"NEP felicita unidades por ofensivas sucessivas nas Filipinas"

25/07/2017

O Novo Exército Popular (NEP) felicita suas unidades em todo o país pela realização de sucessivas ofensas táticas em todo o arquipélago filipino. Ao longo dos últimos dias, as unidades NEP realizaram pelo menos dez ofensivas tácticas sucessivas e bem-sucedidas, e contra-ofensivas: em Ilocos Sur e Cagayan Valley, no norte de Luzon, nas províncias de Quezon, Laguna, Palawan e Camarines Sur, no sul de Luzon; Em Samar e Negros Ocidental nas regiões de Visayas; Em Zamboanga del Norte, Vale de Compostela, Davao del Norte, Davao City, Bukidnon e outras províncias em toda a ilha de Mindanao.

 

Essas ofensivas táticas são a resposta do NEP ao chamado do Partido Comunista das Filipinas (PCF) para combater a guerra total e a lei marcial em Mindanao do regime EUA-Duterte. Esta é a resposta do movimento revolucionário à completa rendição e servilismo do regime de Duterte aos imperialistas dos EUA, suas guerras de morte e destruição e seus ataques contra as aspirações democráticas nacionais das massas.

 

O regime de Duterte está sobrecarregando suas forças devido à sua obsessão por guerras simultâneas. Ele provocou uma profunda indignação entre as pessoas em relação aos assassinatos generalizados e aos ataques contra os direitos e os meios de subsistência do povo.

 

O NEP está sempre determinado a avançar a guerra popular para resistir ao domínio antipovo e fascista do regime EUA-Duterte e assim aumentar sua força e capacidade. Desde fevereiro, o NEP apreendeu quase 300 armas de fogo do inimigo. Deve apreender várias centenas mais nos próximos meses, a fim de armar o número crescente de novos combatentes do NEP.

 

Nas últimas cinco décadas de guerra de guerrilhas, o NEP e as massas populares alcançaram grandes vitórias na defesa e no avanço dos interesses dos oprimidos e explorados. Com as lições aprendidas, o NEP pode definitivamente avançar mais rapidamente nos próximos anos. Sob o regime EUA-Duterte, o Novo Exército Popular pode superar a sua força máxima e avançar a revolução para a vitória.

 

24 de julho de 2017

 

Ka Oris, porta-voz do Novo Exército Popular

 

Traduzido por I.G.D.

Please reload

Leia também...

"A trabalhadora na Rússia Soviética"

11/12/2019

"Se querem a paz, vocês têm que lutar por ela"

10/12/2019

O Socialismo Científico de Marx e Engels e o combate às ideias antiproletárias

09/12/2019

"Conversa entre J.V. Stalin e Mao Tsé-tung"

29/11/2019

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube