Afeganistão: A invasão dos EUA e da OTAN fez disparar a produção de ópio

15/04/2017

A produção de ópio no Afeganistão volto a crescer durante o ano de 2016, ao alcançar 4.800 toneladas, o que supõe pelo menos 43% do que fora registrado no ano anterior.

 

Os dados foram publicados em um informe difundido pela Oficina das Nações Unidas para o Controle da Droga e a Prevenção do Crime (UNODC).

A fonte salientou que também as áreas dedicadas ao cultivo da flor de papoula aumentaram em 201.000 hectares, um aumento de 10%, considerando as 183.000 precedentes.

 

O estudo confirmou também que 84% da produção de ópio provém das províncias ocidentais e do sul do país, e que a liderança provincial está com Helmand, onde encontram-se 40% das terras dedicadas a este cultivo.

 

Em um comunicado firmado pelo diretor executivo da UNODC, Yury Fedotov, destaca-se que o informe mostra um fracasso preocupante dos esforços no combate ao problema persistente das drogas ilícitas e seu impacto no desenvolvimento, saúde e segurança.

 

Os dados falam por si mesmos: desde que o país asiático foi invadido em 2001 pelos Estados Unidos e pelas forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), a situação de segurança e do cultivo e tráfico de drogas têm se agravado notavelmente.

 

Atualmente o país é o número um no mundo em produção de ópio e é o principal exportador desta droga para a Europa.

 

A produção de drogas no Afeganistão vem experimentando um aumento de 40 vezes desde a invasão do país por parte dos Estados Unidos.

 

Enquanto que Afeganistão produz 185 toneladas de ópio sob o regime talibã, segundo as estatísticas das Nações Unidas, desde a invasão estadunidense, a produção de drogas tem aumentado até o ponto de alcançar a cifra de 4.800 toneladas anuais.

 

Analistas internacionais culpam Washington e a OTAN por tal situação, afirmando que as tropas invasores tem feito aumentar ainda mais o problema das drogas desde a invasão do país.

 

 

 Nas imagens, tropas estadunidenses fazendo custódia das plantações de papoula no Afeganistão.

 

 

 

Do blog Odio de Clase

 

Traduzido por Igor Dias

 

Please reload

Leia também...

Mao: "À Memória de Norman Bethune"

15/11/2019

Stalin: "A Greve Geral Iminente"

14/11/2019

"O papel das mulheres na defesa de Stalingrado"

13/11/2019

Lenin: "Sobre os Sindicatos, o momento atual e os erros de Trotsky"

13/11/2019

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube