1/10

O Exército Popular da Coreia e os desfiles militares


Em fevereiro de 1948, na praça em frente à Estação Ferroviária de Pyongyang, havia um mar de pessoas cujo número superava 400 mil. Ali teria lugar o primeiro desfile das forças armadas regulares depois do Exército Revolucionário Popular da Coreia ter derrotado o imperialismo japonês e de ter libertado o país a 15 de agosto de 1945. Uma vez disparado um artifício luminoso que avisava o início do ato, marcharam as colunas do desfile ao compasso de músicas que eram interpretadas pela banda militar, recebendo calorosas aclamações da multidão, e os gritos de aplausos sacudiram tanto a terra como o céu.

A praça estava transbordando-se de orgulho e alegria nacionais de contar com um exército regular que salvaguardaria com firmeza o destino da pátria e do povo. O nascimento do exército revolucionário regular que herdou as tradições antijaponesas constituiu um evento histórico que demonstrou a inesgotável força e o espírito invencível da nova Coreia.

No desfil