"Estados Unidos escreverá a história da sua derrota final"


Devido aos últimos esforços desesperados dos belicistas norte-americanos, chegam ao extremo da ira e da hostilidade do exército e povo da República Popular Democrática da Coreia.


Citado pela ACNC, o chefe do Pavilhão Central de Educação Classista Kim Hyong Chol disse que nestes dias na Península Coreana se cria uma situação tão aguda que não se pode observar com os braços cruzados. A realidade em que o imperialismo ianque se desespera para estalar a segunda guerra coreana, faz o povo coreano recordar a história da derrota dos agressores. Prosseguiu:


Na guerra coreana da década de 1950, o exército e povo coreanos, que somente tinham as armas convencionais, causaram aos agressores ianques, que tinham bombas atômicas, as derrota político-militar pela primeira vez na história.

Na década de 1960, quando foi capturado o barco espião armado “Pueblo”, os Estados Unidos levaram a situação à beira da guerra enviando ao Mar do leste da Coreia forças de ataque, inclusive porta-aviões, mas ao fim ofereceu uma carta de capitulação à RPDC.


Posteriormente, os EUA provaram sucessivamente amargas derrotas nos incidentes de EC-121 e de Phanmunjom.


No princípio da década de 1990, o império norte-americano cercava a oportunidade para iniciar a guerra nuclear anti-RPDC divulgando o “rumor sobre o desmoronamento do norte da Coreia”, mas não conseguiu, tendo que assinar o documento do acordo básico RPDC-EUA e se viu obrigado a entregar a RPDC até mensagem de garantia do presidente.


Todos os militares e civis coreanos, unidos monoliticamente em torno da direção suprema de nossa revolução, castigarão impiedosamente aos imperialistas ianques até que estes mesmo escrevem a história de sua derrota final.


Ryang Jae Nam, oficial do Exército Vermelho Operário-Campesino do município de Moranbong, acrescentou:


Agora os ianques enviam ao sul da Coreia enormes forças armadas agressivas incluindo as forças de operação especial, o submarino de força motriz nuclear e bombardeiros tipo Stealth para desenvolver os exercícios militares conjuntos “Key Resolve” e “Foal Eagle 16”.


Mas, nosso exército e povo não temem nada, estão decididos a escrever a história da derrota final do Império ianque, se este insiste na confrontação esquecendo a lição da derrota no confronto anterior com a RPDC.


O imperialismo norte-americano deverá agir com prudência conhecendo bem a vontade de todos os militares e civis que vencem sempre aos inimigos em combate.


da KCNA (Korean Central News Agency)

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube