Trabalhadores reocupam terreno em Aracati no CE

11/05/2015

Cerca de 300 famílias de trabalhadores sem teto, organizados pela frente urbana do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, reocuparam um terreno abadonado na cidade de Aracati, de onde haviam sido despejados dias antes. A primeira ação de ocupação do terreno foi organizada num domingo, dia 3 de maio, quando as famílias começaram a limpar o terreno e erguerem seus barracos. Apesar do prosseguimento das negociações com o poder público, isso não impediu o violento despejo das famílias, realizado no dia seguinte.

Às 2 da manhã do dia 4 de maio, as famílias acordaram com o barulho de tiros disparados por 60 pistoleiros armados, mobilizados pelo proprietário do terreno para desalojar as famílias. Ao entrarem no terreno, fizeram um verdadeiro terror contra os sem teto, ateando fogo contra os barracos e roubando pertences das famílias.

Apesar das intimidações por parte do proprietário fundiário, as famílias não se amedrontaram e, no dia 8 de maio, na última sexta-feira, reocuparam o terreno. Em negociações com a prefeitura, esta entrou num acordo com os sem teto de cadastrar as famílias em programas de moradia e em doar lonas, água e cestas básicas.

 

por Alexandre Rosendo

Please reload

Leia também...

Primeiro discurso de Fidel Castro após a tomada do poder em Cuba

13/08/2020

Desenvolvimentos recentes da luta de classes no campo brasileiro

12/08/2020

Kalinin: "O ensino dos fundamentos do marxismo-leninismo nas Escolas Superiores"

11/08/2020

"Coincidências" por detrás da explosão no Líbano

11/08/2020

1/3
Please reload

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube