2 anos do selo Edições Nova Cultura

28/07/2017

Por iniciativa dos militantes da União Reconstrução Comunista, em uma parceria com a editora Raízes da América, foi criado em 2015 o selo Edições Nova Cultura, para dar continuidade a um trabalho iniciado com a revista Nova Cultura e posteriormente com o site NOVACULTURA.info. Vimos a oportunidade de inserir também no mercado editorial a publicação da literatura marxista-leninista que havia perdido bastante espaço nas últimas décadas.

 

E neste dois anos, acreditamos ter cumprido a tarefa que nos propusemos. Em um momento de crise geral do capitalismo e a ofensiva do imperialismo sobre os povos, somado as graves debilidades do movimento comunista brasileiro, se faz necessário o reforço do estudo sistemático do marxismo-leninismo e das experiência revolucionária construída pelos povos de todo o mundo, que a propaganda ideológica burguesa e o revisionismo insistem em tentar enterrar para que não se retire os ensinamentos destes heroicos processos. E o selo Edições Nova Cultura se esforça para dar sua pequena contribuição para que avancemos nesse sentido e desenvolvamos a Revolução Brasileira.

 

Assim, nesse período já publicamos 27 volumes, dos quais se destacam alguns projetos.

 

Um deles foi a reedição das obras completas do camarada J. I. Stalin, que fora iniciada no Brasil pela editora Vitória na década de 50, mas que foi interrompido devido a influência nefasta do XX Congresso do PCUS. Já publicamos os dois primeiros volumes, e o terceiro, com os trabalhos escritos primordialmente em 1917, será publicado no começo de agosto.

 

Destacamos também a publicação de obras sobre a Revolução Coreana e o socialismo desenvolvido inspirado na ideia Juche, além da edição em dois volumes dos Escritos do grande revolucionário vietnamita Ho Chi Minh, além de uma obra sobre a questão militar do general Nguyen Vo Giap.

 

Publicamos também dois volumes do comunista belga Ludo Martens, um dos principais nomes na luta ideológica contra o revisionismo que se ergueu na URSS a partir do XX Congresso e que culminou na implosão do bloco socialista.

 

Também editamos alguns títulos sobre processos pouco conhecidos em nosso país: o clássico “Filipinas: Sociedade e Revolução” de Jose Maria Sison, líder histórico do Partido Comunista filipino, além do Sobre a Guerra Popular na Índia, com os documentos históricos de Charu Mazumdar que influenciaram decididamente o processo revolucionário indiano.

 

Assim como organizamos um importante compêndio de documentos, artigos e discursos do Partido dos Panteras Negras, uma das experiências mais avançadas da luta dos negros estadunidenses que uniu a luta pela libertação negra nos EUA com o marxismo-leninismo; entre muitos outros títulos.

Para este segundo semestre, ampliaremos a publicação de títulos por ocasião do centenário da Grande Revolução de Outubro, além de diversos outros livros sobre feminismo, pan-africanismo, ideia Juche, economia e história de algumas revoluções pouco conhecidas.


Afirmamos mais uma vez, que buscaremos ampliar a divulgação da literatura revolucionária produzida ao longo da árdua e heroica luta dos povos, de difundir o socialismo científico entre todos os setores democráticos, progressistas e populares de nosso país. Trabalharemos para tal, para que possamos munir todos os revolucionários brasileiros do que de melhor produziu o movimento comunista e anti-imperialista, desde Marx até os tempos atuais.

 

 

VEJA NOSSO CATÁLOGO COMPLETO: goo.gl/hf3ath

 

Please reload

Leia também...

O Socialismo Científico de Marx e Engels e o combate às ideias antiproletárias

09/12/2019

"Conversa entre J.V. Stalin e Mao Tsé-tung"

29/11/2019

"Carta da Komintern ao Comitê Central do PCB em 1933"

28/11/2019

Gramsci: "Legalidade"

27/11/2019

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube