"Vida longa ao lema 'A Rebelião Revolucionária é Justificada!'"

01/10/2018

 

Nota do editor do “Hongqi”: O “Wenhui Bao” assumiu uma aparência completamente nova desde 4 de janeiro deste ano e tornou-se um real jornal revolucionário proletário. Ele tem sucessivamente transmitido muitos bons artigos e editoriais. “Vida Longa ao Lema ‘A Rebelião Revolucionária é Justificada!’” que estamos reimprimindo é um deles. Este artigo é realmente muito bom, porque repudiou completamente todo tipo de argumentos absurdos que proíbem a rebelião e assim fortaleceu enormemente o moral dos rebeldes revolucionários proletários e tirou o fôlego das velas da burguesia.

 

Alguns responsáveis, embora não na categoria de elementos anti-Partido e anti-socialistas, não remodelaram efetivamente sua visão burguesa do mundo. Eles não estudam nem se misturam com as massas no curso da grande revolução cultural da proletariado. Portanto, até hoje eles ainda têm uma compreensão muito pobre dessa revolução. Eles cegamente ecoam as acusações absurdas de que "vocês estão indo longe demais", "vocês estão fazendo uma confusão terrível", "seu espírito revolucionário está correto, mas o modo como você está fazendo as coisas está errado", e assim por diante. Gostaríamos de alertar esses camaradas: se vocês seguirem nesse caminho, passarão de uma compreensão muito pobre da grande revolução cultural proletária para realmente se oporem a ela! É de maior importância que esses camaradas leiam o editorial "Viva longa ao lema “A Rebelião Revolucionária é Justificada!", examinem seus pensamento à luz dele e mudem de idéia. Esperamos que esses camaradas acordem imediatamente!

 

Segue a tradução de 6 de janeiro do editorial “Wenhui Bao”. Ele foi reimpresso pelo jornal “Hongqi”, Nº 2, (16 de janeiro) com a nota editorial acima. Os dois foram reimpressos no “Renmin Ribao” em 19 de janeiro. – “R.P.” Ed.

 

No curso da grande revolução cultural proletária sem precedentes, um grande número de rebeldes revolucionários tem emergido da luta. Seguindo o ensinamento do Presidente Mao de que “a rebelião é justificada”, eles erguem a bandeira da rebelião revolucionária e, com a força de um furacão, lançam uma ofensiva geral contra o punhado de pessoas em autoridade no Partido que estão tomando o caminho capitalista e que, portanto, estão teimosamente agarrados à linha reacionária burguesa. O poder desta ofensiva é irresistível, veloz e violento; aqueles que se curvam diante dela sobrevivem e aqueles que resistem perecem. Estes rebeldes revolucionários vermelhos têm realizado inesquecíveis e históricos feitos no grande movimento revolucionário cultural proletário. Eles são a contundente vanguarda da grande revolução cultural.

 

Os rebeldes revolucionários têm a profunda consideração do Presidente Mao e do Comitê Central do Partido. Eles têm a melhor compreensão da atual grande revolução cultural proletária iniciada e liderada pelo próprio Presidente Mao. O Presidente Mao dá seu maior apoio aos rebeldes revolucionários. Eles se posicionam firmemente ao lado da linha revolucionária representada pelo Presidente Mao. A fim de defender o Comitê Central do Partido e do Presidente Mao a todo custo, eles se atrevem a escalar uma montanha de espadas ou enfrentar um mar de fogo. Eles não temem o céu nem a terra, nem fantasmas nem deuses, nem o cerco, ataques e nem perseguição. Nutrindo um ilimitado amor pelo Presidente Mao, eles ousam pensar, discutir, agir, abrir novos caminhos e fazer a revolução; eles são as verdadeiras pessoas que “não estão com medo da morte por mil golpes e ousam destronar o imperador”.

 

Os rebeldes revolucionários sabem muito bem que uma revolução não é um jantar festivo ou como escrever uma dissertação. É uma insurreição, um ato de violência pelo qual uma classe derruba a outra. Em defesa da linha revolucionária do Presidente Mao, eles tiveram ações as quais são descritas como “quebra de todas as regras”. Ora, “quebrar todas as regras” é justamente o que é a revolução! “Quebrar todas as regras” é justamente o que é a rebelião! Estas ações que “quebram todas as regras” estão rastreando ações revolucionárias. Todo camarada revolucionário deve saudá-las como “boas”, em vez de cegamente ecoar outros gemidos como “isso é terrível”.

 

Os rebeldes revolucionários têm a visão mais nítida, o olfato mais apurado e a maior vontade de lutar. Sob seu tempestuoso ataque, aquele punhado de pessoas em autoridade no Partido que estão seguindo o caminho capitalista, e que estavam escondidos em cantos escuros, foram arrastados para fora um por um, não importa o quão bem eles se disfarçassem. Quaisquer que sejam os novos truques que eles usem para enganar as massas, este número extremamente pequeno de partidários que teimosamente buscam a linha reacionária burguesa foi notado, um após o outro, pelos jovens combatentes da Guarda Vermelha que nasceram na rebelião revolucionária. Ardentemente perseguidos e ferozmente atacados pelos rebeldes revolucionários, os partidários estão achando as coisas mais difíceis e mais duras e estão diariamente num grande dilema. Sua queda é certa se eles continuarem a resistir em vez de curvarem suas cabeças, admitirem seus crimes e retornarem à linha revolucionária do Presidente Mao.

 

Os revolucionários rebeldes se atrevem a lutar, a passar por um teste de força e a se rebelar. Este é o resultado de seu estudo criativo e aplicação dos escritos do Presidente Mao. Eles alcançaram os resultados mais impressionantes a esse respeito. Eles estudam os escritos do Presidente Mao, não calados, mas em meio a grandes tempestades e com os problemas mais urgentes decorrentes da luta de classes em mente. É por isso que eles podem aplicar cada sentença que aprenderam e transformar a força espiritual que foi engendrada em uma poderosa força material. Confrontados com inimigos poderosos e dificuldades intermináveis, eles estão cheios de coragem e se atrevem a arriscar suas vidas como resultado de seu estudo das obras do Presidente Mao; nenhuma dificuldade ou reação pode oprimi-los; em vez disso, estes só podem ser subjugados pelos rebeldes revolucionários.

 

Avançando na vanguarda, os revolucionários rebeldes enfrentaram todo tipo de reação. Embora essa reação assuma uma variedade de formas e rótulos, a essência é a mesma, é que a rebelião é proibida. Devemos refutar completamente todos os tipos de argumentos absurdos que proíbem a rebelião. "Você está indo longe demais." Este é o comentário de quem põe medo acima de tudo. Eles se opõem a qualquer ataque à linha reacionária burguesa pelos rebeldes revolucionários. Eles prefeririam fazer a revolução confortavelmente. Mas na realidade é impossível fazer a revolução confortavelmente. Revolução não é tarefa fácil. Fazer a revolução confortavelmente é fazer uma revolução fictícia, mas realmente buscando conforto. Quem quiser fazer a revolução confortavelmente, certamente "evoluirá" confortavelmente para um revisionista. O presidente Mao disse: "Tudo que é reacionário é o mesmo; se você não golpeá-lo, ele não cairá." Isso também é verdade em criticar e repudiar a linha reacionária burguesa. Limites apropriados devem ser excedidos para corrigir um erro, ou o erro não pode ser corrigido. Sem lançar ferozes ataques à linha reacionária burguesa, sem uma forte e decisiva batalha, ela não desaparecerá facilmente das cabeças dos que a seguem. Devemos gritar bem alto que não temos medo de ir longe demais.

 

"Você está fazendo uma desordem horrível disso". Do que você tem medo? Presidente Mao disse: “Mesmo grandes tempestades não devem ser temidas. É em meio a grandes estórias que a sociedade humana progride". Sob as condições atuais e guiadas pelo pensamento de Mao Tse-tung, a democracia extensiva só pode consolidar e nunca enfraquecer a ditadura do proletariado. É uma coisa esplêndida esmagar os tabus e restrições que atam mãos e pés das massas, esmagar as peculiares e ultrapassadas convenções e assim mobilizar as massas. Fazer a revolução não é crime e rebelar-se é justificado.

 

Nunca mais devemos cometer o erro de Lord Sheh, amor dos dragões [1]. Se todos os dias se fala abertamente sobre despertar as massas, mas fica apavorado e assustado quando as massas estão realmente excitadas, isso não é repetir o erro do Lorde Sheh? Essa grande desordem revolucionária é excelente. Ela só pode resultar na eliminação de tudo o que está podre, enquanto na luta o pensamento de Mao Tse-tung se tornará mais enraizado em nós.

 

"Seu espírito revolucionário é bom, mas a maneira como você faz as coisas não pode ser aprovada." Este é outro comentário eclético. O revolucionário espírito rebelde dos rebeldes revolucionários manifesta-se sempre em toda e qualquer ação concreta. Ao apoiar o espírito revolucionário deles, você critica todas as suas ações concretas de cento e uma maneiras. Será que seu "apoio" e "aprovação" não são apenas palavras vazias? Ao afirmar seu espírito revolucionário, você se opõe à sua ação revolucionária. Como você pode reconciliar os dois? É inevitável que os rebeldes cometam erros de um tipo ou de outro na luta. Aqueles que tentam usar certas deficiências isoladas para atacá-los e agarrar uma oportunidade definitivamente encontrará um fim ignominioso. Você deve apoiar ativamente ou opor resolutamente as ações revolucionárias dos rebeldes revolucionários; o ecletismo é um beco sem saída.

 

“A Rebelião é justificada”. Este é sempre o lema do proletariado revolucionário. Se você é um marxista genuíno ou um pseudo-marxista, a critério para determinar isso é como você trata este lema e que atitude você toma para com os rebeldes revolucionários. Se você é um verdadeiro marxista, certamente concordará cem por cento com o lema "a rebelião é justificada", e certamente colocará a revolução antes de qualquer coisa; se você é um pseudo marxista, certamente concordará cem por cento com a visão de que "a rebelião é injustificada", e certamente trará o melhor de si para defender os alvos da revolução. O espírito predominante da era atual é o espírito rebelde revolucionário. Todo revolucionário genuíno deve manter erguida a grande bandeira da rebelião revolucionária nesta grande revolução cultural proletária e orgulhar-se de ser um rebelde revolucionário.

 

Rebeldes revolucionários, camaradas de armas! Olhando para este novo ano, a situação é excelente e as nossas tarefas são árduas. Segure ainda mais alto a grande bandeira vermelha do pensamento de Mao Tsé-tung, estude os "três artigos constantemente lidos" [Servir o Povo, Em Memória de Norman Bethune e O Tolo Ancião que Removeu as Montanhas] como máximas, faça grandes esforços para remodelar nossa visão de mundo, para destruir vigorosamente o conceito de interesse próprio e promover a devoção ao interesse público. Devemos ir às fábricas e áreas rurais para nos integrarmos com as vastas massas de trabalhadores e camponeses. Em todas as circunstâncias, devemos nos unir, continuar a lutar, levar a revolução até o fim, avançar para metas ainda maiores e conquistar uma nova vitória após a outra!

 

Peking Review, Nº 5. China, maio de 1967.

 

Traduzido por J. Lima

 

Nota

[1] Conforme relatado por Liu Hsiang (76-5 aC) em seu Hsin. Hsa, o Senhor Sheh gostava tanto de dragões que ele adornou todo o seu palácio com desenhos e esculturas deles. Mas quando um verdadeiro dragão ouviu falar de sua paixão e lhe fez uma visita, ele ficou assustado.

 

Please reload

Leia também...

Stalin: "A Greve Geral Iminente"

14/11/2019

"O papel das mulheres na defesa de Stalingrado"

13/11/2019

Lenin: "Sobre os Sindicatos, o momento atual e os erros de Trotsky"

13/11/2019

URC: "Sobre o Golpe de Estado imperialista na Bolívia"

12/11/2019

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube