"Mensagem de Lumumba transmitida via rádio ao Congo"


A Rádio Nacional acaba de divulgar uma declaração do Chefe de Estado, o Sr. Joseph Kasavubu, segundo a qual o Governo encabeçado por mim deve ser demitido.

Em nome do governo e de toda a nação, rejeito formalmente essa informação.

O Governo não teve conversações sobre este assunto com o Chefe de Estado. O governo, que foi democraticamente eleito pela nação e ganhou a confiança unânime do Parlamento, só pode ser demitido quando perde a confiança do povo.

Hoje, o governo desfruta dessa confiança e tem o apoio de todo o povo.

Tendo adotado a decisão de defender as massas populares ao preço do sangue, recusou-se a vender o país aos colonialistas belgas e seus aliados, e frustrou as intrigas daqueles que ainda pretendem explorar a nossa nação. O governo irá defender os direitos do povo com honra e dignidade.

O governo permanecerá no poder e continuará cumprindo sua missão.

Peço à população, que nos deu sua confiança, que se acalmem face às manobras dos sabotadores da nossa independência nacional.

Nós elegemos o Chefe de Estado, mesmo que ele não tivesse a confiança das massas. Podemos usar o mesmo direito e retirar essa confiança, se ele for contrário aos interesses populares.

Povo congolês fique atento. Os inimigos de nosso país e os cúmplices dos imperialistas belgas estão perdendo suas máscaras.

Oficiais e oficiais não-comissionados congoleses, permaneçam em seus postos para defender o país tão heroicamente como quando vocês lutaram contra os agressores belgas.

5 de setembro de 1960

Por Patrice Lumumba

Traduzido por Igor Dias

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube