1/10

Linha de desenvolvimento paralelo é o remédio onipotente da RPDC


Transcorreram 3 anos desde que a República Popular Democrática da Coreia apresentou (31 de março de 2013) a nova linha estratégica de desenvolver paralelamente a construção econômica e a das forças armadas nucleares.

Ri Ho, candidato a professor titular da Universidade Kim Il Sung disse: “que resultado trouxe à RPDC durante três anos a agitação de isolamento e pressão políticos sem precedentes na história mundial, as sanções e o bloqueio econômicos de alto grau, a ameaça e chantagens militares nunca vistas?

Tais manobras das forças hostis produziram frutos completamente opostos a suas intenções.