Kim Jong Il: "A República Popular Democrática da Coreia é um Estado Socialista Jucheano com inv


Nesta época histórica, que nos vê a abrir um grande período de prosperidade para a Pátria, sob a direção do nosso Partido na revolução mediante o Songun (priorização dos assuntos militares), acolhemos o 60º aniversário da fundação da República Popular Democrática da Coreia (RPDC), gloriosa pátria de Kim Il Sung.

Nosso grande Líder, o camarada Kim Il Sung, é o fundador da nossa República e o pai da Coreia socialista, e seu eterno Presidente. Com a fundação da República sob sua condução, produziu-se uma mudança radical na formação do destino de nossa Pátria e do povo.

Em virtude de sua original ideia de construção do Estado e de sua provada liderança de aço, nossa República foi construída, desenvolvida e fortalecida como um verdadeiro país do povo, nunca conhecido na história, como Pátria socialista sustentada no Juche, e nosso povo, oprimido e humilhado ao longo de séculos, passou a desfrutar em seu seio da autêntica dignidade e felicidade de viver exercendo seus legítimos direitos como dono do Estado e da sociedade. As montanhas, rios e extensos campos da Pátria, que se tornam cada dia mais bonitos, suas cidades, vilarejos, ruas e provados, suas linhas de frente e seus postos de defesa fortificados como baluartes de aço, suas numerosas fábricas e empresas, suas instalações econômicas e culturais e suas obras monumentais guardam grandes, sublimes e relevantes traços que ele deixou no processo de sua liderança, e todos os aspectos da altamente digna, orgulhosa e feliz vida de que nosso desfruta de geração em geração, passando século após século, estão repletos de seu amor paternal e sua atenção tão beneficiosa quanto o céu.

Nas vésperas do 60º aniversário da fundação da RPDC, os membros do nosso Partido, os militares e demais setores do povo recordam com sublime emoção a grande história e os inextinguíveis méritos revolucionários de nosso Líder, que dedicou toda a sua vida em prol da Pátria e do povo, e dão-lhe o máximo reconhecimento e glória. As proezas que ele realizou pela Pátria e pelo povo constituem os alicerces perpétuos do nosso país e revolução e servem de sólida base para a construção de uma grande potência socialista próspera e a continuação e triunfo da causa revolucionária do Juche.

Nosso Partido, enaltecendo o grande Líder como o Sol do Juche e seguindo e levando adiante suas ideias sobre a construção do Estado e suas proezas realizadas neste processo, está abrindo um novo caminho para a vitória da nossa revolução, um caminho para avançar na construção de uma Pátria rica e poderosa na era do Songun. Graças à direção do nosso Partido na revolução mediante o Songun e sua longa caminhada por esta causa, nossa República pôde se erguer majestosamente como uma potência socialista Jucheana, com irredutível poderio político e militar, ostentando plenamente seu prestígio, sua excelsa imagem. Atualmente, os integrantes do nosso Partido, os militares e demais setores do povo estão cheios de uma firme decisão, em resposta ao chamado de nossa organização política, de fazer deste significativo ano um ano de mudanças históricas, que brilhará nos anais da Pátria, e alcançar o triunfo na construção de uma grande potência socialista próspera e na causa revolucionária do Juche com a bandeira Songun no alto.

1

Os 60 anos de história da nossa República são uma história de grandes lutas e vitórias, de magníficas criações e transformações, nas quais, sob a liderança do grande Líder e do grande Partido, e superando as tempestades da revolução, defendemos a independência e a honra da Pátria e erguemos uma nação socialista que prospera.

Ao longo do processo histórico, que abarca desde o lançamento das bases da construção do Estado, isto é, desde sua primeira fase, até aos dias de hoje, quando construímos a grande potência socialista próspera, nossa República avançou por uma estrada de vitórias e glória, abrindo caminho entre as dificuldades e provas sem precedentes em meio ao amargo confronto com as forças imperialistas agressoras. Nossa luta pela construção de uma nova Pátria, de uma nova sociedade, foi dura e severa, porque tivemos que enfrentar múltiplas dificuldades e obstáculos, mas conseguimos abrir caminho pela causa da independência contra o imperialismo, pela causa do socialismo, e, neste processo, criamos verdadeiros milagres de transcendência histórica e acumulamos grandes e imortais méritos e preciosas experiências. Por isto, é tão brilhante a história de 60 anos da nossa República, e hoje, a Coreia socialista, a Coreia do Songun, exibe tão alto seu poderio, sua grandiosa imagem, como baluarte da independência, como fortaleza do socialismo.

A Luta Revolucionária Antijaponesa, organizada e dirigida pelo grande Líder, foi uma luta revolucionária histórica que preparou a base principal da fundação de nossa República e deu origem à construção do Estado socialista. Foi uma sagrada luta patriótica para derrotar os agressores imperialistas japoneses, que haviam ocupado nosso país pela força das armas, e para libertar a Pátria, e a mais feroz guerra revolucionária contra as forças do imperialismo japonês, armadas até os dentes.

Ao cabo da sangrenta luta de 20 anos contra o imperialismo japonês, o grande Líder saiu vitorioso e coroou com a vitória a histórica causa da libertação da Pátria. Nas chamas dessa batalha, apresentou a linha de construção do Poder popular, que lhe possibilitaria adquirir valiosas experiências, e estabeleceu gloriosas tradições revolucionárias, um tesouro sempiterno da Pátria e da revolução.

A luta do nosso Partido e povo pela construção de um Estado soberano e independente na terra-pátria emancipada foi levada a cabo em circunstâncias e condições extremamente difíceis e complicadas. Devido à ocupação da parte Sul da Coreia pelo imperialismo estadunidense, o território nacional foi dividido em dois, e as forças imperialistas e reacionárias de dentro e de fora do país realizavam atos maléficos de todo tipo, a fim de frear o empenho do nosso Partido e povo na edificação da nova Pátria.

Acendendo o alto entusiasmo patriótico do já livre povo coreano e mobilizando todas as forças patrióticas o país, o grande Líder estabeleceu na parte Norte o Poder Popular e as forças armadas revolucionárias regulares, herdeiros das tradições revolucionárias antijaponesas, e realizou diversas reformas democráticas, enquanto frustrava os esquemas das forças imperialistas reacionárias, o que possibilitou lançar as sólidas bases para a construção de um Estado soberano e independente, base sobre a qual foi fundada a nossa República. Da mesma forma, dirigiu sabiamente a consolidação dos órgãos do Poder da nossa República, o fortalecimento e desenvolvimento do regime sócio-estatal de caráter popular e fez manifestar plenamente suas vantagens e vitalidade em todos os campos da construção do Estado.

A Guerra de Libertação da Pátria contra a agressão do imperialismo estadunidense foi a primeira, mas a mais severa, prova para a nossa jovem República, um feroz conflito que colocou o país, a nação, perante o dilema de sobreviver ou desaparecer. A fim de esmagar nossa República em sua própria terra, os imperialistas ianques fizeram atos frenéticos, mobilizando suas enormes forças armadas agressoras e as de 15 países satélites, além de modernos equipamentos militares e outros meios de guerra, mas terminaram sofrendo a vergonhosa derrota.

Nosso Exército e povo, conduzidos pelo grande Líder, invencível Comandante de aço, levantaram-se como um só homem na justa Guerra de Libertação da Pátria, combateram com o espírito de sacrifício na frente e na retaguarda, exibindo seu heroísmo massivo sem paralelo, até derrotar as forças armadas agressoras do imperialismo estadunidense, que se gabavam de "supremacia" no mundo, e salvaguardar com honra a liberdade e a independência da Pátria, bem como estimular os povos oprimidos em sua luta de libertação nacional anti-imperialista, e fizeram grandes aportes à preservação da paz no mundo. O histórico triunfo neste conflito manifestou claramente o irredutível poderio da nossa República, a solidez de seu regime sócio estatal, a convicção na vitória certa do nosso Exército e povo e seu indomável espírito combativo, e demonstrou claramente que nenhuma força pode subjugar um povo estreitamente unido a seu Partido e líder e que toma seus destino em suas próprias mãos.

Por sua proeza de ter alcançado a vitória na guerra, de ter feito pedacinhos do mito da "supremacia" do imperialismo ianque e por tê-lo derrotado pela primeira vez na história bélica mundial, nossa República, nosso Exército e nosso povo ostentam o título de heróis.

Assim como no confronto militar contra as poderosas forças agressoras imperialistas, nossa Coreia, Pátria do Juche, fez o impossível e realizou inovações na restauração e construção do pós-guerra e na revolução e construção socialistas. Logramos mudanças seculares na revolução e na construção a partir zero, já que a conflagração havia reduzido tudo a cinzas.

A sábia orientação do grande Líder permitiu-nos concluir em poucos anos a reabilitação e construção do pós-guerra e levar a feliz término, à nossa maneira e sem nenhum desvio, a cooperativização da agricultura e a transformação socialista da indústria e do comércio privados. Em resposta ao chamado de seu grande Líder, nosso povo empreendeu a grande marcha de Chollima, dando dez ou cem passos enquanto outros dava um, e produziu um auge revolucionário sem precedentes na construção do socialismo. A gigantesca luta de criação e construção pelo socialismo transformou nosso país, com atrasos seculares, no Estado socialista mais vantajoso e potente, centrado nas massas populares, e em uma potência socialista independente, autossustentada e autodefesiva, e hoje o mundo o admira, chamando-o de Coreia do Chollima e país socialista modelo.

A era do Songun, nova época da revolução do Juche, ocupa um lugar extraordinário na história de nossa Pátria e revolução. É uma relevante etapa de continuação da causa revolucionária do Juche, para levar adiante a ideologia, direção e causa do nosso grande Líder e uma nova fase superior do desenvolvimento de nossa Pátria e revolução.

Nosso Partido, fiel ao sublime propósito do grande Líder, planteou, desde cedo, como seu programa supremo, a transformação de toda a sociedade segundo a ideia Juche e o manteve firmemente como linha principal para a construção do Partido, do Estado e do Exército. Concentrou seus esforços nas tarefas de construir, desenvolver e fortalecer estes como os do Líder e transformar o homem, a sociedade e a natureza conforme a ideia Juche, a ideia revolucionária de Kim Il Sung, e assentou uma sólida base que facilita a obra de remodelar toda a sociedade segundo a ideia Juche.

Com a brusca mudança da situação nos anos 90, nossa Pátria e revolução tiveram que atravessar severas dificuldades e provas sem precedentes em sua história. O colapso do socialismo em vários países foi aproveitado pelos imperialistas e outros reacionários para falar do "fim do socialismo" e dirigir a ponta de lança do seu ataque à nossa República, que seguia avançando inabalavelmente com a bandeira socialista no alto. As manobras dos imperialistas e outros reacionários contra nossa República e sistema puseram em perigo a nossa soberania e existência, converteram nosso território nacional no campo do mais agudo confronto entre o socialismo e o imperialismo e colocaram nosso povo perante o dilema de sobreviver em independência ou de se tornar novamente escravo colonial.

Frente à nova situação, nosso Partido, hasteando no alto a bandeira do Songun, frustrou todas essas manobras com suas invencíveis potencialidades políticas e militares e defendeu com honra a soberania nacional e o socialismo. Esta é uma grande vitória de alcance mundial, pois um pequeno país como o nosso se defendeu sozinho dos imperialistas reacionários acaudilhados pelos estadunidenses. Pode-se dizer que é um verdadeiro milagre que nossa revolução Songun tenha detido e frustrado as manobras agressivas do império estadunidense, que perpetra impunemente a coerção e arbitrariedade em todas as partes da Terra, e lograda vitória após vitória no confronto político e militar, sem disparos, contra esta potência.

Apesar das severas provas que tivemos que passar para defender o socialismo, logramos grandes avanços nas esferas política, militar, econômica e cultural. Graças à direção do Partido na revolução mediante o Songun, nosso país ocupou legitimamente a posição de uma potência político-ideológica e militar e registrou novas mudanças no processo revolucionário e construtivo, pavimentando o caminho para avançar na edificação de uma grande potência próspera. Nossa República preparou firmemente a garantia fundamental para a construção de uma grande potência socialista próspera e o triunfo da causa revolucionária do Juche, e acelera a marcha geral da revolução Songun em direção à potência econômica socialista.

A Coreia socialista, que logra triunfos e ostenta sua grandiosa imagem em virtude do Songun, serve como farol de esperança e bandeira da vitória para os povos do mundo que aspiram à independência.

O trajeto de 60 anos percorrido pela nossa República, guiada pelo nosso grande Líder e nosso Partido, inspira o povo com infinita dignidade e orgulho e torna mais firme sua fé no triunfo. Nosso Exército e povo, considerando a Pátria socialista do Juche mais valiosa do que sua própria vida, sentem um ilimitado afeto por ela e redobram os esforços para defendê-la até o fim e fazê-la prosperar.

2

Um grande líder e um grande partido podem edificar um grande país. Se conta com um grande líder e um grande Partido, até uma nação pequena e subdesenvolvida pode se tornar um país desenvolvido, uma potência de prestígio.

A grandeza do Partido e do líder é precisamente a de sua ideologia e de sua direção. Nossa República tem como guia reitora a ideia Juche, concebida por nosso grande Líder, e a aplica plenamente na construção do Estado e em suas atividades, sob a liderança do nosso Partido, graças ao qual pôde se tornar uma invencível potência socialista do Juche.

A imortal ideia Juche é uma concepção do mundo, que coloca o homem no centro, e uma doutrina da independência. É, também, um grande pensamento reitor da nossa época, que aponta cientificamente o caminho para defender e realizar a independência das massas populares e a do país e da nação. Nossa República, que a aplica na construção do Estado e em seus trabalhos, é um país socialista centrado nas massas populares, onde estas são consideradas como Deus; um Estado socialista independente com forte espírito Juche e identidade nacional, bem como uma invencível potência socialista, dotada do poderio do Songun, que lhe permite derrotar qualquer inimigo forte e superar todas as dificuldades e provas que surgem em seu caminho.

É um país verdadeiramente popular, um Estado socialista centrado nas massas populares, onde estas são donas do Estado e da sociedade, e as serve tudo que está à sua disposição.

As massas populares são o sujeito da história social, mas sua posição e papel não é o mesmo em todas as sociedades e países. A história não conhece outro país que faça valer em tão alto grau a posição e o papel das massas populares como a nossa República, que materializou a ideia de considerar o povo como Deus, ideia que nosso grande Líder considerou sua máxima de vida. Esta filosofia incorpora o nobre espírito de amar o povo, que exige destacar as massas populares como o ser mais valioso e poderoso do mundo, servindo-as fielmente e resolvendo tudo apoiando-se nelas.

Isto constitui a base de todas as diretrizes e políticas do nosso Partido e seu ideal fundamental para a construção do Estado, e o ponto de partida de suas atividades. Não só o sistema sócio estatal socialista e a Constituição Socialista e outras legislações, mas também toda a política e linha do Partido e do Estado e todas as suas atividades têm plenamente implícito o propósito de defender e assegurar os direitos de independência e os interesses das massas populares. Nossa política, que valoriza o povo como base do socialismo e dá prioridade aos seus interesses, é uma verdadeira política socialista, uma política que ama e confia infinitamente no povo e uma nobre política de virtudes. Todas as diretrizes e políticas que nosso Partido e o Poder da nossa República traçam refletem, sem exceção, a vontade e as demandas das massas populares, e são executadas com sucesso, graças a seu entusiasmo e empenho conscientes. Em nosso país, o fomento do bem-estar do povo é o princípio supremo para as atividades do Partido e do Estado, cumpre-se estritamente o slogan "Servir ao povo!", e em hipótese alguma são permitidos atos que prejudiquem seus interesses, o abuso de poder e a burocracia, que perpetram quem tenta se impor sobre ele. Como as massas populares são consideradas o mais valioso, são denominados com a palavra "povo" o Estado, o Exército, os organismos de segurança pública, as obras arquitetônicas monumentais e diversos títulos de honra, o que simboliza claramente o caráter popular do nosso Estado, nosso sistema e nossa política.

Sob o amparo da Pátria socialista centrada nas massas populares, estas, sendo donas do Estado e da sociedade, levam uma vida digna e feliz e cumprem plenamente com a responsabilidade e papel que lhes correspondem enquanto tais. Todos participam com iguais direitos no exercício do Poder e na administração do Estado e levam uma vida política digna, incorporados em determinadas organizações. O Estado assume a responsabilidade de zelar pela vida do povo. Graças a várias medidas benéficas para o povo, entre outras o sistema de educação e tratamento médico gratuitos, todos estudam à vontade e desfrutam de serviços de saúde e levam uma vida cultural e recreativa, cheios de espírito revolucionário e otimismo. Apesar de atualmente carecerem de tudo e passarem por dificuldades, nosso Partido e Estado dedicam atenção prioritária à vida do povo e concentram todos os seus recursos disponíveis na tarefa de estabilizar e melhorar sua vida, assim como impulsiona com mais força a construção de uma potência econômica socialista, para que viva feliz em um futuro próximo, sem ter nada o que invejar a ninguém. A vida independente e criadora que a nossa República garante à sua população é uma vida feliz, digna e orgulhosa, que não se pode imaginar na sociedade capitalista.

Nosso Partido e nossa República são comparados a uma mãe muito carinhosa, porque atendem e envolvem o povo com amor e confiança e protegem seu destino, e seu colo é simbolizado como berço da autentica vida e felicidade. Esta é a razão pela qual nosso povo os confia e segue invariavelmente, seja nos momentos de glória ou nos de severas provações, e, unidos firmemente em torno do Partido, lutou heroicamente para defender, ao risco de suas próprias vidas, seu país, sua Pátria, e alcançar a prosperidade nacional.

A unidade monolítica de todos os integrantes da sociedade é a proeza mais valiosa e brilhante lograda unicamente em nossa Pátria socialista, sob a liderança de nosso Líder, que levava como uma qualidade inata o amor e confiança no povo, e do nosso Partido, que continua fielmente suas ideias e propósitos; e um aspecto orgulhoso da nossa sociedade, único de seu tipo no mundo. O Partido e o Líder amam e servem com toda a sinceridade ao povo e este lhes deposita sua absoluta confiança e os apoia fielmente. Estas relações de camaradagem revolucionária, estes laços indestrutíveis propiciaram alcançar e fortalecer a unidade monolítica entre o Líder, o Partido e as massas, mesmo nas circunstâncias mais complexas e difíceis, e transformar toda a sociedade em uma grande família harmoniosa, onde seus membros ajudam e guiam uns aos outros. Nossa unidade se fortaleceu em um novo nível como uma unidade monolítica de todo o Partido, Exército e povo ao redor da Liderança da Revolução, sobre a base de uma mesma ideia e fé e da camaradagem e do dever moral revolucionário. Nenhuma força pode destruí-la. É a principal garantia do fortalecimento do nosso regime socialista e da estabilidade social, a inesgotável fonte do invencível poderio da nossa Pátria socialista e a poderosa força motriz que impulsiona a marcha triunfal da nossa revolução e a construção de um país rico e poderoso.

Os imperialistas estadunidenses temem, mais do que tudo, a união monolítica do nosso Exército e povo em torno do grande Partido e perpetram todo tipo de manobras para destruí-la. Eles e suas forças satélites se apegam invariavelmente às maquinações de agressão militar, enquanto tentam nos caluniar falando de "direitos humanos", "democracia" e outras coisas do gênero, que não passam de um devaneio. Estes termos que os imperialistas reacionários preconizam constituem um sofisma para encobrir seu domínio e intervenção em outros países e suas calúnias com um argumento tão absurdo contra nossa República, Pátria do povo, e nossa sociedade unida em um só coração, são uma farsa e só provocam a unânime indignação em nossa população, que não tolerará isso nem no mínimo.

O grande país popular, que goza do apoio e confiança absolutos e apego total de sua população, e o socialismo de nosso estilo centrado nas massas populares, manterão para sempre sua sublime imagem e poder, desafiando qualquer tempestade.

Nossa República é um Estado socialista soberano, que mantém firmemente o Juche em sua construção e atividades e preserva plenamente a identidade nacional.

O caráter Juche e a identidade nacional representam precisamente a independência e o destino do país, da nação e das massas populares. Como a luta destas pela independência é levada a cabo por país e nação, o Partido, o poder e as massas populares do país correspondente devem ser donos de seu processo revolucionário e construtivo e impulsioná-lo de modo independente e criativo. Somente mantendo firmemente o caráter Juche, a nacionalidade e a linha de independência na revolução e na construção é possível salvaguardar a soberania do país, da nação, assegurar seu desenvolvimento independente e lograr com sucesso a independência das massas populares.

O grande Líder, pela primeira vez na história, apresentou a original ideia sobre o caráter Juche, a nacionalidade e a linha da independência, pavimentou o caminho para o desenvolvimento independente da revolução coreana, e com sua férrea convicção e vontade e sua provada direção, orientou manter invariavelmente o princípio do Juche, a linha da independência, no processo revolucionário e construtivo. Acatando esta ideia, nosso Partido e Estado apresentaram como princípio fundamental para a causa da independência das massas populares, causa do socialismo, defender o caráter Juche e a identidade nacional e manter a linha da independência, e o materializaram cabalmente, graças ao qual nosso país se tornou um país soberano, prestigioso e altamente digno, um Estado socialista nutrido de nobre amor pelo povo e pela nação.

Resolvemos com nossas próprias forças e à nossa maneira todos os problemas que se apresentavam na construção do Estado, em suas atividades e no processo revolucionário e construtivo. Fizemo-lo de acordo com a realidade do nosso país e os interesses da nossa revolução, segundo a nossa ideologia, convicção, decisão e vontade e sobre a base do princípio de nos apoiarmos em nossos próprios esforços. Ao estabelecer com firmeza o princípio do Juche, o eixo da independência em todas as ordens – política, econômica, militar, cultural e de relações exteriores – opomo-nos cabalmente ao servilismo às grandes potências, ao dogmatismo e a todos os tipos de ideias de dependência de forças estrangeiras e rechaçamos categoricamente as intervenções e pressões dos imperialistas reacionários e de qualquer outra força estrangeira, e sem nos restringirmos a teorias e fórmulas existentes e sem nos importamos com o que outros dissessem, decidimos tudo segundo nossa ideia, nossa exigência e nossos interesses e cumprimos consequentemente. Logo no início, nosso Partido lançou o slogan "Viver à nossa maneira!"; isto é precisamente o Juche, a independência e o espírito de se apoiar nas próprias forças. Aqui está a nossa dignidade, nosso orgulho e nossa honra.

O grande Líder relacionou estreitamente o caráter de classe com a identidade nacional, e o socialismo com o destino da nação, sobre a base de uma análise científica, a partir da posição apoiada no Juche, da essência do problema da nação e o lugar e papel que esta desempenha no desenvolvimento da sociedade, e desta forma orientou manter o caráter classista no processo revolucionário e construtivo, e ao mesmo tempo ressaltar a nacionalidade, e abriu o caminho para lograr a prosperidade da nação no processo de avanço da causa socialista.

De acordo com a ideia e teoria originais do Líder sobre o problema da nação, nosso Partido e Estado apreciam a identidade nacional na revolução e na construção e em todas as ordens da vida social e a ressaltamos na medida do possível. Como o homem é um integrante da nação, bem como um membro de sua classe, tem identidade nacional junto com o caráter classista e exigências de índole nacional junto com as classistas. Se se ignoram e negligenciam a identidade nacional e as exigências de índole nacional, é impossível aglutinar as amplas massas populares, a totalidade das forças patrióticas, construir um verdadeiro Estado soberano e independente e culminar com sucesso a causa das massas populares pela independência, a causa socialista.

A nossa é uma nação que se orgulha de ter uma longa história de cinco milênios e uma brilhante cultura. Na nacionalidade do nosso povo se refletem sua inteligência, talento, temperamento de aço, espírito patriótico e excelentes tradições culturais. Nosso Partido e Estado têm apresentado como uma importante política valorizar e destacar as belas e excelentes tradições nacionais e têm vindo aplicando-a de forma consequente. Ao mesmo tempo em que revivemos as excelentes qualidades da nação que foram herdadas ao longo da história, criamos outras novas à medida que avançam os tempos e a revolução, e sobre esta base, educamos o povo no espírito de dar primazia à nação coreana, que se traduz na ideia de que nosso Líder, nosso Partido, nossa ideia e regime são os melhores, e ressaltamos ainda mais sua grandeza.

A causa socialista do Juche é uma obra destinada a realizar a independência da classe trabalhadora e demais massas populares trabalhadoras e, ao mesmo tempo, uma obra para assegurar a soberania do país, da nação, e alcançar a sua prosperidade. Nosso Partido e Estado, ao mesmo tempo em que impulsionam com força a construção socialista, vêm exaltando as excelências da nossa nação e criando uma nova história de prosperidade nacional.

Graças ao fato de que sob a direção do grande Líder e do grande Partido mantivemos o caráter Juche e ressaltamos corretamente a nacionalidade no processo revolucionário e construtivo, nenhuma intervenção e pressão dos imperialistas reacionários puderam nos afetar e nenhuma corrente ideológica oportunista, tomando, por exemplo, o revisionismo contemporâneo, foi capaz de penetrar em nós. Pelo contrário, entre o nosso povo se elevaram notavelmente o orgulho, a honra e a autoestima nacionais, da mesma forma como a consciência da independência nacional, assim como se exibiu ainda mais o espírito patriótico de caráter socialista. Nossa República, fortalecida e desenvolvida sob a bandeira da ideia Juche, veio a cobrir-se de honra como um país socialista centrado nas massas populares em que se materializaram cabalmente os princípios de classe, princípios revolucionários, como um Estado socialista independente, autossustentado e auto defensivo com forte espírito Juche e nacionalidade, como verdadeira Pátria de toda a nação. Nossa Pátria socialista apoiada no Juche permaneceu destemida, mesmo em face ao enorme terremoto político mundial, e também no futuro, como hoje, marchará vitoriosa no caminho de seu desenvolvimento, caminho do Juche.

Atualmente, os imperialistas reacionários caluniam nossa República, Pátria do Juche, chamando-a de "fechada", "isolada", e agem, em vão, para nos impor a "reforma" e "abertura". Nunca fechamos as portas do país e estamos mantendo boas relações de respeito mútuo com muitíssimos países e povos do mundo. Quanto à reforma, já faz dezenas de anos que reformamos o antigo regime social pela via revolucionária e continuamos renovando o ultrapassado e atrasado e criando o novo sem descanso. Para dizer a verdade, aqueles que nos bloqueiam e tentam nos isolar com hostilidade ao nosso país não são outros senão os imperialistas e outros reacionários, e a "reforma" e "abertura" de que falam ruidosamente se tratam de maquinações agressivas e desintegradoras, destinadas a derrubar nosso socialismo. Estes atos apenas pioram suas relações conosco e estão destinados ao fracasso.

Nossa República é uma potência socialista invencível que ostenta sua grandiosa imagem com o Songun.

A história revolucionária do nosso grande Líder e do Partido é uma história da liderança da revolução mediante o Songun, e nossa Pátria e revolução percorreram o caminho marcado de vitórias e glória, exibindo seu invicto poderio sob a bandeira do Songun. Através do Songun, nosso Líder libertou a Pátria e garantiu com segurança no campo militar sua soberania e independência, seu desenvolvimento e prosperidade. Em acato à ideia e linha do Líder, nosso Partido, pleno deste conceito, desde o início do seu nascimento, considerou como principal os assuntos do Exército junto com os seus específicos e concentrou seus esforços no fortalecimento político, ideológico e técnico das nossas forças armadas revolucionárias, e, desta forma, consolidou uma sólida base para levar a uma etapa superior sua liderança da revolução mediante o Songun.

Hoje, a linha revolucionária do Songun e a política Songun que aplica o nosso Partido constituem uma grande linha da nossa época e um modo de política fundamental do socialismo, que permite salvaguardar a Pátria, a revolução e o socialismo apresentando os assuntos militares como primeira prioridade do país e o fortalecimento por todos os meios do Exército Popular, e formar solidamente o sujeito da revolução, tomando este como seu epicentro, como sua força principal, e acelerar pujantemente o conjunto dos trabalhos da construção socialista. Ainda no que se refere ao sistema de administração estatal, elevamos as competências do Comitê de Defesa Nacional e implantamos o sistema no qual este dirige e atende todas as tarefas de defesa nacional, de modo que todo o processo revolucionário e construtivo seja realizado estritamente de acordo com o princípio de priorizar os assuntos militares. Nossa política Songun se originou da ideia Juche e incorporou e sintetizou plenamente os princípios revolucionários, estratégias e táticas, métodos e arte de comando, sustentados no Juche, razão pela qual é a bandeira invencível da Pátria e da revolução e a arma todo-poderosa para os trabalhos revolucionários e construtivos.

O mais importante no poder do Estado é o potencial militar. Nossa luta anti-imperialista e anti-ianque é travada ferozmente em todas as frentes, como a política, militar, econômica, ideológica e cultural, mas a frente militar anti-imperialista é a principal, a que decide o destino do país e da nação nessa luta. O confronto com os agressores imperialistas é, em essência, o da força, e só a força é um meio apropriado para enfrentá-los. A realidade mostra claramente que sem a própria força, sem um forte poderio militar auto defensivo, não é possível sair vitorioso na luta contra eles, nem defender o Partido e o Estado, nem salvaguardar a segurança do povo.

Com sua liderança da revolução mediante o Songun e com sua política Songun, nosso Partido fortaleceu e desenvolveu o Exército Popular como Exército do Partido e do Líder, como forças armadas revolucionárias sem inimigos. No Exército, foram estabelecimentos firmemente o sistema de direção única do Partido, o de comando do Comandante Supremo e a disciplina militar revolucionária, e todo o Exército, desde o Comandante Supremo até os soldados, formou um todo único sobre a base da camaradagem revolucionária. Todos os oficiais e soldados cresceram como os mais fortes em ideologia e convicção, como combatentes incomparáveis, conhecedores das estratégias e táticas de estilo coreano e dotados de modernos equipamentos. A indústria de defesa nacional autóctone é capaz de produzir poderosas armas modernas, equipamentos e meios militares e em virtude da implantação do ambiente de priorização dos assuntos militares em toda a sociedade, alcançam níveis mais altos o armamento de todo o povo e a fortificação de todo o país.

Em virtude da política Songun, a República parou e frustrou todas as provocações e manobras de isolamento e esmagamento dos imperialistas reacionários, manifestando a todo o mundo seu invencível poderio militar, e a Coreia do Songun, Pátria socialista, ergueu-se com a cabeça erguida, como uma potência militar de classe mundial que nenhuma força agressora ousa tocar.

Pelo mesmo motivo, a posição ideológica e política de nossa República se consolidou como um monólito e grandes avanços foram registrados nas frentes econômica e cultural. No processo do Songun, os militares e outros setores do povo, ideologicamente unidos, ao identificar-se com o espírito militar revolucionário e o estilo de luta, lograram com sucesso sua grande unidade e se fortaleceu incomparavelmente o poder político-ideológico da Pátria e da revolução. Unidos, o Exército e o povo, como um só corpo sob a liderança do Partido mediante o Songun, realizaram todos os trabalhos da construção socialista com ímpeto revolucionário e combativo, e desta forma, foram realizadas grandes obras de geotransformação, que imprimiram mudanças transcendentais no território pátrio, inúmeras criações monumentais foram erguidas, grandes saltos foram dados no desenvolvimento científico e técnico e a era de prosperidade na cultura e arte do Songun foi aberta.

Graças à política para a reunificação da Pátria, baseada na política Songun e nos esforços conjuntos da nação, foram adotadas a Declaração Conjunta Norte-Sul de 15 de junho e a Declaração de 4 de outubro e uma conjuntura transcendental foi aberta para esta causa. O ânimo da nação pela reunificação independente cresceu sem precedentes no Norte, no Sul e no exterior, e o movimento por esta causa está se ampliando e desenvolvendo como parte de toda a nação sob a bandeira de "Entre nós, os compatriotas".

Nossa política Songun, que se opõe à política de invasão e de guerra do imperialismo e defende a soberania do país e da nação, tem uma grande repercussão entre os povos progressistas do planeta e contribui ativamente para a preservação da paz no mundo e para a causa da independência da humanidade. A política Songun e a política externa independente aumentaram de forma sem precedentes o prestígio e a influência da nossa República e se ampliaram e desenvolveram com rapidez suas relações exteriores.

Sob a guia do Líder e do Partido, a República Popular Democrática da Coreia se construiu, fortaleceu e desenvolveu como um invencível Estado socialista do Juche, e, enfrentando todos os desafios da história, alcançou grandes vitórias e mudanças que surpreendem o mundo. A gloriosa Pátria de Kim Il Sung, a Coreia socialista aureolada pelo Juche e pelo Songun, passou a manifestar sua grandiosa imagem como grande país socialista. Nosso povo a ama e enaltece com fervor, chamando-a de grande Pátria Mãe, e milhares e milhares de compatriotas consideram tê-la como glória e honra da nação, como baluarte da reunificação da Coreia. Por isso, atrai a atenção do mundo e cativa o coração de muitíssimos.

3

Nossa República percorreu um longo trajeto na revolução com a bandeira da ideia Juche, a do Songun, no alto, mas esta não acabou ainda. Devemos construir uma grande potência socialista próspera na terra pátria e reunificá-la com a força da grande unidade pan nacional. Devemos, também, lutar com energia, junto a todos os países e povos progressistas que aspiram à independência, para preservar a paz no mundo e culminar a causa da independência da humanidade.

Construir a grande potência socialista próspera, segundo o desejo de toda a vida do grande Líder, é um dever sublime que nosso Partido e Estado assumem perante a época e a revolução. Sob a liderança do nosso Partido na revolução mediante o Songun, todos os seus membros, todo o Exército e todo o povo, firmemente convencidos da vitória, devem acelerar com ímpeto a grande marcha revolucionária do Songun para lograr este objetivo.

Antes de tudo, devem consolidar mais a posição político-ideológica da Pátria socialista.

O poder do socialismo é o poder político-ideológico, e consolidar a referida posição é um requisito incontornável para a construção da grande potência próspera. De acordo com o aprofundamento e o avanço do processo revolucionário e construtivo, devemos realizar dinamicamente o trabalho ideológico e, assim, manifestar plenamente a ilimitada capacidade espiritual de nosso Exército e povo e exibir em alto grau as potencialidades da Coreia socialista como potência político-ideológica.

Devemos intensificar a educação na ideia Juche e na ideia Songun entre quadros, membros do Partido e demais trabalhadores, para que trabalhem e vivam de forma revolucionária e combativa, como homens da nova era da revolução do Juche, a era do Songun. Também devemos realizar com profundidade e eficiência a educação classista, revolucionária, socialista e outras formas de educação, para que possuam uma alta consciência classista e revolucionária, a firme convicção no socialismo e o espírito patriótico socialista.

É necessário consolidar mais firmemente a unidade monolítica das fileiras revolucionárias. O núcleo essencial da nossa unidade em um só corpo e alma é a Liderança da Revolução. Devemos garantir que todos os quadros, membros do Partido, militares e demais setores do povo tenham um consequente espírito de defesa intransigente do Líder e salvaguardem ao custo da vida a Liderança da Revolução no plano político e ideológico. Ao mesmo tempo, devemos fazer com que todos os oficiais e soldados do Exército Popular e o povo se unam firmemente em torno do Partido, em ideologia, propósito e dever moral, e apoiem fielmente sua ideologia e liderança.

Se a unidade de coração único é o fundamento essencial da nossa revolução, a opinião do povo é o grande fundamento desta unidade. Portanto, atendendo estritamente à opinião pública, devemos realizar com tato o trabalho com o povo e fortalecer e desenvolver sem descanso a unidade monolítica de nossas fileiras revolucionárias.

Devemos agudizar a vigilância contra as manobras dos inimigos encaminhadas a destruir nossa posição político ideológica e nossa unidade monolítica, e enfrentá-los resolutamente. É necessário empreender uma luta feroz para frustrar a infiltração ideológico-cultural e a ardilosa guerra psicológica dos imperialistas e outros reacionários, e, ao mesmo tempo, intensificar ainda mais a batalha ideológica, para garantir que nem um átomo da ideologia burguesa e seu estilo da vida se infiltrem em nossas fileiras.

Devemos seguir canalizando grandes forças no fortalecimento da capacidade de defesa nacional com a bandeira do Songun no alto. A capacidade de defesa nacional representa a soberania, o direito à independência e a existência da Coreia do Songun, sua dignidade, prestígio e destino. Somente quando fortalecermos incessantemente o poderio militar, poderemos defender a segurança da Pátria e do povo e assegurar firmemente no campo militar a construção de uma grande potência socialista próspera.

O Exército Popular é o destacamento principal da nossa revolução e a força medular da defesa nacional. Nossa política Songun estabelece que os assuntos militares é o primordial e o fortalecimento do Exército Popular é o principal.

O mais importante no fortalecimento do Exército Popular é implantar em suas fileiras um sólido sistema de direção única do Comandante Supremo, ou seja, o sistema de seu comando. Há que orientar todo o Exército a que, fiel à ideologia e ao comando do Comandante Supremo, compartilhe o mesmo destino que ele e aja como um só homem, sob suas ordens e instruções.

É necessário prepará-lo mais perfeitamente no plano político-ideológico e técnico-militar. O Exército Popular, intensificando em suas fileiras o trabalho político partidário, deve induzir todos os seus militantes a adquirir plenamente as qualidades ideológicas e políticas, como Exército do Partido, do Líder e do Comandante Supremo, e manifestar em mais alto grau o belo traço da unidade entre oficiais e soldados, baseada na camaradagem revolucionária. Sob a liderança do Partido, o Exército e o povo devem compartilhar a vida ou o risco da morte no caminho do Songun e consolidar e desenvolver mais a grande solidariedade civil-militar. Materializando cabalmente a orientação do Partido quanto aos exercícios militares, deve formar todos os militares como combatentes capazes de cada um lutar contra cem inimigos, que possuam e apliquem habilmente no combate as estratégias, táticas e métodos de nosso estilo, assim como modernizar ininterruptamente o armamento e os equipamentos do Exército Popular com base nas últimas conquistas tecnológicas. Os oficiais e soldados desta força, bem conscientes da importância dos deveres que assumem perante o Partido, a revolução, a Pátria e o povo, devem proteger como uma muralha de aço a linha de defesa do país e desempenhar o papel de vanguarda na construção socialista.

Há que estabelecer em toda a sociedade o ambiente de dar importância aos assuntos militares, de modo que todos os seus membros adquiram conscientemente conhecimentos relevantes, que todo o Partido, Estado e povo estejam perfeitamente preparados para enfrentar os momentos de emergência, e que, impulsionando fortemente a construção da defesa nacional, transformem o país uma fortaleza inexpugnável.

Devemos impulsionar com energia a construção econômica socialista, para transformar nossa Pátria em uma potência econômica.

Atualmente, a construção econômica constitui a frente principal para a construção de uma grande potência próspera. Somente quando acelerarmos a construção econômica e transformarmos nosso país em uma potência econômica socialista, poderemos fortalecer ainda mais o poder político militar da Coreia do Songun, tornar mais rica e poderosa a nação e melhorar notavelmente a vida do povo. Planteamos a magna meta de abrir as portas de uma grande potência próspera no ano de 2012, quando se comemora o centenário do nascimento do grande Líder. Para alcançar este objetivo, temos que produzir uma nova mudança revolucionária na construção econômica socialista, para fortalecer a capacidade econômica do país e solucionar de uma vez por todas os problemas na vida do povo. Todo o Partido, país e povo devem se incorporar à ofensiva geral para acelerar a construção econômica.

A fim de imprimir uma mudança revolucionária nesta tarefa, é necessário materializar cabalmente a linha da construção econômica para a era do Songun apresentada por nosso Partido. Segundo exige esta estratégia, devemos desenvolver prioritariamente a indústria de defesa nacional e, simultaneamente, promover a indústria leve e a agricultura, para produzir mudanças transcendentais no melhoramento da vida do povo. Antepor os setores avançados da economia nacional, as indústrias de base, antes dos demais setores, constitui um elo chave para fomentar simultânea e rapidamente as indústrias de defesa, leve, e a agrícola. Concentrando sobre elas as forças estatais, devemos revitalizar as indústrias elétrica, carbonífera e metalúrgica e de transporte ferroviário e pavimentar um amplo caminho para avançar na construção de uma potência econômica. Devemos abrir os campos da ciência e tecnologia de ponta, mediante a materialização cabal da linha do Partido de valorizar a ciência e a tecnologia, e colocá-la em um nível elevado. Em todos os setores da economia nacional, deve ser impulsionado com força, conforme a exigência da era da informática, a modernização das fábricas e empresas, com base nas últimas conquistas científicas e tecnológicas.

É preciso melhor e fortalecer a administração da economia socialista. Nesta tarefa, devemos manter com firmeza o princípio socialista, aplicar corretamente o método de gestão coletiva, fortalecer a direção centralizada e unificada do Estado, e, com base nisso, dar um amplo espaço à iniciativa criativa das unidades inferiores. De acordo com o princípio de se apoiar nas próprias forças, há que mobilizar e utilizar com máxima eficácia todas as possibilidades e reservas internas, para, assim, impulsionar energicamente a construção da potência econômica com suas próprias forças, tecnologias e recursos.

Compete-nos promover globalmente todos os ramos da construção da cultura socialista, especialmente o ensino, a saúde pública, a arte e a literatura. Devemos melhorar e intensificar o trabalho da educação e da saúde pública, para formar um maior número de quadros revolucionários competentes e colocar em pleno jogo a superioridade do sistema de saúde pública e fazer florescer e desenvolver plenamente a literatura e a arte jucheanos, da era do Songun.

Impulsionando com força a marcha geral pela revolução do Songun, devemos erguer nesta terra a grande potência socialista próspera e, assim, alcançar a vitória decisiva da causa socialista do Juche, a causa do Líder.

A reunificação da Pátria é a tarefa suprema e imperativa da nossa nação. Esta seguiu conservando sem interrupção a longa tradição como uma nação homogênea, que foi obrigada a viver separada em Norte e Sul por forças estrangeiras por mais de 60 anos. Incumbe-nos lograr o quanto antes a reunificação da Pátria, pondo fim à trágica história de divisão nacional e abrir o caminho para o progresso unificado e a prosperidade da Pátria e da nação. Nesta tarefa, as bandeiras que nossa nação deve empunhar são as da Declaração Conjunta Norte-Sul de 15 de Junho e a de 4 de Outubro, declarações da independência nacional e da grande unidade nacional e o grande programa para a reunificação da Pátria. A posição e atitude em relação a estes documentos históricos são a pedra de toque que distingue a conciliação do confronto e a reunificação da divisão entre o Norte e o Sul. Quem realmente deseja a reunificação da Pátria deve apoiar, sejam quem for, as referidas declarações e levá-las à prática com consciência. O principal ideal da reunificação nacional elucidado nas declarações conjuntas do Norte e do Sul é o de "Entre nós, os compatriotas", ou seja, o ideal da independência e da unidade nacional. Todos os compatriotas do Norte, do Sul e do exterior devem alcançar a coesão, de acordo com o princípio da independência nacional, frustrar todos os tipos de maquinações das forças anti-reunificação e levar a cabo a todo custo o trabalho da reunificação da Pátria com as forças unidas.

Devemos nos esforçar com energia para ampliar e desenvolver as relações exteriores do país e realizar a independência em escala global. O Poder da nossa República, segundo o ideal da independência, paz e amizade, deve desenvolver vigorosamente as atividades externas, de acordo com as exigências da situação em brusca mudança, com vistas a ampliar as fileiras de partidários e simpatizantes da nossa revolução e criar circunstâncias internacionais favoráveis à construção da grande potência socialista próspera e à reunificação da Pátria. Compete-nos travar uma luta enérgica para acabar com a política de guerra das forças imperialistas agressoras e suas ações hegemônicas, salvaguardar a paz e realizar a independência a escala mundial, mediante o fortalecimento da amizade e solidariedade com todas as nações e povos progressistas, que aspiram à independência.

Para cumprir exitosamente com sua missão e deveres assumidos perante a época e a revolução, nosso Partido e Estado devem fortalecer o Poder da República e elevar seu papel.

Devemos materializar cabalmente a ideia e a teoria do grande Líder sobre a construção do Estado e a linha da construção estatal traçada por nosso Partido para a era do Songun, a fim de fortalecer e desenvolver mais o Poder da República. Cabe-lhe consolidar e desenvolver o nosso sistema estatal e social e impulsionar com energia todas as tarefas da revolução e da construção com base nas diretrizes e políticas do Partido. Os organismos do Poder Popular e seus funcionários devem melhorar seu estilo e métodos de trabalho, de acordo com as exigências da época e da revolução em desenvolvimento, para realizar com sucesso sua missão e tarefas e cumprir com suas obrigações específicas como servidores do povo.

Nosso Partido é a suprema organização política dirigente na sociedade e sua direção constitui a garantia principal de todas as vitórias de nossa Pátria e povo. Devemos implementar com segurança o sistema de direção única em todo o Partido, fortalecer sua unidade e coesão, constituir solidamente as fileiras do Partido nos planos organizativo e ideológico e elevar sua função e papel, para incrementar por todos os meios sua capacidade organizativa e combativa e seu poder. É necessário assegurar com rigor a direção partidária sobre o processo revolucionário e construtivo. Há que estabelecer firmemente o sistema de direção única do Partido em toda a sociedade, de modo que todas as tarefas da revolução e da construção sejam realizadas com base nas linhas e políticas do Partido e de acordo com as ideias e a vontade do Partido. Em particular, as organizações do Partido guiarão corretamente, de modo político e de acordo com a política, os organismos do Poder Popular, para que cumpram com sua missão e deveres, e as apoiarão ativamente.

Nossa República é uma grande conquista da revolução do Juche e seu Poder, uma arma poderosa da revolução e da construção. O Poder da República deve coroar com o triunfo a causa revolucionária do Juche, a causa do Líder, impulsionando energeticamente o processo revolucionário e construtivo sob a liderança mediante o Songun do nosso Partido.

Declarações de Kim Jong Il ao Órgão do CC do PTC, Rodong Sinmun e ao Governo da RPDC, Minju Joson, em 5 de setembro de 2008

Traduzido pela Associação de Amizade com a Coreia-Brasil (KFA)

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube