"Hipocrisia imperialista em relação às armas nucleares"

19/09/2016

A República Popular Democrática da Coreia (RPDC) com sucesso realizou seu quinto teste nuclear no 9 de setembro de 2016. Como esperado, os Estados Unidos, seus aliados na Europa, seu fantoche na Coreia do Sul e o Japão condenaram o teste e chamaram por sanções mais severas na ONU. Aproveitando a oportunidade, a grande mídia corporativa ocidental atacou em coro sobre o comportamento de aumento de tensão e desestabilizador.

 

É o cúmulo da hipocrisia dos Estados Unidos e seus aliados, condenar a RPDC por desenvolver armas nucleares como um meio de intimidação à luz das ameaças e provocações dos Estados Unidos e a mudança do último de intimidação nuclear através da Destruição Mútua Assegurada (MAD) para a opção de primeiro ataque nuclear preventivo (Teorias do Uso Nuclear - NUTS). Os Estados Unidos não apenas buscam manter o monopólio nuclear mas reivindicam o direito de uma dita opção de primeiro ataque nuclear preventivo.

 

Todos os povos amantes da paz do mundo devem se opor de forma contundente a isso porque a ameaça à paz mundial desde a metade do século passado vem principalmente do Imperialismo norte-americano. Suas guerras de agressão contra a Coreia, Indochina, o Oriente Médio, África e os Balcãs são prova clara disso. É o único país que usou bombas nucleares contra outro país matando a centenas de milhares de civis e causando defeitos de nascença a bebês e doenças com risco de morte mesmo décadas depois. Deve se lembrar que George W. Bush foi quem fez a retirada dos EUA do Tratado antimísseis balísticos e do Tratado de Inspeções Nucleares, assim de forma eficaz quebrando com todos os tratados de não-proliferação nuclear. E mesmo assim, os EUA tem a ousadia de exigir dos outros que eles não podem ter suas próprias armas nucleares.

 

A retirada dos EUA dos tratados de não-proliferação nuclear desencadeou uma nova corrida armamentista envolvendo os EUA, a Rússia e a China. Também estimulou outros países como a Coreia do Norte, Irã, Índia, Paquistão e Israel a desenvolver seus próprios programas de armas nucleares. Mas os EUA apenas condenaram a Coreia do Norte e Irã, países que tem demonizado como parte do dito eixo do mal sem dizer nada sobre a Índia, Paquistão e Israel. Acusou de forma mentirosa o Iraque de possuir um programa de desenvolvimento nuclear com fins de justificar uma guerra de agressão.

 

O último teste nuclear da RPDC surge logo após as recentes provocações dos EUA e da Coreia do Sul tais como a realização de exercícios militares em agosto e o acordo entre os EUA e a Coreia do Sul para implantar o sistema de mísseis THAAD. A implantação deste sistema de mísseis é um assinado de agressão porque os EUA possuem submarinos nucleares, granadeiros de longa distância e mísseis balísticos intercontinentais em território estadunidense que podem ser facilmente usados contra a RPDC.

 

Esta decisão de implantar o sistema de mísseis THAAD, foi recebido com protestos generalizados na própria Coreia do Sul. A China também expressou sua forte oposição a tal implantação considerando-a como uma ameaça à sua segurança nacional.

 

A RPDC tornou publicamente sabido que seu sistema de defesa é desenhado como intimidador principalmente contra agressão por parte dos Estados Unidos. Não existe interesse nenhum em destruir a parte sul do país. A RPDC sempre chamou pela reunificação pacífica do país de acordo com as aspirações profundas do povo coreano de ambos lados da península dividida pelo Imperialismo norte-americano.

 

A ILPS defende a abolição de todas as armas nucleares e de todas as armas de destruição em massa. Mas enquanto as grandes potências continuarem a deter estas armas de destruição em massa e usá-las para provocar as nações menores e mais fracas, a ILPS respeita o direito soberano destas nações às armas nucleares como meio de autodefesa.

 

declaração da ILPS (Liga Internacional de Luta dos Povos) sobre o último teste nuclear da RPDC

emitida pelo Gabinete do Presidente, em 16 de setembro de 2016

Please reload

Leia também...

"A discriminação racial é uma doença crônica do capitalismo"

23/01/2020

"O 29º Aniversário da Morte de V. I. Lenin"

21/01/2020

As críticas de José Duarte à Direção Nacional do PCdoB em 1988

20/01/2020

Fidel: "Roubo de cérebros"

17/01/2020

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube