Mao: "Criticar o chauvinismo Han"

25/05/2018

 

 

Em alguns lugares, as relações entre nacionalidades estão longe do saudável. Para os comunistas, isso é uma situação intolerável. Devemos ir até a raiz do problema e criticar as ideias chauvinistas Han que existem de forma forte entre vários membros e quadros, a saber: as ideias reacionárias da classe latifundiária e da burguesia, ou das ideias características do Kuomintang, que se manifestam nas relações entre nacionalidades. Erros a esse respeito devem ser corrigidos de imediato. Delegações levadas a cabo por camaradas que são familiarizados com nossa política de nacionalidades e simpáticos aos nossos compatriotas pertencentes a minorias nacionais que ainda sofrem discriminação devem ser enviados a visitar as áreas onde residem minorias nacionais, traçar grandes esforços no processo de investigação e estudo e ajudar o Partido e organizações do governo nas localidades a descobrir e solucionar os problemas. As visitas não devem se tornar um “observar de flores sob seu cavalo”.

 

A julgar pela gama de informações que temos, o Comitê Central coloca que onde quer que hajam minorias nacionais, a regra geral é que existem problemas que demandam solução, e em alguns casos, problemas bastante sérios. Na aparência, tudo é tranquilo, mas na realidade existem vários problemas graves. O que veio à tona em vários locais, nos últimos dois ou três anos demonstra que o chauvinismo Han existe em quase todo lugar. Será muito perigoso se não conseguimos dar a oportuna educação e de forma resoluta, superar o chauvinismo Han no Partido e entre o povo. O problema nas relações entre nacionalidades que se revelam no Partido e entre o povo em muitos lugares tem a ver com a existência do chauvinismo Han a um nível grave, e não apenas de resquícios dele. Em outras palavras, as ideias burguesas dominam as mentes destes camaradas e as pessoas que não tiveram uma educação marxista e não compreenderam a política de nacionalidades do Comitê Central. Portanto, a educação deve ser levada a cabo assiduamente para que este problema seja resolvido passo a passo. Indo além, os jornais devem publicar mais artigos a respeito de fatos específicos a fim de criticar abertamente o chauvinismo Han e educar os membros do Partido e o povo.

 

por Mao Tsé-Tung, em 16 de março de 1953

 

Tradução: Gabriel Duccini

 

Please reload

Leia também...

"A trabalhadora na Rússia Soviética"

11/12/2019

"Se querem a paz, vocês têm que lutar por ela"

10/12/2019

O Socialismo Científico de Marx e Engels e o combate às ideias antiproletárias

09/12/2019

"Conversa entre J.V. Stalin e Mao Tsé-tung"

29/11/2019

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube