top of page
  • Foto do escritorNOVACULTURA.info

"Sobre a questão do Líder"



Que tipo de homem, então, é o líder? Foi Engels quem primeiro avançou a ideia do líder. Em sua obra Marx e a Gazeta Renana (1884), ele voltou sua atenção para a questão de um líder da classe trabalhadora, qualificando Marx como um “líder distinto” pela primeira vez.


No entanto, Engels considerou a questão do líder dos trabalhadores como a “questão das chamadas grandes personalidades”, ou seja, a questão das personalidades históricas marcantes, como a questão do indivíduo. Ele não fez distinção entre a questão do líder da classe trabalhadora e a questão dos grandes homens individuais na história. Isso pode ser visto no fato de que, ao levantar a questão do líder, colocou César, Augusto, Cromwell, Thiers, Minie, Guizot e Napoleão no mesmo nível.


Lenin também levantou a questão do líder, mas também não conseguiu alcançar o entendimento correto. Em seu trabalho “Tarefas Urgentes em Nosso Movimento”, ele afirmou que nenhuma classe na história alcançou a dominação sem produzir seus líderes políticos e seus representantes progressistas capazes de organizar e liderar o movimento. Em sua obra: “Esquerdismo, Doença Infantil do Comunismo, ele disse: “É de conhecimento comum que os partidos políticos, em regra, são dirigidos por grupos mais ou menos estáveis, compostos dos membros mais competentes, influentes e experientes, que são eleitos para as posições mais importantes e são chamados de líderes “.


Como pode ser visto aqui, Lenin também não considerou o líder como o único representante do povo, e chamou-o de “líderes” e o entendeu como “representantes progressistas”, como um “grupo um tanto fixo”.


Lenin entendeu o líder como um indivíduo de destaque e, consequentemente, não conseguiu romper com a controvérsia sobre se o povo ou um indivíduo desempenha um papel decisivo no desenvolvimento histórico. Ele deu a resposta de que o povo desempenhou o papel decisivo, mas não considerou o papel do líder e do povo de forma integrada, separou-os e colocou um contra o outro.


É evidente que é impossível para tal entendimento pouco claro e limitado avançar com sucesso a história social no caminho certo.


Kim Jong Il considerou a questão do líder como a questão básica de importância decisiva relativa ao desenvolvimento da história social e escupiu o destino do povo, estabelecendo uma compreensão científica dessa questão.


O general Kim Jong Il disse que invariavelmente coloca o líder no centro em todas as considerações e que ele sempre defende a teoria centrada no líder.


A teoria centrada no líder é a teoria sobre a visão do líder e a atitude em relação a ele.


A teoria centrada no líder, em essência, elucida que o líder desempenha o papel decisivo no desenvolvimento histórico, e que o destino do povo pode ser alcançado quando eles são fiéis à sua liderança.


Pela primeira vez na história, ele aperfeiçoou a teoria centrada no líder, dando uma elucidação sistemática do significado filosófico do líder e da questão de sua posição e papel no desenvolvimento e transformação históricos.


O general Kim Jong Il disse: “A essência do líder em todos os contextos reside em ele ser o centro da vida da comunidade sócio-política”.


O líder significa o cérebro da ideologia e da teoria e o centro da unidade que dá ao povo ideologia, estratégia, tática e unidade. É a visão de Kim Jong Il de que o líder é o cérebro do povo, o principal agente da reforma social, o centro de unidade e coesão, e o timoneiro que organiza e comanda a atividade e a luta do povo de maneira coordenada.


Portanto, o líder não é um indivíduo como grandes homens, generais famosos, soberanos e reis que apareceram na história, mas o supremo representante do povo.

É uma verdade histórica que, se as pessoas não estão sob a liderança sábia de um líder, elas não podem sair vitoriosas na luta pela libertação.


Por que, então, a liderança de um líder é essencial para todos os sucessos? É acima de tudo porque o líder sábio elucida a ideia científica e a teoria para desenvolver a sociedade e com sucesso mostrar o destino do povo.


O líder perspicaz resume e sistematiza em um os requisitos do tempo e da reforma, e as aspirações e exigências do povo, e estabelece a ideia científica e teoria. A ideia e a teoria enunciadas pelo líder tornam-se a luz e o guia que iluminam o modo de forjar o destino do povo.


O líder desempenha o papel decisivo em fornecer a força motriz do desenvolvimento histórico. Para que o movimento social progrida com sucesso, a força encarregada do movimento deve ser forte. A força significa precisamente a força de reunir as massas populares. No entanto, o reagrupamento do povo não ocorre por sua própria vontade, mas é efetuado dependendo de um centro. O líder é o centro que permite a unidade e a coesão de todas as pessoas.


Quando o líder correto está no comando, o povo se une firmemente atrás dele, formando um organismo sócio-político, um poderoso agente principal.


Somente quando as massas populares são lideradas por um líder, elas podem ter estratégias e táticas corretas e desenvolver a sociedade. O líder sábio leva a revolução ao sucesso por sabedoria e estratégia incomuns em qualquer circunstância difícil.


Isso prova que o líder desempenha um papel decisivo na defesa do destino do povo e no desenvolvimento social.


Sob essa luz, a observação de Kim Jong Il de que a vitória na revolução é inconcebível sem o líder, já que as flores são inconcebíveis sem o sol, é realmente significativa. O fato de que o líder é o cérebro da ideologia e da teoria e o centro da unidade do povo é a verdade provada pela prática revolucionária na RPDC.


Hoje, a RPDC estabeleceu o sistema pelo qual todo o Partido, todo o país, todo o exército e todo o povo se movem como um só sob a liderança do general Kim Jong Il, e todos os assuntos do Estado são administrados com crédito. Este é o resultado da implementação completa da teoria centrada no líder.


Tudo isso mostra que a teoria centrada no líder é o princípio subjacente à liderança bem-sucedida, e que promove o progresso da história social e orienta corretamente o Estado e a sociedade.


A doutrina do homem primeiro, a teoria centrada no homem e a teoria da ideologia são os princípios básicos para decidir a orientação e o método da liderança bem-sucedida de Kim Jong Il, enquanto a teoria centrada no líder é o princípio básico para a liderança bem sucedida.


A exatidão científica e vitalidade de sua filosofia de liderança está em que toma como princípios básicos a doutrina do homem primeiro, a teoria centrada no homem, a teoria da ideologia e a teoria centrada no líder. A filosofia política do general Kim Jong Il, filosofia revolucionária, baseada na doutrina do homem primeiro, na teoria centrada no homem, na teoria da ideologia e na teoria centrada no líder, forma uma bandeira inspiradora que sempre leva o povo à vitória e acelera o desenvolvimento histórico.


Do A Filosofia de Liderança de Kim Jong Il, Edições em Línguas Estrangeiras (1999)


Tradução de A Voz do Povo de 1945

0 comentário
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Telegram
  • Whatsapp
PROMOÇÃO-MENSAL-mai24.png
capa29 miniatura.jpg