1/10

"O Bolchevique Zhdanov, um exemplo a seguir"



Morreu em Moscou, a 1° de setembro último, aos 52 anos de idade, Andrei Alexandrovitch Zhdanov. Milhões de homens, não só na URSS mas em todo o mundo, choraram a morte desse combatente bolchevique herói da guerra civil, construtor do socialismo, teórico marxista, lutador da frente anti-imperialista.


Que extraordinária afinidade unia esses milhões de homens de modo que significasse para eles uma perda tão sensível a morte de Zhdanov? Unia-os o laço mais forte e inquebrantável que jamais aproximou os seres humanos como irmãos e lhes deu tamanho sentido de solidariedade: a luta pela edificação de uma sociedade sem classe e o fim da exploração do homem pelo homem.


Nessa luta gigantesca Zhdanov foi um grande comandante, digno discípulo de Marx, Engels, Lenin e Stalin.