Senado brasileiro, a mando dos EUA, ataca a Venezuela


O Grupo Parlamentar Venezuelano do Parlamento Latinoamericano rechaçou o voto de censura aprovado pelo senado brasileiro contra o governo da Venezuela e denuncia o complô da direita internacional dirigida e financiada pelo governo dos Estados Unidos com a finalidade de entravar politicamente o processo de integração do Mercosul e da Unasul. Roy Daza, Vicepresidente do Parlatino-Venezuela recordou que a direita e a ultra-direita brasileira são inimigas acérrimas do povo trabalhador e humilde da Venezuela e de seu governo, por isso atuam, junto com a oposição venezuelana, para tratar de desestabilizar por todos os meios a democracia e suas instituições. “O objetivo fundamental do senado brasileiro ao aprovar o voto de censura contra o governo bolivariano é atacar a democracia venezuelana”. Assegura que as observações que o senado brasileiro realiza dos processos judiciais contra o prefeito Antonio Ledezma e ao dirigente da Vontade Popular Leopoldo López, coloca em evidência a existência de uma conspiração internacional que busca provocar a derrubada do Presidente da República Nicolás Maduro Moros e que se desate uma guerra civil. “A conspiração internacional busca promover o estouro de uma geurra civil na Venezuela, porém foi derrotada várias vezes porque a grande maioria do povo venezuelano, independente de sua posição política, defende a paz”, concluiu.

Fonte: http://www.aporrea.org/tiburon/n269988.html

11 visualizações

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube