1/10

Sobre as posições confusas da esquerda em relação as revoluções socialistas


Jovens, nunca se esqueçam: todas as revoluções populares do século XX foram democráticas e nacional-libertadoras. Mas porque chamam parte delas de "socialistas"? Porque, estas revoluções passaram pela etapa democrática e, de maneira ininterrupta, seguiram em direção ao socialismo. A etapa democrática em países atrasados se faz necessária (gostando ou não) para se passar a etapa superior, a socialista. Mas porque é necessária? Porque, em um país que teve o seu desenvolvimento entravado pelo imperialismo (como se espera desenvolver um capitalismo e um mercado interno sem se ter antes acabado com as sobrevivências feudais ou semifeudais, ainda mais com potências estrangeiras alicerçando-se em tais entraves?) A etapa democrática da revolução (onde serão levadas a cabo a reforma agrária e o desenvolvimento industrial), dirigida pela aliança operário-camponesa, criará as bases necessárias para atender as demandas materiais da população e levará a revolução até o socialismo, sem estacionar na etapa democrática. Vejamos um trecho retirado de um documento do Partido Comunista de Cuba:

"Em seu programa de 1957, o Partido Socialista Popular afirmava que Cuba era um país de "estrutura semicolonial e co