China comemora 70º aniversário da vitória na guerra antifascista mundial

03/09/2015

“A vitória na guerra de resistência do povo chinês contra a agressão japonesa constitui a primeira vitória completa que conquistou a China em sua luta contra as agressões estrangeiras na época moderna”, expressou o presidente da República Popular da China, Xi Jinping, na quinta-feira, 3 de setembro, ao presidir o desfile militar com motivo do 70º aniversário dessa gesta.

 

Segundo a agência Xinhua, Xi manifestou o sincero agradecimento aos governos e amigos estrangeiros que deram seu apoio e ajuda ao povo chinês em sua resistência contra a agressão e deu as mais cálidas boas-vindas a todos os convidados e representantes das forças armadas dos diferentes países presentes no ato, que comemorou também o triunfo do povo chinês na guerra antifascista mundial.

 

Durante a guerra de resistência contra a agressão japonesa, China teve 35 milhões de baixas militares e civis, entre mortos e feridos, representando um terço das baixas totais dos países envolvidos na Segunda Guerra Mundial.

 

O presidente chinês referiu-se à alta consideração a todos os veteranos, companheiros, personalidades patrióticas e militares do país participantes na guerra de resistência, bem como a todos os chineses dentro e fora do país, os quais fizeram importantes contribuições à vitória.

 

No desfile, primeiro de seu tipo na China para comemorar esta efeméride, tornou-se evidente o respeito à história e o amor à paz da grande nação asiática, que se mostrou no festejo como um país independente, auto-suficiente e seguro.

 

A agência Xinhua destaca que um total de 27 blocos de diferentes armamentos passaram pela praça Tia­nan­men, no centro de Pequim, culminando o desfile militar em massa, no qual estiveram envolvidos 12 mil soldados e 500 peças.

 

do Granma

Please reload

Leia também...

Stalin: "Marx e Engels Sobre a Insurreição"

20/02/2020

Lenin: "O capitalismo e o parlamento"

19/02/2020

Engels: "Barbárie e Civilização"

18/02/2020

Marx: "Mensagem à União Operária Nacional dos Estados Unidos"

17/02/2020

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube