ILPS: "Comemoremos o 70º aniversário da (...) vitória sobre o fascismo"

22/05/2015

Nós, a Liga Internacional de Luta dos Povos, estamos inspirados e revigorados como uma aliança e um movimento democrático e antiimperialista global por meio da comemoração do 70 aniversário da vitória sobre o fascismo e da conclusão da Segunda Guerra Mundial em 1945.

Saudamos e honramos todos os povos que sofreram com os desmandos do fascismo e se levantaram para conquistar a grande e gloriosa vitória contra o fascismo. Dezenas de milhões de pessoas perderam suas vidas no curso da agressão, ocupação, repressão e resistência. A vitória decisiva de Stalingrado e a contraofensiva soviética aprofundaram a derrota do fascismo alemão na Europa e ajudaram na derrota do fascismo japonês na Ásia.

Estamos dispostos a repetir os feitos dos mártires e heróis, e a permanecermos vigilantes e prontos para combater as forças do imperialismo e do fascismo que ressurge. A restauração do capitalismo nos principais países socialistas permitiu com que os Estados Unidos, a OTAN e outras forças imperialistas impusessem a política neoliberal e neocolonial sem quaisquer escrúpulos e estimulou o terrorismo de Estado e as guerras de agressão.

A inexistência de países socialistas poderosos como eram a União Soviética e a China nos períodos de Stálin e Mao, a crescente piora da crise do capitalismo global, o prologamento da depressão global e o aumento da produção para a guerra e o militarismo estão fazendo aumentar a escalada da luta imperialista por uma redivisão do mundo.

A vitória sobre o fascismo e o militarismo mundiais, em 1945, levaram ao aparecimento de muitos países socialistas e movimentos de libertação nacional a uma escala até então desconhecida. Mas as forças do revisionismo moderno corroeram os principais países socialistas e os converteram em países capitalistas. As forças imperialistas estão agora impondo o neocolonialismo e o neoliberalismo sobre os povos do mundo, como sem fim.

Mas os povos do povo que sofrem com a exploração e opressão extremas impostas pelos imperialistas e reacionários, estão se levantando em todos os continentes do mundo e dando origem a forças revolucionárias e progressistas de libertação nacional e social.

Todas as principais contradições do mundo de hoje estão se intensificando e levando à debilitação do imperialismo e da reação e fortalecendo a resistência popular. O proletariado certamente vencerá sobre a burguesia e os povos e nações oprimidas vencerão sobre os imperialistas e reacionários. A luta entre as potências imperialistas criarã oportunidades para o ascenso do povo e de suas forças revolucionárias.

Nós, a Liga Internacional de Luta dos Povos, chamamos todas as forças democráticas e antiimperialistas para nossas fileiras e estão dispostos a cooperar com todas as forças positivas que se opõem ao imperialismo, ao fascismo e ao militarismo. Somos convictos que a profundidade da prolongada crise do sistema capitalista e o recrudescimento do terrorismo de Estado levarão, em última instância, à ressurgência e a novas vitórias da causa revolucionária da libertação nacional e do socialismo.

 

por Prof. Jose Maria Sison, presidente da ILPS

Please reload

Leia também...

"Entrevista de Stalin a Roy Howard"

12/12/2019

"A trabalhadora na Rússia Soviética"

11/12/2019

"Se querem a paz, vocês têm que lutar por ela"

10/12/2019

O Socialismo Científico de Marx e Engels e o combate às ideias antiproletárias

09/12/2019

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube