"EUA são culpados pela escalada de tensão na Península Coreana"

25/05/2018

 

Um pesquisador do Instituto de Desarmamento e Paz do Ministério das Relações Exteriores da RPDC publicou um artigo intitulado "Quem é o culpado pela escalada das tensões na Península Coreana?" na sexta-feira.

O artigo denuncia os EUA por terem encenado os loucos ensaios de combate aéreo do Max Thunder em 2018 contra a RPDC de 11 a 25 de maio e, assim, romperam as negociações de alto nível entre o norte e o sul.

Marcando os exercícios militares conjuntos EUA-Coreia do Sul como um desafio aberto à declaração da Panmunjom, o Norte e o Sul da Coreia concordaram e tornaram públicas para o mundo, o artigo segue:

Claro é o objetivo final procurado pelos EUA em manter continuamente exercícios militares conjuntos contra a atmosfera de paz criada na Península Coreana.

Isso é para estimular ainda mais a formação da aliança militar EUA-Japão-Coreia do Sul e manter uma vantagem militar na Ásia-Pacífico.

Isto é claramente evidenciado pelo envolvimento de bombardeiros estratégicos B-52 no Max Thunder de 2018 e o plano original para mantê-lo como a força aérea combinada EUA-Japão-Coreia do Sul envolvendo combatentes do Japão e da Coreia do Sul.

No ano passado, houve um total de quatro exercícios de alerta de míssil EUA-Japão-Coreia do Sul sob a manipulação dos EUA, uma indicação de que os estadunidenses há muito tempo tentaram seduzir o Japão  com a Coreia do Sul.

Todos os fatos provam claramente que os exercícios militares conjuntos que os EUA realizam na Península Coreana são a causa principal da escalada de tensão na região e que têm algo a ver com a estratégia de dominação dos EUA na Ásia.

A comunidade internacional é obrigada a ver com os olhos embasbacados que os EUA e as forças armadas sul-coreanas aumentaram a tensão através de provocações militares como os exercícios militares conjuntos sempre que importantes acordos foram feitos entre o Norte e o Sul, e constatar quem realmente busca o caminho para a paz e a reconciliação na Península Coreana.

Enquanto os EUA e a Coreia do Sul continuarem a realizar exercícios militares conjuntos, o céu sobre a Península Coreana não será claro nem mesmo um único dia, e será difícil garantir a tendência atual em direção à paz e à estabilidade na região.

 

Da KCNA (Korean Central News Agency)

 

Please reload

Leia também...

Engels: "Barbárie e Civilização"

18/02/2020

Marx: "Mensagem à União Operária Nacional dos Estados Unidos"

17/02/2020

Pela natureza e por sua cultura, os Guarani seguem resistindo no Jaraguá

14/02/2020

Dimitrov: "A Frente Operária Única"

12/02/2020

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube