizar frequentemente sua situação ideológica e sua situação no trabalho, e aceitar sua instrução e ajuda. Um membro do Partido Comunista que recomende um novo membro assume uma importante responsabilidade para a organização do Partido, bem como para a pessoa que está recomendando Por um lado, deve investigar séria e conscientemente o nível de consciência do camarada cuja admissão está recomendando com respeito à luta de duas linhas e à continuação da revolução sob a ditadura do proletariado, sua posição política, situação da família, passado social, ideologia, estilo de trabalho, bem como seus motivos para solicitar militância no Partido. Além disso, deve dar um informe exato sobre suas conclusões à organização do Partido sem ser ambíguo ou esconder qualquer coisa. Por outro lado, deve realizar propaganda e trabalho educativo com a pessoa que está recomendando, a fim de proporcionar-lhe uma compreensão básica do Partido, elevar sua consciência da luta de classes e da luta de duas linhas, ajuda-lo a ter uma correta atitude para unir-se ao Partido, de modo que adira a ele primeiro e acima de tudo na frente ideológica. Após a admissão do camarada que tenha recomendado, ainda deve seguir ensinando-o e ajudando-o tanto quanto possa.

3. Uma pessoa que queira unir-se ao Partido deve preencher uma solicitação de ingresso como militante do Partido. Esta solicitação de ingresso deve ser preenchida em detalhes e com sinceridade. Ao formular a solicitação, deve ser leal e sério com o Partido, explicar exatamente sua origem de classe, sua origem familiar, história política e relações sociais, suas razões para querer unir-se ao Partido, etc. Não deve ocultar nem falsificar nada. Se sua história política e suas relações sociais são bastante complexas, deve explica-las muito claramente, mesmo que já tenha informado anteriormente. Em todos os pontos importantes deve citar testemunhas para permitir que a organização faça maior análise e investigação. Se não sabe escrever, deve pedir a um membro do Partido que faça isso por ele, mas é necessário que assine seu nome ou ponha uma marca pessoal. Alguns camaradas que tenham cometido erros no passado, cuja origem de classe não é boa, ou cujas relações sociais são complexas, são relutantes em preencher sua solicitação de ingresso com exatidão, por medo de que os fatos revelados os impeçam de ser admitidos no Partido; este é um ponto de vista errôneo. Para averiguar se estas questões afetarão ou não sua admissão no Partido, eles devem ter fé no Partido e nas massas que seguramente poderão tirar uma correta conclusão. Um ativista revolucionário ansioso para progredir no campo político deve ter a qualidade política de ser leal e sério para com o Partido e não mentir para ele.

4. A solicitação deve ser aprovada após ser discutida pela assembleia geral de militantes do ramo do Partido e submetida ao comitê de Partido do nível imediatamente superior para aprovação. O comitê do ramo do Partido deve proceder a uma rigorosa investigação e buscar amplamente as opiniões das massas sobre o solicitante. Após haver esclarecido seu passado político, nível de consciência, comportamento no trabalho e motivos para unir-se ao Partido, o comitê de ramo deve dar o seu parecer e submetê-lo à assembleia geral de militantes do ramo do Partido, que discutirá e decidirá se aceita ou não a solicitação. O solicitante deve estar presente nas deliberações da assembleia geral de militantes do ramo do Partido para ouvir as opiniões que o ramo planteie sobre ele, responder as perguntas que os membros do Partido e as massas façam, submeter-se à investigação do Partido e a ser educado por ele. Depois de aprovada a solicitação pela assembleia geral dos membros do ramo do Partido, esta ainda deve ser confirmada pelo comitê de Partido do nível seguinte. Só então se completa o procedimento de admissão.

Manejar corretamente a questão da admissão de membros no Partido
Devido à preparação adquirida durante a Grande Revolução Cultural Proletária e ao movimento de crítica a Lin Piao e retificação do estilo de trabalho, surgiu grande quantidade de elementos ativos nas fileiras dos operários, camponeses pobres, camponeses médios da camada inferior, soldados revolucionários e outros setores revolucionários. Sumamente rígidos consigo mesmos, sendo um exemplo em todas as partes, esforçam-se ativamente por converterem-se, através da prática, em gloriosos membros do Partido Comunista. Comprometeram-se a lutar por toda a vida pela causa do comunismo. Este poderoso desejo de avançar politicamente é expressão da elevação de sua consciência em relação à luta de classes, à luta de duas linhas e à continuação da revolução sob a ditadura do proletariado. Merece ser acolhido calorosamente.

Os elementos ativos que solicitam unir-se ao Partido, devem ter as razões certas para fazê-lo. Nosso Partido exige que cada um de seus membros seja um elemento avançado, o mais ativo e o mais consciente nas fileiras do proletariado Todos os camaradas que solicitem unir-se ao Partido Comunista, devem entender que sua vinculaçao é com um propósito: estar em posição de intensificar sua luta para fazer a revolução na China e no resto do mundo, construir o socialismo e alcançar o comunismo. É apenas estando imbuído por este propósito e deixando de lado todas as ambições pessoais, que podemos disciplinar rigorosamente a nós mesmos, a fim de cumprir os requisitos de militantes do Partido Comunista, e assim cumprir rapidamente as condições de admissão ao Partido.

A grande maioria dos camaradas entre os elementos ativos que solicitam ser membros do Partido têm motivos corretos para unir-se ao Partido, mas alguns camaradas ainda têm certas idéias atrapalhadas que definitivamente precisam superar.

Alguns camaradas pensam que as condições atuais para a admissão ao Partido são altas e que as exigências das massas são muito severas; têm assim a impressão de que a admissão está “além de seu alcance”. Este é um ponto de vista errôneo Deve-se reconhecer que os padrões exigidos para os membros do Partido Comunista são altos, mas trabalhando arduamente é muito possível cumpri-las. Esses altos padrões e exigências severas aos membros são determinados pelo próprio caráter do nosso Partido. Devemos nos temperar durante um considerável período de tempo, a fim de cumprir os requisitos exigidos para os elementos avançados do proletariado. Todos os camaradas que estão ansiosos por unir-se ao Partido devem imbuir-se com o grande ideal de trabalhar pela libertação de toda a humanidade e pela realização do comunismo Com tal ideal, é possível nos temperar em todas as frentes e trabalhar ativamente para o cumprimento das condições exigidas. Isto então torna possível assumir pesadas tarefas, mostrar um alto grau de iniciativa no trabalho e progredir no curso da luta. Além disso, torna possível ver as severas exigências das massas como o melhor incentivo, a melhor ajuda e a melhor prova de afeição. Se persistirmos em pensar “que estão além do nosso alcance”, e nos sentarmos passivamente esperando que as coisas aconteçam, se hesitarmos e vivermos apenas de esperança, se carecermos da necessária firmeza e coragem para tentar ser admitidos no Partido, nunca cumpriremos os requisitos de admissão.

Outros pensam que ao serem admitidos no Partido, tenham “recebido uma promoção”. Essa concepção é errônea. Os camaradas que consideram que a admissão no Partido é uma “mina de ouro” utilizam o glorioso título de comunistas como capital que lhes permite subir na hierarquia e alcançar seus interesses pessoais; esta maneira de pensar é um sinal de que ainda não liquidamos a venenosa ideia de “unir-se ao Partido para converter-se em funcionário”. O Partido Comunista da China é o núcleo do povo chinês em seu conjunto, é um grande, glorioso e correto Partido que goza de enorme prestígio entre as massas populares em todo o país. Naturalmente, ser membro de tal Partido é algo glorioso. Mas o objetivo de unir-se ao Partido é servir à revolução chinesa e à revolução mundial e não procurar algum tipo de autopromoção. Aqueles que solicitam a militância no Partido sobre a base de tais motivos não merecem o glorioso título de comunistas. As organizações do Partido não podem permitir a admissão de tais elementos.

Há também camaradas que estavam submetidos à exploração e opressão dos latifundiários e capitalistas na velha sociedade; que viviam como animais de carga, nunca comeram o necessário, tinham apenas farrapos como vestimenta, mas que, sob a liderança do Presidente Mao e do Partido Comunista, agora levam uma vida feliz. Eles têm profundos sentimentos pelo Partido e pelo Presidente Mao, mas não vão além de meros sentimentos de classe. Assim, quando estes camaradas solicitam militância no Partido, é simplesmente para “agradecer” ao Partido e ao Presidente Mao por suas “bênçãos”. Deve ser dito que estes sentimentos são muito valiosos, estes motivos e este desejo são muito bons; no entanto, apenas sentimentos de classe não podem substituir a consciência que todos os comunistas devem ter à respeito da luta de classes, da luta de duas linhas e da continuação da revolução sob a ditadura do proletariado. Há uma diferença de princípios entre o conceito de unir-se ao Partido para “agradecer-lhe” e a autêntica consciência comunista As pessoas que uniram-se ao Partido por gratidão podem trabalhar ativamente para o Partido sob condições específicas, mas é bem possível que em circunstâncias diferentes, havendo considerado que “agradeceram” o suficiente ao Partido por suas “bênçãos”, tornem-se elementos passivos, apáticos, e deixem de fazer todo o trabalho ativo pelo Partido Portanto, estes camaradas devem seguir elevando sua consciência e reajustar suas razões para unir-se ao Partido.

Ainda há outros camaradas que pensam “Eu tenho tentado por longo tempo tempo e nunca fui aceito, já não tenho  nenhuma esperança de ser admitido no Partido”. É assim que desenvolvem sentimentos negativos e pessimistas, a ponto de queixar-se que a organização tem “preconceitos” e “falta de confiança”. Isso novamente é um falso ponto de vista. A organização adota para cada solicitante de admissão ao Partido uma atitude séria, consciente, de responsabilidade ativa Se alguém solicita militância no Partido e vê que esta é temporariamente negada, isto pode ser devido a muitos fatores diferentes: pode ser que tenha deficiências ou cometa erros; quiçá não cumpra os requisitos para se tornar um membro do Partido, ou talvez precisem ser esclarecidos outros problemas, etc. Devemos ter fé na organização, ter uma correta avaliação de nós mesmos, avaliar corretamente nossas deficiências e erros e nos esforçarmos arduamente para melhorar; se certos detalhes permanecem obscuros, devemos tomar a iniciativa de proporcionar ao Partido as informações necessárias que esclareçam estas questões. Devemos compreender que é normal e necessário que a organização do Partido teste o solicitante por um certo período de tempo a fim de garantir a qualidade da militância do Partido, e devemos fazer frente a este teste. As pessoas que têm sentimentos negativos e pessimistas revelam assim que suas razões para unir-se ao Partido não são completamente corretas sua resolução e confiança ao unir-se ao Partido não são suficientemente fortes; devem seguir trabalhando duro e elevar constantemente sua consciência.

Finalmente, há alguns camaradas que gostariam de tentar unir-se ao Partido mas, preocupados com o fato de serem jovens e carecerem de experiência no trabalho, temem “o que as pessoas digam”. É inútil considerar tais preocupações. Os jovens revolucionários, que foram batizados com fogo na Grande Revolução Cultural Proletária, são cheios de entusiasmo e vigorosa vontade revolucionária; seu desejo de unir-se ao Partido é um sinal do seu progresso político. Ainda quando possam ouvir sobre eles algumas fofocas inúteis, não devem se preocupar. O Partido e o Presidente Mao sempre preocuparam-se profundamente com os jovens e colocaram neles grandes esperanças. Um jovem revolucionário que queira unir-se ao Partido deve mostrar ainda maior entusiasmo e vigilância, modéstia e prudência, deve trabalhar arduamente para melhorar e tornar-se merecedor de sua admissão no Partido por seus feitos práticos. Com o desenvolvimento dos três grandes movimentos revolucionários, estamos convencidos de que os jovens elementos destacados se apresentarão em números ainda maiores para unir-se às fileiras do Partido no futuro.

Realizar conscientemente o trabalho de incorporar novos membros
O Presidente Mao nos ensina: “Um ser humano tem artérias e veias através das quais o coração faz circular o sangue, e respira com os pulmões, exalando dióxido de carbono e inalando oxigênio fresco, isto é, desfazendo-se do rançoso e tomando o novo, porque só assim pode ser cheio de vitalidade. Sem eliminar os detritos e absorver o sangue fresco, o Partido não tem vigor”. (201) Desde a Grande Revolução Cultural Proletária, as organizações do Partido em todos os níveis, seguindo os ensinamentos do Presidente Mao, e em conformidade com o princípio de construir o Partido de forma ativa, com cautela e de acordo com os padrões exigidos aos elementos avançados do proletariado, admitiram um grande número de novos membros, trazendo sangue novo para o Partido e ampliando nossas fileiras, e obtiveram enorme êxito nesse campo. No entanto, o trabalho de incorporar novos membros ainda não cumpriu as necessidades que a revolução e a construção socialista têm no momento atual. Assimilar sangue fresco, admitir novos membros, segue sendo ainda uma questão essencial para a construção do Partido – é uma tarefa contínua e de longo prazo. É um trabalho que cada um dos comunistas devem realizar conscientemente.

As organizações primárias do Partido devem aprofundar continuamente a compreensão da importância deste trabalho de regeneração, e superar a ideia de que “as tarefas centrais são demasiado pesadas para nós para também realizarmos o trabalho de regeneração”. Eles devem manter este trabalho na agenda do Partido, ocupar-se periodicamente de estudar e discutir este tópico e assumir a tarefa como importante trabalho cotidiano.

De acordo com a política de construir o Partido de uma maneira ativa e prudente, confiando nos princípios políticos do Partido e de acordo com os requisitos exigidos para os membros do Partido, devemos admitir no Partido aqueles operários, camponeses pobres, camponeses médios da camada inferior, soldados e outros elementos revolucionários que cumpram os requisitos para militantes do Partido. Também devemos nos preocupar em admitir novos militantes entre as camaradas mulheres e entre os jovens destacados. Devemos assegurar que, quando um camarada estiver pronto, ele seja admitido no Partido. Quanto à questão de admitir no Partido aqueles cujos familiares pertencem às classes exploradoras, devemos atuar segundo o princípio do Partido de que “a origem da classe é uma coisa, mas não é tudo; o importante é o comportamento político”. Devemos analisar seus casos de maneira onímoda e maneja-los corretamente. Ao realizar o trabalho de regeneração, devemos nos abster de sacrificar a atividade por considerar a precaução; mas também devemos ter cuidado para não atuar sem a devida consideração apenas com o propósito de simplificar a tarefa.Devemos ser ao mesmo tempo ativos e cautelosos, sem abandonar nenhum destes dois aspectos.

Devemos fortalecer nosso ensinamento dos conceitos básicos do Partido, criticar os crimes de Liu Shao-Chi e Lin Piao que implementaram, ambos, uma linha revisionista sobre a questão da construção do Partido, e devemos destruir por completo sua perniciosa influência. Devemos ver que, graças a esta instrução, os elementos ativos colocam-se mais conscientes sobre o Partido, que elevam sua consciência a novas alturas, fortalecem sua confiança e desenvolvem motivos corretos para unir-se ao Partido. Ao mesmo tempo, devemos seguir a linha de massas na tarefa de admitir novos membros, buscar as opiniões das amplas massas, tanto dentro como fora do Partido, de modo que os elementos ativos que queiram unir-se ao Partido possam ser peneirados de antemão pelas massas, para que assim seja garantida a qualidade da militância do Partido.

Todo comunista deve considerar a tarefa de atrair novos membros como um dos seus principais deveres, empenhar-se ativamente no trabalho de incorporação de novos membros sob a direção do Partido e mostrar um alto grau de iniciativa em levar isso a cabo. Devemos nos preocupar com a evolução dos elementos ativos, ajuda-los a elevar sua consciência e a repensar seus motivos para unir-se ao Partido. Se eles têm deficiências ou cometem erros, devemos ensina-los de forma positiva e ajuda-los pacientemente. Devemos propagar entre os elementos ativos uma compreensão básica do Partido, explicar-lhes os critérios que definem um comunista, e enfatizar particularmente este trabalho para camaradas de famílias que não são do povo trabalhador ou camaradas que têm certos problemas, mas que desejam ativamente unir-se ao Partido de modo que possam adotar uma correta atitude em relação à organização do Partido, em relação a eles próprios e em relação à questão de unir-se ao Partido. Devemos também, em conformidade com as tarefas designadas pelo Partido, assumir intrepidamente a responsabilidade pelo trabalho de examinar os elementos ativos, a fim de incorporar séria e conscientemente novos membros ao Partido.


1974

Capítulo XIII de "Uma compreensão básica do Partido", documento do Partido Comunista da China

Do serviraopovo.wordpress.com

Please reload

Leia também...

"Chongryon: A luta dos coreanos no Japão"

21/02/2020

Mao: "A questão da independência e autonomia no seio da Frente Única"

21/02/2020

Stalin: "Marx e Engels Sobre a Insurreição"

20/02/2020

Lenin: "O capitalismo e o parlamento"

19/02/2020

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube