Mao: "Ser atacado pelo Inimigo não é uma coisa ruim, mas sim uma coisa boa"

06/07/2018

 

Por que a Universidade Política e Militar Antijaponesa tem se tornado famosa por todo o país e ainda desfruta de certa reputação estrangeira? Porque, de todos os institutos militares antijaponeses, este é o mais revolucionário, o mais progressista, e o melhor combatente pela libertação nacional e emancipação social. Isto, penso eu, também é o motivo dos visitantes em Yan'an estão tão entusiasmados em vê-la.

 

A universidade é revolucionária e progressista porque seus funcionários, professores e cursos são revolucionários e progressistas. Sem este caráter revolucionário e progressista, nunca poderia ter ganhado o elogios do povo revolucionário em casa e lá fora.

 

Algumas pessoas atacam a universidade; eles são os capitulacionistas e os cabeças-duras do país. Isto só serve para  mostrar que a universidade é a mais revolucionária e progressista, de outra forma eles não a atacariam. Os enérgicos ataques pelos capitulacionistas e cabeças-duras atestam sua natureza revolucionária e progressista e aumentam seu brilho. Ela é um glorioso instituto militar não só porque a maioria das pessoas a apoiam e elogiam, mas também porque os capitulacionistas e cabeças-duras a atacam e caluniam vigorosamente.

 

Eu considero que é ruim, no que nos diz respeito, se uma pessoa, um partido político, um exército ou uma escola não é atacado pelo inimigo, pois nesse caso isso definitivamente significaria que nos afundamos ao nível do inimigo. É bom se nós somos atacados pelo inimigo, uma vez que prova que traçamos uma linha de demarcação entre o inimigo e nós. É ainda melhor se o inimigo nos atacar selvagemente e nos pintar como os maus e sem nenhuma virtude; isto demonstra que não só traçamos uma linha de demarcação bem clara entre o inimigo e nós mas também alcançamos muito em nosso trabalho.

 

Nos últimos três anos, a Universidade  Política e Militar Antijaponesa contribuiu grandiosamente para o país, para a nação e para a sociedade ao treinar dezenas de milhares de jovens estudantes promissores, progressistas e revolucionários. Ela certamente continuará contribuindo para o país, a nação e a sociedade, porque continuará a treinar tais jovens estudantes em larga escala. Ao falar da universidade, as pessoas normalmente a comparam com a Academia Militar de Whampoa antes da expedição do norte. De fato, existem alguns pontos tanto similares quanto diferentes entre os dois institutos. A similaridade é a presença de Comunistas entre os professores e estudantes em ambas.

 

A diferença, é que, enquanto os dirigentes chefes e a maioria dos estudantes na Academia Militar de Whampoa eram membros do Kuomintang, toda a liderança da Universidade Política e Militar Antijaponesa está nas mãos do Partido Comunista e a vasta maioria dos estudantes são comunistas ou simpatizantes.Por essa razão, a Universidade Política e Militar Antijaponesa de hoje é mais revolucionária e progressista do que era da Academia Militar de Whampoa do passado, e certamente contribuirá muito mais para a libertação nacional e emancipação social.

 

A política educacional da universidade é cultivar uma orientação política firme e correta, um estilo de trabalho laborioso e simples, e uma estratégia e táticas flexíveis. Estes são os três elementos essenciais na formação de um soldado revolucionário antijaponês. É de acordo com esses elementos essenciais que a equipe ensina e os alunos estudam.

 

O progresso e o desenvolvimento da Universidade nos últimos anos foram acompanhados por certas escassez de fundos, professores e material didático. Mas dirigido pelo Partido Comunista, a universidade não teme dificuldade alguma e certamente irá superá-las. Não existem coisas como dificuldades para os Comunistas, pois eles podem superá-las.

 

É minha esperança e a esperança do povo do povo de todo o país que o colégio elimine suas deficiências  e se torne ainda mais progressista após seu terceiro aniversário.

 

Professores, membros da equipe e estudantes da universidade, dobremos nossos esforços!

 

Mao Tsé-tung

26 de maio de 1939

Sobre o Terceiro Aniversário da Fundação da Universidade Política e Militar Antijaponêsa do Povo Chinês

 

Please reload

Leia também...

"Se querem a paz, vocês têm que lutar por ela"

10/12/2019

O Socialismo Científico de Marx e Engels e o combate às ideias antiproletárias

09/12/2019

"Conversa entre J.V. Stalin e Mao Tsé-tung"

29/11/2019

"Carta da Komintern ao Comitê Central do PCB em 1933"

28/11/2019

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube