"DHKP-C sobre eleições de junho de 2018 na Turquia"

13/06/2018

 

A SOLUÇÃO NÃO ESTÁ EM UMA URNA, ESTÁ NAS ASSEMBLEIAS POPULARES!

 

O ESTABLISHMENT ESTÁ OPRIMINDO O POVO, AS ASSEMBLEIAS POPULARES RESOLVEM OS PROBLEMAS DO  POVO!

 

De 1920 até hoje, as eleições gerais foram realizadas em 27 oportunidades. Em 95 anos, 62 governos tomaram posse.

Para onde fomos?

 

Nosso país hoje é uma colônia do imperialismo europeu e norte-americano.

 

20% do povo turco (16 milhões) estão no limiar da fome, cerca de 60% (48 milhões) vivem no limiar da pobreza.

 

O número de desempregados é de 8 milhões. A taxa de desemprego entre a juventude é de 25%.

 

A dívida externa chegou a 412 bilhões de dólares.

 

As prisões turcas estão lotadas até a gota. 2365.888 pessoas estão submetidas ao terrorismo da repressão prisional hoje. 540.184 estão em “liberdade vigiada”.

 

Drogas, prostituição, apostas, saíram do controle: nos últimos 13 anos, o abuso de drogas aumentou em 1833%.

 

Apenas nos últimos 15 anos, 20.447 pessoas foram mortas em assassinatos nos locais de trabalho.

 

Como resultado de 27 eleições gerais, é esse o ponto em que as dezenas de partidos da ordem que formaram 62 governos levaram nosso povo e nossa terra. 62 governos são a prova que os partidos da ordem não podem resolver qualquer de nossos problemas.

 

Apesar de váriAS (...), o AKP [1], que está sozinho no governo por 16 anos, não resolveu nenhum problema fundamental de nosso país e hoje nos trouxe para um estado ingovernável. Quanto mais a fome, o desemprego e a pobreza aumentam, mais o AKP recorre à repressão e a forma arbitrária de governar. Usando o FETÖ [2] como desculpa para o estado de exceção, na verdade aboliu os limitados direitos e liberdades que existiam. As prisões estão ficando cheias o máximo possível, centenas de milhares de funcionários públicos estão sendo demitidos; dezenas de associações, revistas, jornais, estações de rádio estão sendo fechadas; juízes sendo apontados para as instituições e municípios. Quanto aqueles que reivindicam seus direitos, eles são atacados diariamente pelos cassetetes da polícia e jatos d'água.

 

Para enfrentar a crescente reação popular e o aprofundamento das contradições dentro das forças da ordem, o fascismo do AKP decidiu chamar eleições antecipadas e jogar o povo à frente das urnas novamente.

 

Eleições são meios de enganar o povo

Está sendo dito que as eleições são meios de participação popular no governo. É mentira.

 

Quem vier, do ponto de vista do povo, não faz diferença nenhuma e não fará qualquer diferença mais tarde. De tal forma, as eleições nesse sistema são conhecidas como nada mais do que a “oportunidade” para o povo escolher quem irá explorá-lo uma vez a cada 4, 5 anos.

 

Não somos fadados a isso! Não estamos condenados aos partidos da ordem. Não somos obrigados a eleger um dos partidos da ordem. TEMOS UMA ALTERNATIVA.

 

O sistema oprime, os Parlamentos Populares fornecem soluções!

 

A história mostra que dentro do parlamento, o fascismo é incapaz de resolver qualquer, mas qualquer, problema do povo. Porque, aqueles que criam problemas não podem resolvê-los!

 

O lugar chamado de Grande Assembleia Nacional da Turquia não é composto de representantes do povo, é composto de representantes da burguesia aprovados pelos partidos da ordem.

 

Todos eles defendem a ordem. Alguns deles formam a oposição, mas é apenas pelo espetáculo.

 

ELES SÃO TODOS IGUAIS

Quando se trata da dependência do imperialismo para seguir em frente com o sistema de exploração e continuar com o fascismo.

 

Isso é o que o AKP fez nos últimos 15 anos.

 

Bem, o que aqueles que se chamam de oposição fizeram nesse período? Perguntem a eles: “O que vocês fizeram por quais problemas do povo?” Quem pode abolir o quadro de empobrecimento, fome e desemprego? NINGUÉM!

 

Porque para isso, o que estabelece como base as necessidades e benefícios do povo exige um governo pro-democracia, pro-independência, e pro-socialista.

 

Existe algo que será capaz de cortar todas as relações de dependência econômica com o imperialismo? Enquanto as riquezas de nossa pátria estão sendo entregues como um presente para as empresas imperialistas e seus intermediários, a pobreza do povo não pode ser eliminada!

 

Eles criaram um país onde o ar que respiramos, remédio que tomamos, as roupas que vestimos, tudo que comemos e bebemos está pronto para encher os bolsos dos imperialistas. Eles arruinam a agricultura, nos fizeram esquecer o cheiro de tomates, pimentas, carne e queijo. As terras mais ricas do mundo foram dadas para empresas de mineração imperialistas, olivais de milhares de anos foram arruinados. Rios e florestas estão sendo saqueados.

 

Por conta do “estado de emergência”, eles proíbem greves de trabalhadores. Não deixam nem para a nossa juventude a possibilidade de sonhar sobre o futuro.

 

Aqueles que não conhecem os valores de seu próprio povo criaram uma juventude drogada e decadente. Principalmente em frente de cada escola, em cada canto dos bairros pobres onde a luta do povo aumentou, drogas estão sendo distribuídas sob proteção policial.

 

A JUSTIÇA NÃO PODE SE MATERIALIZAR NA URNA, ELA SE MATERIALIZA NA LUTA

301 mineiros foram mortos em Soma. Não há justiça… Na queda de elevador em Torunlar İnşaat 11 trabalhadores morreram. Não houve justiça… Cizre, Nusaybin, Sur e dezenas de cidades e aldeias… foram destruídas pelos tanques e canhões. Não houve justiça… Berkin Elvan, Dilek Doğan, İnanç Özkeskin, Sıla Abalay e muitas outras… Eles estão sendo mortos pelas balas da polícia em suas casas e bairros. Hordas de assassinos estão passeando por aí com seus dedos no gatilho… Nenhum foi chamado para depor em um julgamento, não existe justiça… Em um ano 1500 trabalhadores foram mortos em homicídios no trabalho. Nenhum empregador foi preso. Não existe justiça.

 

Vamos nos perguntar e ver: “Existe alguém dentro dos partidos da ordem que pode nos prometer justiça para isso tudo?”

 

NÃO! Ninguém nem mesmo promete justiça. Os partidos da ordem não estão nem mesmo estão mencionando isso.

 

NENHUM PARTIDO DA ORDEM PODE TRAZER MUDANÇA!

OLHEM AQUELES QUE QUEREM UM VOTO DE NOSSO POVO!

 

Recep Tayyıp Erdoğan é responsável por todos os massacres, fome, pobreza, decadência e dificuldades do povo nos últimos 16 anos. Ele é o principal assassino, o chefe da quadrilha!

 

Meral Akşener [3] é uma fascista com as mãos sujas de sangue que defende todos os massacres e a brutalidade levada a cabo contra o povo antes dos anos 80 pelo fascista MHP; que levou adiante o terror fascista, execuções e massacres no período quando ela era Ministra do Interior. Ser contra o AKP não é suficiente para fazer dela uma democrata!

 

Quanto a Temel Karamollaoğlu [4] é suficiente lembrar que ele foi um dos responsáveis pelas 33 pessoas que foram mortas no massacre do hotel Madimak em Sivas, em 1993.

 

Doğu Perinçek [5] passou sua vida desde os anos 70 até hoje como informante contra e inimigo dos revolucionários e forças organizadas do povo.

 

Enquanto diz que “não existe direita ou esquerda”, enquanto diz que irá “culpabilizar” a exploração e opressão, Muharrem İnce [6] que tenta se provar para a burguesia e ser eleito, que não diz uma palavra contra o imperialismo, assim como Ecevit, ele não é nada mais do que um político burguês que irá persistir com o fascismo.

 

Selahattin Demirtaş [7] é um político da ordem que tolera todo tipo de humilhação com fins de firmar “paz” com o fascismo do AKP, e que encara a colaboração com os EUA como legítima. O povo não dará nenhum voto para firmar paz com o fascismo nem para se tornar um soldado dos EUA. Os Curdos reivindicam um reconhecimento pelo seu sangue fluindo nos rios, pelas crianças perdidas, cidades destruídas, pela identidade destruída, pela supressão da linguagem e pelo seu futuro. Isso vai ser exigido do parlamento?

 

Enquanto o povo era morto em Sur, Cizre e Roboski, enquanto os mineiros eram mortos nas minas, enquanto trabalhadores sofriam ataques na Rua Yüksel e no Primeiro de Maio, enquanto dezenas de milhares de trabalhadores estão sendo demitidos, QUAL DELES FEZ O QUE NO PARLAMENTO?

 

PROBLEMAS DO POVO PODEM SER RESOLVIDOS PELO POVO

Operários, funcionários públicos, engenheiros, advogados, camponeses, estudantes… Nosso povo de qualquer nação, qualquer fé, qualquer profissão!

A verdadeira solução para os problemas é possível com o PODER POPULAR estabelecido através e junto da REVOLUÇÃO.

 

O povo irá participar no governo, em PODER POPULAR, através de seus próprios parlamentos.

 

Ao estabelecer Parlamentos Populares como os de hoje, podemos travar lutas pelos nossos problemas e demandas econômicas, democráticas, políticas, sociais e culturais.

 

Podemos nos tornar poderosos organizando trabalhadores de todas as crenças e nacionalidades em seus próprios Parlamentos Populares auto-organizados.

 

Podemos resolver nossos problemas através do debate, tomada de decisões e realizando-nas por conta própria.

 

Podemos produzir soluções organizadas no Parlamento Popular contra a pobreza, vício em drogas, fome e decadência.

 

Podemos travar a luta pela justiça através dos Parlamentos Populares. A fim de resolver os problemas econômicos, podemos organizar solidariedade e repartição através dos Parlamentos Populares.

 

 

CONTRA O IMPERIALISMO - INDEPENDÊNCIA!

CONTRA O FASCISMO - DEMOCRACIA!

CONTRA O CAPITALISMO - SOCIALISMO!

O PARLAMENTO DA OLIGARQUIA NÃO PODE RESOLVER NENHUM PROBLEMA.

NÃO ELEJAMOS NENHUM DOS PARTIDOS DA ORDEM.

NOS ORGANIZEMOS NOS PARLAMENTOS POPULARES A FIM DE RESOLVER NOSSOS PROBLEMAS!

VAMOS CONSTRUIR NOSSA LUTA PARA CONQUISTAR NOSSA LIBERTAÇÃO!

 

Frente Popular (DHKP-C) - Turquia

 

Junho de 2018

 

Notas

[1] O partido fascista no governo na Turquia com o Presidente R. Erdogan a frente.

 

[2] O grupo de Fethulah Gülen, suspeito de responsável pela tentativa de golpe de 15 de Julho de 2016.

 

[3] Líder do fascista “Bom Partido” (Iyi Parti), através do qual a oligarquia turca vem tentando criar uma alternativa a Erdogan.

 

[4] Líder do islamita Partido Felicidade (Saadet Partisi). É uma continuação da tradição do islamismo político na Turquia. Ao longo dos anos, se envolveu em vários governos responsáveis pela repressão de revolucionários e do povo.

 

[5] Agente provocador, através de seu movimento “Iluminação”, ele organizou váriios ataques e provocações contra as organizações revolucionárias ao longo dos anos. Após a tentativa de golpe militar em Julho de 2016, seu partido, o Partido Patriótico (Vatan Partisi) começou a apoiar Erdogan.

 

[6] Um candidato a presidente do principal partido de oposição na Turquia - Partido Republicano do Povo (Cumhuriyet Halk Partisi). Disfarçado de social-democrata, na verdade ele está lutando para continuar o status quo oligárquico no país.

[7] Candidato a presidente pelo Partido Democrático do Povo (em turco, Halklarin Demokratik Partisi - HDP), e antigo co-presidente do HDP. Desde novembro de 2016, ele estava preso, junto de prefeitos e deputados do partido. HDP é uma coalizão de partidos e movimentos de esquerda assim como o SYRIZA na Grécia e o PODEMOS na Espanha.

 

Please reload

Leia também...

"Como Mao Tsé-tung estudava e investigava"

21/11/2019

"Para você, amado camarada"

19/11/2019

"Necessidade contínua da Revolução Cultural"

18/11/2019

Mao: "À Memória de Norman Bethune"

15/11/2019

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube